JPMotos
Após um mês sem homicídios, flanelinha acusado de crimes foi morto com um tiro em Crato
20 de julho de 2017 às 17:53

Exatamente um mês após e um novo homicídio foi registrado em Crato se constituindo no primeiro do mês de julho e o 34º do ano no município. Por volta das 21 horas desta quarta-feira o jovem Romão Cândido Alves, de 26 anos, que residia na Rua São Francisco, 145 no bairro Pinto Madeira conhecido ainda como do Gesso, foi executado com um tiro na axila. O crime aconteceu perto de sua casa no cruzamento da Rua São Francisco com a Rua 7 de Setembro.

Segundo testemunhas, a vítima se encontrava na esquina quando foi surpreendido pelo disparo efetuado por um homem que fugiu à pé. Romão trabalhava como flanelinha no centro de Crato e ainda foi socorrido ao Hospital São Camilo, mas já chegou sem vida. A polícia foi avisada e patrulhas diligenciaram sem o êxito de prender o assassino do rapaz que já tinha várias passagens pela Delegacia de Crato.

No dia 22 de agosto de 2012 um Auto de Prisão em Flagrante (APF) por crime de assalto foi protocolado na 1ª Vara Criminal da Comarca de Crato. Quase um mês depois a justiça o colocou em liberdade e, em janeiro de 2014, os autos foram devolvidos à delegacia para cumprir diligências. Romão respondia ainda uma Ação Penal por danos protocolada na 2ª Vara Criminal de Crato no dia 15 de setembro de 2014, sendo indiciado juntamente com Diogo Cardoso da Silva.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

228 total views, 1 views today

ComentáriosComentários