JPMotos
Cerca de 15 homens armados e encapuzados destruiu Bradesco e Banco do Brasil de Missão Velha e trocou tiros com a polícia
3 de fevereiro de 2017 às 12:58

20170203091543_2637_capa (1)

Uma madrugada de terror viveu o município de Missão Velha nesta sexta-feira quando cerca de 15 homens encapuzados e bem armados invadiu a cidade dispostos a assaltarem de uma só vez as agências do Banco do Brasil e do Bradesco que funcionam próximas nas Ruas Afonso Ribeiro e Padre Félix no centro. As tarefas foram distribuídas entre os bandidos começando por fecharem a CE-293 em dois pontos colocando carretas nas saídas para Barbalha e Abaiara, além de espalharem grampos no leito da rodovia.

Outra parte cuidou de intimidar policiais militares atirando contra a Delegacia de Missão Velha e na Cadeia Pública, onde estavam os PMs que fazem a guarda do cárcere. O restante da quadrilha e especializado em explosivos tratou de dinamitar as áreas de caixas automáticos dos dois bancos. Além disso, destruíram a tiros um transformador instalado nas imediações causando pane no fornecimento de energia elétrica e a conseqüente escuridão no trecho.

O bando estava distribuído em três carros, incluindo um Chevrolet Trailblazer de cor branca e um Fiat Uno e mais o apoio de uma motocicleta. Partes dos tetos dos setores de caixas do Banco do Brasil e Bradesco desabou com as explosões quando recolheram o dinheiro das gavetas. Policiais militares de Missão Velha, Barbalha, Juazeiro, Brejo Santo, Milagres e Abaiara foram mobilizados. A quadrilha fechou a rodovia estadual, mas esqueceu que o Cariri possui uma base da CIOPAER e logo o helicóptero estava sobrevoando a área.

No local foram encontradas várias cápsulas de grosso calibre deflagradas e dinamites (Foto: Paulo Ernesto)

Ocupantes do Chevrolet Trailblazer que fugiam em alta velocidade ainda atiraram na aeronave quando notaram a perseguição e houve revide. A saída foi abandonar o carro e adentrar o mato à pé. No veículo, policiais encontraram três coletes à prova de balas, duas pistolas, um fuzil, uma escopeta calibre 12, duas dinamites, munições e um saco com dinheiro. Havia manchas de sangue nos bancos do veículo passando a clara idéia que bandidos saíram lesionados no tiroteio e buscas estão sendo feitas no matagal. A polícia diz acreditar que os fugitivos ainda estão com outras armas de fogo.

Até o momento ninguém foi preso, mas, para a polícia, é questão de pouco tempo já que o cerco continua. A rodovia estadual foi desobstruída com a retirada das carretas que serão averiguadas. Existem ainda informações sobre um carro tomado de assalto em Missão Velha quando tornaram reféns uma professora, seu esposo e a filha os quais já foram liberados. Nesse momento, é grande o número de curiosos em frente às agências destruídas no centro de Missão Velha.

Além de ousada, a operação marginal foi considerada “desaforada” já que Missão Velha fica a uma distância média de 30 Km para a sede de um Batalhão e uma Delegacia de Polícia Federal. Além disso, próxima de companhias militares de Brejo Santo e Barbalha, reforçados destacamentos de Milagres e Mauriti e postos das Policias Rodoviárias Federal e Estadual. Como se não bastasse bons contingentes de policiais civis nas delegacias dessas cidades e mais uma base da CIOPAER com um helicóptero disponível.

 

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

 

258 total views, 1 views today

ComentáriosComentários