JPMotos
Camilo convoca 373 Policiais Militares, 220 Agentes Penitenciários e pede reforço da Força Nacional
4 de janeiro de 2019 às 05:10
176
Visualizações

Após ataques criminosos registrados no Ceará nas últimas horas o Governador informou via rede social que todas as medidas estão sendo adotadas pelo Governo do Estado, através das nossas Forças de Segurança, para proteger a população e coibir a ação dos criminosos. Camilo determinou reforço de policiamento nas ruas desde a madrugada.

Chefe do executivo estadual esteve reunido com toda a cúpula da Segurança Pública e Sistema Penitenciário e reforçou a determinação de continuar agindo com todo o rigor e dentro da lei para coibir as ações criminosas e estabelecer o total controle das unidades prisionais, conforme todo o planejamento que já vem sendo feito no Ceará.

Hoje pela manhã, o governador falou por telefone com o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que se colocou à inteira disposição para o apoio necessário. “Entendo que o crime organizado ultrapassou as divisas dos estados e que, somente com a ação conjunta dos Estados com o Governo Federal, iremos vencer esse desafio”, afirmou.

Como medidas adicionais importantes, anunciou:

1. a nomeação imediata da turma de 220 novos agentes penitenciários, antes prevista para março;

2. a imediata nomeação dos 373 novos policiais militares, já formados, para atuação nas ruas;

3. a solicitação de apoio do Governo Federal, através do reforço de homens da Força Nacional de Segurança, Exército e Força de Intervenção Integrada (FIPI), para trabalhar em conjunto com os profissionais cearenses.

Nesta tarde o Governador realiza uma reunião de emergência com toda a cúpula de segurança do Estado, após solicitar reforço ao Ministro Sergio Moro, Camilo reafirma seu compromisso com a segurança da população cearense através das ações tomadas nas últimas 24 horas.

sertaoalerta

ComentáriosComentários