JPMotos
Denúncia na Polícia Federal aponta superfaturamento e fraude nas licitações em Nova Olinda
25 de fevereiro de 2019 às 11:29
55
Visualizações

Uma denúncia apontando diversas irregularidades na prefeitura de Nova Olinda foi protocolada na manhã desta segunda-feira (25) na sede da Polícia Federal, em Juazeiro do Norte. Quem assina o documento é o prefeito em exercício, Ítalo Brito (PP), que assumiu após afastamento de Afonso Sampaio (PSD), no dia 14.

A peça se baseia em uma denúncia anônima e em visitas feitas por membros da atual gestão a escolas do município. Segundo o documento, há uma série de irregularidades em processos licitatórios na Secretaria de Educação, inclusive com um suposto esquema onde apenas uma empresa participaria de certames, sempre saindo vencedora.

De acordo com o prefeito em exercício, o dono desta empresa é também o cunhado do prefeito afastado, Afonso Sampaio (PSD), identificado como “Damião”.

Entre os pontos está o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), cuja documentação em todas as escolas visitadas ” se resumiu apenas a recibos de pagamento, notas fiscais, cotações de preços e documentação da empresa vencedora, porém, guardados em uma única pasta”.

Foram visitadas as escolas 15 de Novembro; Padre Cristiano Coelho; José Liberiano da Silva;e Josefa Matos. Em uma das instituições, foi percebida a compra de sabão em pó 500 g por R$ 62,99 a unidade. O mesmo item havia sido comprado em 2017 por R$ 3,57.

A documentação assinada pela PF pede que sejam investigadas as denúncias. O Miséria tentou contato com o prefeito Afonso e com membros da empresa citada, mas não houve resposta até a publicação desta matéria.

Veja documento da denúncia aqui

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Felipe Azevedo/Agência Miséria

ComentáriosComentários