JPMotos
Assassinado em Mauriti homem Suspeito de duplo homicídio na Paraíba e envolvido com o tráfico de drogas
2 de fevereiro de 2017 às 16:05

20170202093041_8258_capa

O presidiário Damião Pereira de Oliveira, de 44 anos, apelidado por “Hernando” que residia na Rua João Cambota, 136 (Bairro Antolandia) em Bonito de Santa Fé, foi morto com quatro tiros na cabeça por volta das 21h30min desta quarta-feira em Mauriti. O crime aconteceu na Rua José Aldir Barros de Lima, 17 do Conjunto Manoel Martins (Bairro Bela Vista) e, no momento, a vítima deveria estar recolhida à cadeia pública local já que tinha sido condenada há dois anos e dois meses em regime semi aberto.

A sentença foi prolatada no dia 16 de dezembro de 2016 na Comarca de Mauriti e não foi concedido ao réu o direito de recorrer em liberdade. “Hernando” respondia por crimes de porte ilegal de arma de fogo, ameaça, injúria, roubo, tráfico de drogas e homicídios em Brejo Santo e Mauriti (CE) e mais em Bonito de Santa Fé (PB). Em outubro de 2015 ele teria matado na Paraíba Antonio de Oliveira Pereira e João Messias de Oliveira Silva quando chegou a ser preso e foi posto em liberdade no dia 1º de julho de 2016.

Recentemente, na madrugada do 1º de setembro, ele e Francisco Pereira, apelidado por “Peixe”, estavam armados e se desentenderam causando pânico junto aos moradores do bairro Antolândia em Bonito de Santa Fé. No local, a polícia paraibana prendeu o “Peixe” com um revólver e se juntou a PMs do Ceará para prender “Hernando” no Sítio Julião (Distrito de Nova Santa Cruz) em Mauriti com um revolver calibre 38 municiado quando terminou condenado pela justiça cearense.

Este foi o primeiro homicídio de 2017 em Mauriti, onde 11 pessoas tombaram mortas no ano passado. O último tinha ocorrido no dia 13 de outubro na Rua Salvelina de Morais, 12 (Bairro Bela Vista), tendo como vítima Marleno Gonzaga de Souza, de 34 anos, ali residente. Ele estava sentado numa cadeira de balanço na calçada quando foi surpreendido por dois homens que chegaram num Fiat Palio atirando. A vítima possuía um mandado de prisão em aberto por conta de um homicídio e um crime de lesão corporal em Ibiara (PB).

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

420 total views, 1 views today

ComentáriosComentários