JPMotos
Feriadão teve o registro de 16 mortes no trânsito e quatro homicídios no Cariri
10 de setembro de 2018 às 12:05
19
Visualizações

Com 16 mortes violentas o feriadão da Independência no Cariri superou as seis mortes do período do Carnaval e as 11 registradas na Semana Santa deste ano em nossa região. O trânsito foi o vilão com 10 mortes, seguido por quatro homicídios, uma vítima de queda e um caso de suicídio. Crato liderou o número de corpos enviados à Perícia Forense (Pefoce) com seis, seguido por Brejo Santo (03), Campos Sales e Juazeiro com dois casa e os demais de Mauriti, Barbalha e Missão Velha.

Por volta de uma hora da madrugada de sexta-feira Ariel Rodrigues Braz, de 20 anos, que residia na Rua Fiscal José Soares, 184 (Salesianos) em Juazeiro, morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri. Ele tinha sido baleado no dia 23 de agosto no interior de uma casa na Rua Delmiro Gouveia naquele bairro por quatro homens que chegaram encapuzados em duas motos e ali foi morto Antenor Silva Santos, de 19 anos, o “Tenorzim”. Ariel respondia por crimes de trânsito, tráfico de drogas e porte de arma.

Já às 9 horas, na BR-116 mais precisamente no Sítio Lagoa do Mato 1 na zona rural de Brejo Santo, o mecânico Damião Simplício da Silva, de 36 anos, morreu em conseqüência de acidente de trânsito. Ele morava na Rua Padre Abath no centro de Brejo Santo e pilotava sua moto Honda CG Today de cor vermelha quando perdeu o equilíbrio e caiu na rodovia federal. Uma ambulância do SAMU esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas constataram o óbito.

Às 20 horas um ônibus da empresa IMV que trazia romeiros de Ararendá para Juazeiro tombou na CE-292 em Crato, mais precisamente no entroncamento que dá para Nova Olinda. No local, morreram Francisco Diones da Silva Braga, de 24, e Francisco de Sousa Cavalcante, de 73 anos. Na madrugada de sábado, as aposentadas Maria Bezerra da Conceição, de 92, e Maria José de Souza, de 80 anos, faleceram, respectivamente, em hospitais de Crato e Juazeiro. Todos residiam em Ararendá.

Uma hora após morreu num dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha Pedro Osterno dos Santos, de 46 anos. Ele residia na Travessa Cesar no município de Campos Sales, e sofreu uma queda de um andaime no último dia 30 de agosto, enquanto trabalhava, quando foi socorrido por familiares ao hospital local. Em virtude do diagnóstico de traumatismo craniano, imediatamente foi transferido para Barbalha, mas faleceu oito dias depois.

Por volta das 23h30min ainda de sexta-feira Caio Victor Alves de Oliveira, de 23 anos, estava em sua casa na Quadra U do Conjunto Minha Casa Minha Vida (Bairro Barro Branco) em Crato, quando foi morto por três homens encapuzados que ali chegaram numa Hillux de cor branca com armas de grosso calibre. O imóvel teve a porta derrubada e foi invadido pelo trio encapuzado já atirando em várias partes do corpo. Ele ainda tentou se refugiar no banheiro onde tombou sem vida.

No início da madrugada de sábado houve um acidente com vítima fatal na CE-292 mais precisamente no Sítio Alegre a uma distância média de 10 Km para o centro de Campos Sales. O motorista Damião Alves Pereira, de 46 anos, que residia no Sítio Jacarandá em Salitre, pedalava sua bicicleta pela rodovia estadual quando foi abalroado por um veículoVW Fox de cor prata e placas EDC-9965, inscrição do Ceará, cujo carro terminou abandonado no local pelos ocupantes.

Já às 04h30min, na CE-397 que dá acesso ao distrito do Coité em Mauriti, a jovem Kallienny de Sousa Silva, de 27 anos, que residia no bairro Novo Mauriti, morreu num acidente de trânsito. Ela viajava num veiculo Toyota Corolla de cor prata e placa HYH-5286, dirigido por Lucas Maranhão, que perdeu o controle e capotou. A garota ainda foi socorrida ao Hospital de Mauriti, mas faleceu momentos depois. Também estava no carro um adolescente de 17 anos, que teve apenas ferimentos leves.

Cerca de uma hora depois, no Km 516 da BR-116, entre os municípios de Brejo Santo e Jati, houve um acidente de transito com vitima fatal . O estudante Wanderson Inácio Fernandes, de 20 anos, que residia na Rua Manoel Leite, 65 (Bairro Capilé) em Brejo, pilotava uma moto Honda POP 100 de cor branca quando perdeu o equilíbrio e caiu na rodovia federal. Provavelmente, foi abalroado por um veículo não identificado já que a moto apresentava avarias na parte traseira

Às 17h30min, no Sítio Macaúbas (Distrito de Arajara) na zona rural de Barbalha, Davi Andrade Silva, de 36 anos, que ali morava, fazia um conserto no seu caminhão e tinha calçado o mesmo com uma pedra. Quando estava deitado sob o veículo, a escora cedeu e o caminhão se deslocou. Um dos pneus passou por cima da cabeça de Davi e a morte do mesmo foi constatada por profissionais de saúde do SAMU que estiveram no local

Por volta das 20 horas, ainda de sábado, o representante comercial, Erlon Ewerson Sobreira Leandro, de 41 anos de idade, praticou o suicídio por meio de enforcamento. Ele residia na Rodovia Pinto Madeira, 372 (Bairro Pinto Madeira) no município de Crato, onde tudo aconteceu.

Já às 10 horas deste domingo o jovem Antonio Siqueira Araújo, de 24 anos, foi morto a golpes de enxada e facão dentro de sua casa na Rua Francisco de Souza Neto, 188 (Bairro Morro Dourado) em Brejo Santo. Vítima e acusados tinham discutido durante bebedeira e a polícia prendeu Raimundo Dionizio Teotônio Neto, de 20, o “Daniel de Vanusa”, e o menor J. P. B., de 16 anos, o “Zé Ladrão”, que residem em Brejo Santo. “Daniel” responde por furto e o menor por furto, receptação e homicídio.

Às 16h30min morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro Antonio José Maciel da Silva, de 43 anos, que residia na Rua Expedito Freitas Rocha (Aeroporto). Na noite da última quinta-feira, ele se envolveu num acidente com moto quando trafegava pela Rua Joaquim Leandro de Souza naquele bairro se constituindo na 25ª vítima fatal em acidente de trânsito este ano em Juazeiro.

Cinco horas depois Kelsangeles Agostinho das Neves, de 26 anos, o “Keu”, chegava em sua casa na Rua Valmir Esmeraldo Alves no centro de Missão Velha, quando foi morto a tiros por dois homens numa moto. Ele respondia por crime de violência doméstica e era acusado de homicídio contra José Francisco Vieira, cujo Inquérito foi protocolado no dia 27 de novembro de 2017 na Comarca de Missão Velha indiciando ainda Jhone Lima André e Joias Natanael Lima André.

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

 

ComentáriosComentários