JPMotos
Cadáver encontrado em Caririaçu é sepultado como indigente após exame de DNA negativo
4 de julho de 2018 às 06:00
89
Visualizações

O resultado do exame de DNA feito com a coleta de material junto a um cadáver encontrado em Caririaçu e supostos familiares apresentou resultado negativo. O documento encaminhado pela Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forenses do Núcleo de Perícia em DNA da PEFOCE de Fortaleza excluiu a maternidade de Maria Aparecida Duarte da Silva em relação ao cadáver. Com isso, não se trata do seu filho Rodrigo Duarte da Silva, de 31 anos, desaparecido há oito meses.

O corpo foi encontrado por populares no início da tarde do último dia 8 de novembro no Sítio Tabuleiro na zona rural de Caririaçu. Inclusive, até já foi sepultado como indigente no dia 14 de maio no Cemitério São João Batista de Juazeiro após a diretora da PEFOCE do Cariri, Germana Brito, conseguir a devida autorização judicial na comarca juazeirense.

Uma cópia do laudo com o resultado negativo do exame de DNA foi encaminhado à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro e à 1ª Vara Criminal da Comarca de Crato para que o juiz titular possa se certificar sobre a continuidade na tramitação dos processos tendo como réu o jovem Rodrigo Duarte da Silva. Na época do achado do cadáver uma irmã dele chegou até a desconfiar que fosse o mesmo e, também, teve material coletado para o exame. Com o laudo negativo, segue o mistério sobre o desaparecimento de Rodrigo.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários