JPMotos
Balanço parcial aponta que 202 pessoas foram assassinadas no Ceará no mês de maio
4 de junho de 2019 às 13:10
42
Visualizações
Crime maio 3

A volta da “guerra” de facções tem acelerado as estatísticas de mortes violentas na RMF

Ao menos, 202 pessoas foram assassinadas no mês de maio no Ceará. Nesta contagem ainda parcial estão incluídos: 188 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), isto é, homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte; 13 óbitos decorrentes de intervenção policial e uma vítima de agressão ocorrida em unidade do Sistema Penitenciário Estadual. Entre janeiro e maio de 2019, foram contabilizados no estado 1.020 assassinatos.

Em Fortaleza, 69 pessoas foram mortas no mês passado. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) ocorreram outros 54 casos. No Interior Norte, 43 homicídios aconteceram no período, e m

Entre as 202 vítimas da violência do mês passado, estão 17 mulheres, mortas de forma violenta. Foram 10 crimes do gênero no interior (nos Municípios de Sobral, Guaraciaba do Norte, Ocara, Assaré, Barro e São João do Jaguaribe), cinco na Capital (nos bairros Bom Jardim, Jangurussu e Granja Lisboa) e outros cinco na Região Metropolitana (nos municípios de Maracanaú, São Gonçalo do Amarante e Aquiraz). Houve bairros e Municípios com mais de uma ocorrência.

Também nestas estatísticas estão incluídas 13 mortes em decorrência de intervenção policial (nos Municípios de Fortaleza, Jaguaruana, Boa Viagem, Tejuçuoca, Marco, Mombaça e Baturité).

Duplas execuções

No Sistema Penitenciário, foi registrado em maio apenas um óbito, tendo como vítima um interno da Penitenciária Industrial e Regional de Sobral (PIRS), identificado como Gabriel Firmino Alves, cujo corpo, com marcas de violência, foi encontrado numa cela, na madrugada do dia 26 último.

Também entre as vítimas da violência armada em maio no Ceará estão 13 adolescentes assassinados, a maioria em bairros periféricos de Fortaleza, como: João XXIII, Granja Lisboa, Cais do Porto e Messejana. Somente em Caucaia, foram três menores mortos supostamente, por conta da “guerra” entre facções criminosas.

Doze duplos homicídios ocorreram em maio no Ceará, sendo nove casos na Grande Fortaleza e outros três no Interior (nos Municípios de Morada Nova, Jaguaruana e Tejuçuoca).

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários