JPMotos
Assaltante que quase era linchado por populares em Juazeiro já matou e até trocou tiros com a polícia
8 de novembro de 2016 às 09:41

20161108060036_5846_capa

O ex-presidiário José Ronaldo dos Santos, de 22 anos, residente na Rua Antonio Candido de Araujo (Vila Três Marias), que quase era linchado por populares no centro de Juazeiro, responde por vários crimes. Inclusive, em 2014, matou Francisco Jerfesson da Silva e até já trocou tiros com uma patrulha do Ronda do Quarteirão. Além disso, é acusado de uma série de furtos e roubos a exemplo do que tentou no final de semana junto a um depósito de bebidas que funciona perto do terminal intermunicipal de ônibus.

Ele foi detido por populares e espancado ante da chegada de uma viatura para conduzi-lo à delegacia. No dia 3 de fevereiro de 2014 Ronaldo foi preso na Avenida do Agricultor, 2437 para responder por crime de violência doméstica. Ele teria efetuado disparos contra sua própria tia Damiana Moreira dos Santos, de 28 anos, ali residente, que não foi atingida. Em um terreno perto da residência do acusado, os PMs apreenderam um revolver calibre 38 e mais 13 cartuchos intactos

No dia 27 de janeiro de 2015 Ronaldo praticou um assalto nas Lojas Americanas e já era suspeito de envolvimento noutro assalto na Loja Macavi no dia anterior. Já no dia 11 de fevereiro de 2015 foi preso em flagrante após roubar R$ 1,4 mil do correspondente bancário que funcionava anexo à Drogaria Avenida no cruzamento das ruas São Pedro e Pio X (Salesianos) em Juazeiro. Ele chegou anunciando o assalto e apontando um revólver para a funcionária quando recolheu o dinheiro.

Por coincidência, uma viatura da PM tinha acabado de passar no semáforo e os policiais foram avisados parando ao lado da moto usada por Ronaldo. Um dos PMs já desceu apontando a pistola .40 na direção do acusado e mandando-o soltar o revólver no que foi atendido. Ele tinha em mãos a sacola com o dinheiro e não teve como escapar. Além do revólver calibre 38 municiado, a moto foi apreendida já que era roubada.

ROUBOS – Por outro lado e, também, neste final de semana foi registrado um assalto na Mercearia do Mainha em frente ao Mercado Central de Juazeiro. Ainda no centro da cidade, Maria Edna Silva Lima, de 53 anos, teve sua casa arrombada de onde levaram dois notebooks, dois ventiladores duas TVs de 32 e 42 polegadas e R$ 1,7 mil. Nesta segunda-feira, na Rua Projetada 22 (Vila Real II) Josival Severino de Sousa, de 30 anos, trabalha na construção de casas e, ao chegar, notou a falta de duas makitas, escoramento de ferro, carro de mão, duas pás, dois sacos de cimento, colheres de pedreir o, prumo, martelo, marretas, arco de serra, turquesas e nove peças de andaimes.

Com Parceria Site Miseria

232 total views, 2 views today

ComentáriosComentários