JPMotos
Em meio a uma onda de atentados, Esquadrão Antibombas do Gate já foi acionado 20 vezes
23 de janeiro de 2019 às 11:00
27
Visualizações

Gate 03

Os PMs são especialistas no desarme e destruição de artefatos explosivos 

Pela segunda vez em menos de uma semana, o Terminal de Passageiros de Messejana, na zona Sul de Fortaleza, teve que ser evacuado pela Polícia Militar diante de uma ameaça de bomba no local. O fato ocorreu na noite desta terça-feira (22), quando o Esquadrão Antibombas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para atender à ocorrência. A tropa especializada vem sendo acionada praticamente todos os dias desde o início dos atentados criminosos no estado. Já foram registradas, ao menos, 20 ocorrência em que foi necessária a intervenção dos “explosivistas” do Gate.

A informação dava conta que uma bolsa colocada dentro de uma bolsa feminina teria sido deixada por criminosos em uma lixeira numa das passarelas do terminal de coletivos. Guardas municipais e policiais militares que estavam de serviço no Terminal trataram de, imediatamente, de isolar a área e acionar o Gate, através da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Novamente, os “explosivitas” do Gate usaram um robô para retirar a bolsa de dentro da lixeira e verificar o que havia dentro dela. Nenhum artefato foi localizado. Após a realização de uma varredura tática em todo o perímetro isolado pelos PM e guardas municipais, o Esquadrão concluiu o trabalho e liberou a passarela para os passageiros.

Na semana passada, outro boato de bomba também mobilizou o Gate para o mesmo terminal e numa caixa deixada de papelão deixada no local os policiais não encontraram nenhum artefato.

O mesmo aconteceu na tarde da última segunda-feira (21), quando surgiu o boato de que uma bomba havia sido deixada na calçada do prédio do Tribunal de Turmas Recursais, localizado no cruzamento da Avenida Santos Dumont com a Rua Carlos Vasconcelos, na Aldeota.

Veja outros casos em que o Esquadrão Antibombas foi acionado:

1 – (2 de janeiro) – Explosão de artefatos no viaduto da BR-020, em Caucaia

2 – (2 de janeiro) – Explosivos deixados em viaduto na Avenida Washington Soares, Messejana

3 –(4 de janeiro) – Atentado com explosivos em uma passarela na BR-116, Messejana

4 – (6 de janeiro) – Atentado com explosivos na rodovia estadual CE-257, em Varjota

5 – (6 de janeiro) – Atentado com explosivos na Ponte do Peixe Gordo, BR-116/ Tabuleiro do Norte

6 – (8 de janeiro) – Ataque com explosivos na Ponte dos Tapebas, em Caucaia

7 – (9 de janeiro) – Explosivos deixados na estação do VLT, em Parangaba

8 – (10 de janeiro) – Ataque com explosivos no viaduto do Metrô, em Parangaba

9 – (10 de janeiro) – Tentativa de explosão com artefatos no viaduto da Av. Washington Soares

10 – (10 de janeiro) – Tentativa de explosão em viaduto no bairro Conjunto Esperança

11 – (12 de janeiro) – Explosão e derrubada de torre de transmissão de energia, em Maracanaú

12 – (12 de janeiro) – Explosão em uma ponte da BR-116, em Chorozinho

13 – (13 de janeiro) – Explosivos encontrados em uma ponte no bairro Bonsucesso

14 – (13 de janeiro) – Nova explosão na ponte do Peixe Gordo, BR-116/Tabuleiro do Norte

15 – (16 de janeiro) – Explosão numa ponte na Rua Chile, bairro Bela Vista, Capital

16 – (17 de janeiro) – Explosão de artefato em poste do Metrofor, bairro Couto Fernandes

17 – (17 de jabeiro) – Ameaça de bomba em viaduto ferroviário na Avenida Osório de Paiva

18 – (18 de janeiro) – Explosão de artefatos em uma ponte na BR-116, na Aerolândia

19 – (21 de janeiro) – Ameaça de bombas no Tribunal de Turmas Recursais/Aldeota

20 – (22 de janeiro) – Ameaça de bomba no Terminal de Messejana

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários