JPMotos
Detento é encontrado morto na Penitenciária de Juazeiro e outra morte suspeita no Tiradentes
8 de março de 2018 às 06:01
70
Visualizações

Além do acidente em Assaré que resultou na morte de Antonio Narcisio Peixoto, de 45 anos, o “Fernando”; e do assassinato em Jardim de Manoel Antonio Evangelista, de 43 anos, outros dois corpos deram entrada nesta terça-feira a fim de serem necropsiados na Perícia Forense de Juazeiro do Norte. Um deles veio do SVO (Serviço de Verificação de Óbito) de Barbalha e o outro da Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) em Juazeiro.

Por volta das 23 horas foi encontrado em uma das vivências da unidade prisional de Juazeiro o corpo do detento Francisco de Assis Ribeiro da Silva, de 30 anos, que era de Quiterianópolis. O mesmo foi necropsiado para identificar a causa morte se natural, overdose ou homicídio por espancamento. Antes, na tarde desta terça-feira, veio do SVO o corpo de Marcos Antonio Lima da Silva, de 41 anos, que residia na Rua José Henrique Brasileiro (Tiradentes) em Juazeiro.

Segundo informações, ele era usuário de drogas e foi coletado material do corpo a fim de ser enviado à Fortaleza com o objetivo de descobrir a verdadeira causa da morte. O último caso semelhante a este aconteceu no dia 7 de junho, no Sítio Novo (Distrito de Padre Cícero) em Juazeiro. Ali morreu Antonio Feitosa do Nascimento, de 38 anos, e a constatação posterior de overdose. Já a última morte na PIRC tinha ocorrido dia 19 de janeiro quando Eduardo Leandro Alves, de 23 anos, o “Bebezão”, que residia no bairro Timbaúbas, foi espancado por cerca de dez internos que o decapitaram e atearam fogo.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários