JPMotos
Ceará já registrou em 2017, 34 casos de chacinas como 121 pessoas mortas
6 de dezembro de 2017 às 10:20

A maioria das chacinas é ordenada por chefes de quadrilhas confinados em presídios

Trinta e quatro chacinas foram registradas no Ceará em 2017. A matança coletiva deixou um saldo de  121 mortos em 22 casos de triplos homicídios, oito quádruplos, dois quíntuplos, um sêxtuplo e um sétuplo. São assassinatos praticados, em sua maioria , por ordem do crime organizado.  Em seis deles, as vítimas tombaram em confronto com a Polícia, o que leva as autoridades a não contabilizá-los em suas estatísticas anuais dos assassinatos no estado.

O mais recente caso de chacina ocorreu nesta segunda-feira (4) no Município de Ipueiras (a 298Km de Fortaleza), quando uma mulher de 30 anos e seus três filhos (de 5, 8 e 11 anos de idade) foram assassinados a golpes de faca e tiveram os corpos carbonizados após o assassino incendiar intencionalmente a casa onde as vítimas e ele moravam. O criminoso – que está sendo procurado – tinha um relacionamento com a mulher e as crianças eram suas enteadas.

Os assassinatos coletivos são todos investigados pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa por conta de uma portaria assinada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal André Costa, na qual ele redefiniu as atribuições da DHPP e, ao mesmo tempo, considerou como chacina todos os assassinatos no estado com três ou mais mortos.

As 34 chacinas deixaram mortos 108 homens e 13 mulheres sendo 11 casos emn Fortaleza, 9 na Região Metropolitana e mais 14 no Interior do estado.

Veja, a seguir, a lista completa dos 34 casos de chacinas no Ceará neste ano:

1 – 13 de janeiro – Duas mulheres e um homem mortos em Limoeiro do Norte

2 – 20 de fevereiro – Três homens e uma mulher mortos no bairro Bom Jardim, em Fortaleza

3 – 18 de março – três jovens assassinado, a tiros, no bairro Álvaro Weyne, na Capital

4 – 28 de março – Dois homens e uma mulher assassinados no bairro Matadouro, em Quixeré

5 – 30 de março – três homens executados, a tiros, no bairro Padre Andrade, em Fortaleza

6 – 1º de abril – Sete mortas numa ação da Polícia contra assaltantes de bancos em Jaguaruana

7 – 16 de abril – Quatro homens fuzilados na localidade Capim Grosso, zona rural de Russas

8 – 30 de abril – Três jovens assassinados no bairro Monte Castelo, na periferia de Itapajé

9 – 19 de maio – Três homens mortos, a tiros, no Município de Coreaú

10 – 25 de maio – Triplo assassinato de três jovens no bairro Dias Macedo, em Fortaleza

11 – 28 de maio – Duas garotas e um homem são executados a tiros na CE-040, em Aquiraz

12 – 3  de junho – Seis jovens são mortos numa casa de praia no Porto das Dunas, em Aquiraz

13 – 6 de junho – Três bandidos morrem numa troca de tiros com a PM em Catarina

14 – 7 de junho – Confronto entre a Polícia Civil e bandidos deixa 4 mortos na Riviera, em Aquiraz

15 – 12 de junho – Dois homens, duas mulheres e uma criança são mortos no bairro Diadema 2, Horizonte

16 – 22 de junho – Triplo homicídio deixa três jovens mortos na Granja Portugal, em Fortaleza

17 – 24 de junho – Tiroteio entre facções deixa três mortos na Barra do Ceará, em Fortaleza

18 – 11 de julho – Tiroteio numa tentativa de assalto a um carro-forte deixa quatro mortos no bairro Parque São José, em Fortaleza

19 – 14 de julho – Três jovens são mortos, a tiros, no Parque Leblon, em Caucaia

20 – 19 de julho – Uma chacina entre traficantes deixa quatro mortos no bairro cacimbão, na periferia da cidade de Paraipaba

21 – 22 de julho – Três homens são mortos, a tiros, no bairro Patrícia Gomes, em Caucaia

22 – 30 de julho – Confronto entre a PM e bandidos deixa cinco mortos no Sítio Volta, na zona rural do Município de Aracati

23 – 10 de agosto – Três detentos são assassinados na Cadeia Pública de São Gonçalo do Amarante

24 – 14 de agosto – Três bandidos morrem em confronto com a PM em Boa Viagem

25 – 25 de setembro – Três homens são assassinados em um carro quando retornavam de depoimentos na delegacia de Polícia, em Juazeiro do Norte

26 – 30 de setembro – Três homens são assassinados, a tiros, no bairro Aracapé, em Fortaleza

27 – 4 de outubro – Três homens mortos numa residência no bairro Granja Lisboa, na Capital

28 – 8 de outubro – Uma chacina deixa quatro mortos no bairro Bom Jardim, em Fortaleza

29 – 28 de outubro – Na localidade de Pitombeiras, três pessoas são mortas a tiros, em Crateús

30 – 30 de outubro – Três adolescentes mortos de dentro de um transporte escolar, em Paraipaba

31 – 31 de outubro – Três detentos são mortos e carbonizados na CPPL 2, em Itaitinga

32 – 4 de novembro – Na Lagoadas Queimadas, duas mulheres e um homem são mortos, Horizonte

33 – 12 de novembro – Quatro adolescentes são seqüestrados do Centro de Semiliberdade Martir Francisca, no bairro Sapiranga, e executados a tiros por uma facção criminosa do bairro

34 – 4 de dezembro – Uma mulher e seus três filhos (todos crianças) são mortos a golpes de faca e os corpos carbonizados num incêndio na casa provocado pelo assassino, na zona rural de Ipueiras

Com Informação Fernando Ribeiro

93 total views, 3 views today

ComentáriosComentários