JPMotos
Apreensão de pistola pelo Raio de Icó elucida morte de preso no semi aberto
5 de agosto de 2019 às 16:03
98
Visualizações

A apreensão de uma pistola Taurus .40, com 6 munições intactas, pelo Raio de Icó, no último sábado, foi o fio da meada para a polícia civil elucidar a morte do preso no semi aberto, Joaquim Vasconcelos Alves Rocha, de 50 anos, executado a tiros às 19 horas da última quinta feira (1), dentro de casa no conjunto Cidade de Deus.

Uma filha da vítima de 14 anos foi baleada na perna. A pistola foi apreendida depois que dois foragidos da justiça que estavam na casa receberam os raianos a bala, tendo início um tiroteio. Os criminosos fugiram em meio a uma matagal por trás da residência deixando a arma.

O delegado regional de polícia civil, George Alexandre Irineu Segundo, revelou que ouviu testemunhas e tem os nomes dos acusados, que já foram indiciados. Ele revelou também que as cápsulas de pistola encontradas no local da execução são compatíveis com a pistola apreendida.

Vasco, como era mais conhecido, foi morto em uma rede com tiros de pistola e revólver. O delegado ressaltou que os matadores do preso no semi aberto, são detentores de um histórico criminal e já dispõe da motivação, que segue em sigilo.

Joaquim Vasconcelos foi eliminado com pelo menos 17 tiros. Um celular apreendido será periciado.

As informações são do correspondente Richard Lopes

Por Agência Miséria
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários