JPMotos
Festa de Halloween com dançarinos nus vira caso de polícia na cidade de Umari, veja vídeo.
30 de outubro de 2017 às 21:29

Um Festa de Halloween que aconteceu na vizinha cidade de Umari, a 22 km de Ipaumirim, onde os concelheiros tutelar daquela cidade fizeram uma denuncia que na festa em que dois dançarinos realizaram performances com nudez na presença de crianças e adolescentes. De acordo com o conselheiros tutelar, de Umari, a apresentação aconteceu durante uma festa de Halloween no sábado (28), no Centro de Integrado de Idosos, um prédio da prefeitura cedido para fazer o evento. Um vídeo do evento rivalizou nas redes sociais. A polícia investiga o caso e duas pessoas foram detidas.

A Polícia Civil de Icó junto com a policia Militar de Umari, investiga o vídeo da festa e deteve dois organizadores. “Recebemos a denúncia por meio de conselheiros tutelares de Umari. Eles pediram para a polícia local tomar providências. Já que a cidade não tem delegacia, o caso foi encaminhado para Icó, cidade vizinha”, afirmou um policial que estavam de plantão naquele dia.

Por volta das 10 horas do sábado dia (29) a guarnição composta pelo Sargento Anailton e os Sds, João Rolim e Oliveira com apoio da guarnição que estava saindo de serviço Cabo Neves e o sd Germano foram informados pelo conselho tutelar daquela cidade que estava rolando nas redes sociais vários vídeos com a menor T.L.S menor de 16 anos de idade, fazendo danças eróticas simulando atos sexuais com dois maiores de idade RICARDO SOUZA DE LUCENA  e o outro conhecido apenas por WANDERLEY.

Que de imediato as guarnições realizaram diligência vindo localizar os organizadores da referida festa FRANCISCO BEZERRA GOMES, e ANTONIO NETO GONSALVES DA SILVA, sendo todos os envolvidos conduzindo a Delegacia regional de Ico,  onde foi lavrado um TCO termo circunstanciado de ocorrência.

Os dois produtores organizadores do evento, em depoimento para a polícia, que contrataram dois dançarinos da cidade de Cajazeiras, na Paraíba. Duas pessoas estão foragidas.

Além das cenas de nudez perto de crianças e adolescentes, segundo Eulógio, o caso revoltou moradores da cidade pelo fato de a festa acontecer no espaço público cedido pela prefeitura da cidade para fazer festas comunitárias. O conselheiro tutelar afirma também que houve consumo de drogas e bebidas alcoólicas na festa.

O conselheiro disse ainda que o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) será encaminhado para o Ministério Público do Ceará (MP-CE) para que o órgão tome providências.

O prefeito da cidade de Umari fez uma nota se explicando o porque a festa foi realizada naquele ambiente publico confira a nota.

Veja vídeo:

Veja reportagem CE TV

5,270 total views, 2 views today

ComentáriosComentários