JPMotos
Comerciante é morto no seu antigo bar em Potengi onde um cliente foi assassinado há dois meses
30 de janeiro de 2018 às 09:31
65
Visualizações

Pouco mais de dois meses depois um novo homicídio foi registrado em Potengi se constituindo no primeiro deste ano ou 25% em relação aos quatro no decorrer do ano passado. Por volta das 17 horas o comerciante Ricardo Rodrigues Pereira, de 28 anos, que residia na Vila Padre Cícero, foi assassinado a tiros em frente ao imóvel onde funcionou o Sousa Bar que era de sua propriedade e fechou após um homicídio ali registrado que tinha sido o último em Potengi.

Segundo testemunhas, dois homens se aproximaram do jovem numa moto e um deles efetuou os disparos. Ricardo era acusado de um crime de estelionato e ainda foi socorrido às pressas ao Hospital de Potengi, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu. A polícia foi avisada e uma patrulha do Destacamento Militar com o Sargento Santos e os Soldados Brito e Cícero diligenciou, mas sem o êxito de localizar os assassinos.

Na noite do último dia 24 de novembro o jovem Alex Ferreira Alves, de 25 anos, que residia no Sítio Barreiro em Potengi, estava no Bar de Ricardo quando chegaram dois homens numa moto Honda Titan de cor vermelha. A dupla adentrou o local anunciando um assalto, mas seguiu na direção de Alex efetuando vários disparos. Antes, no dia 22 de maio, neste mesmo bar, Antonio Tomaz de Aquino, de 32 anos, o “Suíno”, se envolveu numa confusão com quatro rapazes, sendo lesionado a facadas e escapou após cirurgia no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro.

 

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório 

ComentáriosComentários