JPMotos
Colisão de motos em Farias Brito resulta na morte de um Sargento PM e uma mulher
19 de agosto de 2019 às 07:00
24
Visualizações

Um acidente de trânsito com duas mortes foi registrado por volta das 19 horas deste domingo na zona rural de Farias Brito. Foi uma colisão de motocicletas na BR-230 que liga àquele município com Várzea Alegre mais precisamente no Distrito de Cariutaba em Farias Brito. No local, morreu o Sargento Sargento da Polícia Militar Antonio Teles Serafim, de 49 anos.

Ele pilotava sua motocicleta pela rodovia federal quando foi surpreendido por outra moto com três mulheres que teria invadido a contramão de direção. Após a colisão, o Sargento Teles caiu na estrada e ainda foi colhido por um carro que passava na hora e arrastado uns 30 metros, ficando o corpo dilacerado. Mãe e filhas que estavam na outra moto terminaram socorridas ao Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro do Norte.

Por volta de uma hora da madrugada Maria das Dores Ferreira de Souza, de 35 anos, que era conhecida por “Clemilda filha da Raimundo Recanto” morreu na UTI do hospital. Uma das filhas sofreu fratura na perna e a outra ferimentos pelo corpo estando internadas. Durante muito tempo, o Sargento Teles trabalhou na companhia de Crato e, atualmente, estava lotado em Várzea Alegre. Ainda ontem, o Comando da PM enviou divulgou nota oficial lamentando a morte do Sargento. Eis na íntegra:

“A Polícia Militar do Ceará informa com pesar o falecimento do 1º Sargento PM Antonio Sarafim TELES, 49 anos, lotado na 3ª Cia do 10º BPM em Várzea Alegre – CE, vítima de acidente de trânsito.

O militar ingressou nas fileiras da Corporação em 03 de Agosto de 1992 e desempenhou desde então seu trabalho com dignidade em prol da segurança do povo cearense.

O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição. Informações sobre velório e sepultamento divulgaremos posteriormente.”

Assessoria de Comunicação da PMCE

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários