JPMotos
Dois são presos em Crato com carga roubada e vão responder por receptação
14 de fevereiro de 2019 às 09:00
79
Visualizações

Uma operação conjunta desenvolvida por policiais militares do Ceará e Pernambuco resultou nas prisões de dois homens e recuperação de produtos de selaria estimados em cerca de R$ 7 mil. Segundo o Major L. Rodrigues, Comandante da Companhia de Crato, Walterlucio Amorim Ferreira, de 36, e Paulo Antonio Dantas de Sousa, de 52 anos, estavam na Rua dos Cariris no centro da cidade, vendendo as mercadorias que tinham sido roubadas junto com uma carga de baterias no estado da Bahia.

O desfecho da operação se deu por volta das 15 horas desta quarta-feira quando os PMs recolheram cerca de 10 mil argolas, 600 rosetas, 133 pares de esporas, 36 cabrestos, 15 breques, 350 virolas, 70 pares de estribos, 500 chocalhos, 1.768 fivelas, 20 mantas, 150 margaridas com parafusos e 394 freios. O material e a dupla foram apresentados na Delegacia de Crato, sendo que os acusados terminaram postos em liberdade após pagar fianças. Walterlucio e Paulo responderão por crime de receptação.

Foi necessário um segundo carro para recolher o restante dos produtos de selaria (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Os produtos de selaria pertencem ao empresário Fernando Antonio da Silva, residente em São Bento do Una (PE). Segundo boletim registrado na Delegacia de Paulo Afonso (BA) pelo caminhoneiro Damião Felipe da Silva, de 53 anos, residente em Belo Jardim (PE), o roubo da carga aconteceu ao descer do caminhão para apertar a sinta de sustentação. Ele foi abordado por um homem armado com uma pistola o qual o levou para dentro do veículo onde um comparsa já estava ao volante.

Segundo narrou, viajaram cerca de 10 Km até Jeremoabo (BA) quando pararam o caminhão, o colocaram no porta mala de um carro e fugiram com a carga contendo 14 paletes e 2.239 baterias de veículos avaliadas em R$ 167 mil. Damião ficou quase 20 horas em poder dos assaltantes, sendo liberado em Canhotinho (PE). As baterias ainda não foram recuperadas, mas a descoberta quanto ao destino dos produtos de selaria em Crato se deu com a prisão de um homem nesta terça-feira no centro de Caruaru (PE).

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários