JPMotos
Averiguação de “boca de fumo” e troca de tiros resultam em quatro mortos em Barbalha
15 de janeiro de 2018 às 10:22
92
Visualizações

A polícia de Barbalha recebeu denúncias anônimas apontando um suposto ponto de venda de drogas na Rua Coronel Gregório Callou (Bairro Alto do Rosário) e equipes do RAIO foram averiguar. Segundo o Tenente Regis Leite, Comandante do RAIO no Cariri, os PMs foram recebidos à bala quando chegaram ao imóvel e houve revide. No tiroteio, três adolescentes e um jovem saíram feridos quando terminaram socorridos ao Hospital São Vicente de Paulo e Regional do Cariri pelo SAMU e a própria polícia.

Poucos tempo depois, morreram nestes hospitais Isaías dos Santos Mota Feitosa, de 16, que residia na Rua Henrique Lopes (Alto do Rosário); Caio Dias Dantas da Silva, de 16, que morava na Rua Manoel Peixoto no mesmo bairro; José Nicolas Alves dos Santos, de 17, que residia no imóvel onde tudo aconteceu e Jerfesson da Silva Santos, de 19 anos, que era morador da Rua Antonio Cândido no bairro do Rosário. O confronto aconteceu por volta das 18 horas e os garotos faleceram cerca de uma hora depois.

Duas armas de fogo, um simulacro,pedras de crack, trocuinhas de maconha e um cachimbo apreendidos pelos “raianos” (Foto: Reprodução/Redes sociais)

No local os “raianos” apreenderam uma pistola calibre 7.65, um revólver calibre 38, um simulacro de revólver, trouxinhas de maconha e algumas pedras de crack, dois aparelhos celulares e um cachimbo para o uso de crack. Já são cinco homicídios este ano em Barbalha. O outro tinha ocorrido no dia 2 de janeiro com a morte de Marciano Apolinário Braz, de 30 anos, no Hospital Regional do Cariri. Ele era comerciante e tinha sido baleado em frente à sua casa na Rua L-13, número 148 do bairro Cirolandia.

 
Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários