JPMotos
Delegado afirma que morte de “Chapolim” foi execução e a motivação está sendo investigada
15 de novembro de 2019 às 04:00
30
Visualizações

Um crime de homicídio registrado na noite da última quarta-feira (13) vitimou o comerciante Francisco Estrela Tibúrcio, de 33 anos, mais conhecido como “Chapolim.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava em seu comércio, um espetinho localizado na praça no bairro Alto do Cruzeiro, quando foi baleado com sete tiros por um homem até o momento desconhecido que fugiu do local após o crime.
O comerciante chegou a ser levado para o Hospital Regional de Sousa (HRS), porém, não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a óbito horas depois no bloco cirúrgico.
Em entrevista, o delegado Ilamilto Simplício afirmou que o crime foi uma execução, no entanto, a motivação está sendo investigada.
“Vamos ouvir as pessoas que trabalhavam com ele, os clientes e os parentes para que possamos traçar uma linha de investigação. Quem tiver alguma informação pode ligar 197 e denunciar anonimamente”, destacou o delegado.

Diário do Sertão
ComentáriosComentários