JPMotos
Exclusivo! Presos ganham liberdade de penitenciária caririense fechada ontem
14 de fevereiro de 2019 às 06:02
119
Visualizações

Juiz de Direito da Comarca de Santana do Cariri, Djalma Sobreira Dantas Júnior, não teve outro caminho senão colocar em liberdade por um prazo de 20 dias os internos da Colônia Agrícola Padre José Arnaldo Esmeraldo de Melo daquele município. É que a Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará decidiu fechar a unidade prisional alegando falta de segurança, ausência de estrutura física adequada e insalubridade.

Ontem, o magistrado seguiu às pressas ao fórum de Santana do Cariri, reuniu seis internos e passou a expedir Salvo-Condutos com validade até 5 de março assegurando aos ex-encarcerados livre trânsito em qualquer parte do território nacional. O Juiz Djalma Sobreira tratou de devolvê-los às comarcas de origem observando nos despachos que a polícia não possui veículo adequado para a condução de cada um.

Ele destacou ainda que o fornecimento da alimentação para os internos e os 26 animais como porcos, vacas, bodes, cães e gatos até já tinha sido cortado. Após o prazo de 20 dias, de acordo com os documentos expedidos, os internos deverão comparecer perante o Juiz das Execuções Penais o qual vai colocar em prática a decisão tomada com o término do prazo.

Um dos internos é Marcelo Dantas Melo, de 30 anos, residente na Rua Jeremias Pereira no centro de Nova Olinda. Ele é condenado por vários furtos naquele municpio onde mora. Além disso, já lesionou Marivaldo Ramos de Oliveira Sales (2006), resistiu à prisão (2009), promoveu desacato (2014) e foi preso para responder por crime de trânsito e roubo no ano seguinte.

Enquanto isso, José Lopes Filho, de 71 anos, é morador do Sítio Guritiba em Santana do Cariri e praticou crimes de lesões corporais contra Francisco Linésio de Sousa e Orlando Caboclo dos Santos (1989), homicídio (2003) e porte de arma de fogo (2011) em sua cidade. Já o usuário de drogas Antonio Duarte da Costa, de 31 anos, mora no Sítio Zabelê em Nova Olinda e é acusado de vários assaltos até com arma em punho, além de dois portes de arma de fogo em Altaneira e Nova Olinda.

Outro que conquistou a liberdade foi Abraao Ferreira dos Santos, de 30, residente em Nova Olinda e condenado por estupro contra uma garota de 15 anos. Já Claudivan Lopes da Silva, de 33 anos, reside em Quixelô onde praticou homicídio simples em dezembro de 2008. Finalmente, Jailson da Silva Barbosa, de 29, residente em Nova Olinda, é acusado de furtos simples e arrombamento numa loja na sua cidade. Antes, em 2008, lesionou Andréia Ferreira Felinto e, em 2010, foi preso por assalto em Crato.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários