JPMotos
Bandidos são presos armados no cemitério durante velório de uma das vítimas da chacina
29 de janeiro de 2018 às 16:03
560
Visualizações

Os três homens foram presos em flagrante dentro do cemitério, em Pacatuba, com três armas

Três homens foram presos na manhã desta segunda-feira (29), quando participavam do velório de uma das 14 vítimas da chacina ocorrida na madrugada de sábado passado (27). Eles estavam dentro de um cemitério particular, no Município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF),  quando foram descobertos armados

Com os três homens, os policiais do 14º BPM apreenderam três armas de fogo, sendo duas pistolas e um revólver. Segundo a Polícia, os suspeitos seriam integrantes de uma facção criminosa. A Polícia Militar foi avisada do fato e cercou o local. Não houve reação.

Havia a suspeita de que bandidos da quadrilha responsável pela chacina estariam no local para identificar e matar outras pessoas ligadas às vítimas.

Balística

Os três suspeitos foram identificados como Francisco Cleidson de Araújo Tomaz, 28 anos; Ronaldo de Oliveira Castro, 35 anos; e Elias Gadelha de Araújo, 28.  Eles foram encaminhados à Polícia Civil, responsável pelas investigações da matança.  As armas apreendidas pelos bandidos dentro do cemitério deverão passar por perícia balística.  Através dela é possível saber se foram usadas na matança dentro da casa de shows no bairro Cajazeiras, na madrugada de sábado.

Desde o dia do crime, a Polícia Militar tem reforçado a segurança na Região Metropolitana de Fortaleza e em vários bairros da Capital  focos da guerra entre as facções Guardiões do Estado (GDE) e Comando Vermelho (CV).  Um homem foi detido ainda no sábado armado com um fuzil. Outras cinco pessoas suspeitas de envolvimento na chacina já foram identificadas pelas equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários