JPMotos
Desafeto sai para matar acusado de crimes em Juazeiro e lesiona criança de 4 anos
1 de maio de 2018 às 09:06
27
Visualizações

Duas tentativas de homicídios em Juazeiro e outra em Várzea Alegre foram registradas neste final de semana. No início da tarde de sábado a polícia foi informada sobre disparos de arma de fogo na Rua 31 de Março perto do Tiro de Guerra 10005 no bairro Triângulo em Juazeiro. Uma patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) foi até lá e os PMs souberam por populares de uma tentativa de homicídio.

Segundo testemunhas, dois homens que trafegavam numa motocicleta Honda POP de cor vermelha se aproximaram de um jovem acusado de crimes e bastante conhecido como “Romário de Lela” quando um deles sacou uma arma e tentou matá-lo. Todavia, o seu sobrinho de iniciais Í. A. D., de 4 anos, ali residente, é que foi atingido por duas balas perdidas as quais o atingiram no abdômen e no ombro. A criança terminou socorrida ao Hospital Regional do Cariri.

Pouco tempo depois, perto dali a polícia foi avisada de novos disparos na Rua Luiz de Freitas o que, possivelmente, seria um revide, mas ninguém saiu lesionado. Antes, na sexta-feira no bairro Jardim Gonzaga, uma oficina mecânica que conserta ônibus foi invadida. A proprietária de 57 anos acionou a polícia que, no local, prendeu Alex R da Silva, de 32 anos, separando algumas ferramentas para furtar o qual tinha proferido ameaças contra a dona do estabelecimento.

Já na madrugada de sábado, no Bar do Sukitão na Avenida Leão Sampaio no mesmo bairro Jardim Gonzaga, houve uma lesão corporal à faca contra Maria A Souza, de 24, residente no centro de Barbalha. Ela foi socorrida ao Hospital Regional do Cariri por uma amiga a qual informou à polícia que o acusado do crime tinha sido o companheiro da vítima que fugiu.

Na madrugada deste domingo perto do Posto Confiança II no bairro Alto do Tenente em Várzea Alegre, Antonio Cícero da Silva Filho, de 31 anos, estava na Loja de Conveniência quando chegaram dois homens numa moto Honda NXR 150 Bros ES de cor preta e placa OCT-1178 e o atraíram para fora do estabelecimento. Quando um deles sacou uma arma e efetuou dois disparos sem atingi-lo, Antonio o agarrou e tomou um revólver calibre 38 ocasionando na fuga da dupla até deixando a moto no local. A arma foi entregue à polícia com dois cartuchos deflagrados e dois intactos, sendo que Antonio disse que os conhecia apenas de vista.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

ComentáriosComentários