JPMotos
Estudante volta atrás e diz que inventou ser vítima de estupro em Fortaleza; universitário é solto
1 de novembro de 2019 às 06:00
48
Visualizações

Uma estudante que alegou ter sido vítima de estupro em via pública, voltou atrás e confessou que mentiu sobre o caso, em novo depoimento prestado nesta segunda-feira (28), em Fortaleza. Diante das novas provas apresentadas, o universitário Gisleudo de Oliveira Félix teve a revogação da prisão temporária e foi solto na tarde desta quinta-feira (31).

Segundo a Polícia Civil, as investigações de outras denúncias de estupro ocorrido em abril deste ano, dentro da Universidade Federal do Ceará (UFC), continuam em andamento.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a estudante reconheceu que havia inventado a versão relatada em depoimento, bem como confessou que criou perfis falsos em redes sociais para disparar as mensagens ameaçadoras contra si mesma.

A adolescente que fez a denúncia falsa vai responder por ato infracional análogo ao crime de denunciação caluniosa, que é quando alguém dá motivo para a instauração de investigação policial contra uma pessoa, imputando-lhe crime mesmo sabendo que ela é inocente. As apurações sobre a denúncia forjada foram transferidas para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários