JPMotos
Detento com tornozeleira eletrônica foi morto em Juazeiro com um tiro de escopeta no rosto
26 de julho de 2017 às 08:33

O detento João Carlos da Silva, de 19 anos, o “Carlinhos” que cumpria pena no regime semi aberto, foi assassinado por volta das 17h30min desta terça-feira com um tiro de escopeta calibre 12 no rosto em Juazeiro. O crime aconteceu perto de sua casa na Rua Ministro Colombo de Souza imediações das ruas Joaquim Cruz e Ana Maria de Oliveira na Vila São Francisco no bairro Aeroporto. Após ser alvejado, ele tombou sem vida dentro de uma casa em construção onde estava fazendo uso de maconha.

Carlinhos respondia por crimes de tráfico de drogas e de trânsito e estava com uma tornozeleira eletrônica na perna. No dia 30 de outubro de 2015, na Rua Maria das Dores daquele bairro, ele foi preso por militares do Serviço de Inteligência que encontraram em sua casa 35 pedras de crack e três trouxinhas de maconha. O mesmo respondia ainda um procedimento após atropelar e não socorrer uma mulher guiando veículo alcoolizado e sem Carteira de Habilitação já este ano.

O assassinato de Carlinhos foi o 11º do mês de julho em Juazeiro e o 83º do ano no município. Na noite de segunda-feira o carroceiro Francisco José da Silva, de 24 anos, o “Dim da Carroça” que residia na Rua Ernestina Sobreira (Limoeiro), foi morto a tiros perto de sua casa por dois homens numa caminhonete S-10 de cor preta. Ele já tinha sido vítima de duas tentativas de homicídios e respondia por tráfico de drogas e arrombamento.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

322 total views, 1 views today

ComentáriosComentários