JPMotos
Detento deixa de cumprir semiaberto na cadeia de Farias Brito porque não aceitam que entre com maconha
27 de janeiro de 2017 às 13:08

20170127100013_1119_capa

O detento Raimundo Tavares da Silva, de 58 anos, apelidado por “Raimundo Preto” está de volta à Cadeia Pública de Farias Brito em virtude da regressão do regime. Ele é acusado do tráfico de drogas naquele município e tinha sido beneficiado com o semiaberto. Entretanto, havia deixado de se apresentar para o pernoite e descumprindo o regime ao reclamar que a guarda do cárcere não o deixava entrar com maconha.

Hoje cedo já em uma das celas do cárcere e enquanto chovia em Farias Brito, Raimundo brincava afirmando: “oh chuvinha boa pra plantar maconha”. Ele foi preso por volta das 15 horas desta quinta-feira em sua residência no Distrito de Nova Betânia na zona rural de Farias Brito. Segundo o Comandante do Destacamento Militar, Subtenente Simplício, cumprindo um Mandado de Prisão expedido pelo Juiz Carlos Eduardo Carvalho Arrais.

Ele tinha sido preso no segundo semestre de 2010 e foi condenado no início de 2011 para cumprir pena em regime fechado por tráfico de drogas. Seis meses depois apelou, por sua defesa, mas a sentença condenatória terminou mantida. Em outubro de 2014 uma pessoa foi presa ao tentar introduzir drogas para Raimundo na cadeia de Farias Brito quando o delegado o indiciou em inquérito. Depois, conquistou o regime semiaberto que, agora, perdeu em função da desobediência.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

152 total views, 1 views today

ComentáriosComentários