JPMotos
Exclusivo! Após chuva de 112 milímetros em Potengi homem morre afogado num açude
9 de abril de 2018 às 17:17
151
Visualizações

Mais um caso de afogamento foi registrado no início da tarde desta segunda-feira na região do Cariri. Por volta do meio dia o aposentado Francisco Cristiano Nunes Vieira, que era conhecido com “Kiki” e completaria 37 anos no próximo dia 17 de abril, morreu afogado no Açude do Pau Preto localizado no Sítio Alecrim na zona rural de Potengi. No município tinha sido registrada a segunda maior chuva do Ceará nas últimas 24 horas com 112 milímetros.

A vítima residia no Bairro Populares em Potengi e estava às margens do açude quando decidiu atravessar diante da intenção de ingerir bebidas alcoólicas numa casa que ficou do outro lado. Pescadores que ali se encontravam perceberam a agonia de “Kiki” na metade da travessia e, depois, este afundou. Imediatamente, eles mergulharam e trataram de resgatá-lo. A polícia foi avisada e uma patrulha da PM com os Soldados Xavier, Figueiredo e Cícero esteve no local.

Eles acionaram, também, uma ambulância do Hospital de Potengi para onde “Kiki” foi levado, mas o médico plantonista apenas atestou o óbito. O fato foi comunicado à Perícia Forense de Juazeiro do Norte que enviou o rabecão ao município de Potengi com o objetivo de recolher o corpo a fim de ser necropsiado na Pefoce do Cariri.

O último caso de afogamento no Cariri foi no dia 31 de março, na passagem molhada da estrada do Sítio Barro Vermelho em Porteiras. Antonio Leite Tavares, residente no Sítio Simão, dirigia um Fiat Strada o qual sofreu pane na travessia durante chuva. As águas subiam rapidamente quando ele saiu com a esposa e um filho de 16 anos. Ao tentar retirar a filha Davila Maria Nunes, de 4 anos, ela não mais estava no Fiat por ter sido arrastada pelas águas e encontrada 3 Km depois.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários