JPMotos
Cadáver de ex-presidiário foi encontrado crivado de balas em Barbalha na manhã de hoje
26 de julho de 2018 às 11:51
139
Visualizações

Pouco mais de dois meses depois um novo homicídio foi registrado em Barbalha. Por volta das 07h30min desta quinta-feira a polícia foi avisada sobre o achado de um corpo crivado de balas na cabeça num terreno baldio perto da cadeia pública no bairro Santo Antonio. Uma patrulha comandada pelo Sargento Jáder esteve no local e logo ocorreu a identificação do cadáver como sendo do jovem Lucas Santos Teles Diniz, de 19 anos, que residia na Rua Santa Rita no Conjunto Nassau naquela cidade.

O mesmo respondia procedimentos desde a menoridade a partir de um assalto no dia 10 de junho de 2015 em Barbalha. Já no dia 16 de julho daquele ano foi preso perto de um bar na Avenida Paulo Mauricio no bairro Santo Antônio, com o chip de um celular roubado durante a Festa de Santo Antonio junto a um rapaz de 19 anos. Ao atender a ligação, Lucas pediu certa quantia em dinheiro para devolver o chip já que não tinha o aparelho roubado. Foi marcado encontro e a vítima o reconheceu como autor do roubo.

Já no dia 22 de novembro de 2015 ele efetuou disparos em via pública em Barbalha, enquanto no dia 10 de fevereiro de 2016 voltou a ser preso com outras três pessoas acusadas do tráfico de drogas. Lucas estava com drogas no “Beco do Livino” (Bairro Bela Vista) em Barbalha, junto com Francisco Adailton Rocha da Silva, de 24, o “Dadinha’; Bruno de Santana Duarte, de 23, e Raniere Silva Santos, de 19 anos, o “Ninhá”. Este último morto a tiros no dia 1º de março de 2016 em Barbalha.

Foi o primeiro homicídio do mês de julho em Barbalha e o 14º do ano no município ou 66,6% em relação aos 21 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último homicídio naquele município tinha acontecido na noite do dia 22 de Maio quando Pedro Henrique Nascimento Sousa, de 18 anos, o “Pedrinho” que morava na Vila Santa Terezinha e era usuário de drogas, foi morto a tiros. O crime aconteceu na praça ao lado da Capela de Nossa Senhora Aparecida no bairro Malvinas.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários