JPMotos
Fim de semana com homicídios em Crato, Juazeiro Campos Sales e Mauriti e mortes no trânsito
5 de fevereiro de 2018 às 13:24
133
Visualizações

Subiu de oito para dez o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro homicídios, três vítimas de quedas, duas de acidentes de trânsito e um caso de suicídio. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram dois corpos de Juazeiro e os demais de Crato, Santana do Cariri, Nova Olinda, Caririaçu, Brejo Santo, Campos Sales, Barbalha e Mauriti.

Por volta das 21h30min de sexta-feira, na Rua Caloré (Bairro Barro Branco) em Crato, Francisco das Chagas Carvalho Leite, de 24 anos, que ali residia, foi lesionado com sete tiros e morreu no hospital. Ele estava com um menor de 15 anos atingido por três tiros e socorrido em estado grave ao Hospital Regional do Cariri a fim de ser submetido a uma cirurgia. Segundo testemunhas, três homens se aproximaram das vítimas num carro de cor branca e um deles sacou uma pistola quando atirou.

Às 12h30min de sábado, no Hospital de Santana do Cariri, morreu o adolescente Kayder Levi Bandeira da Silva, de 14 anos, que residia no Sítio Pedra Branca na zona rural daquele município. Duas horas antes ele colidiu com sua moto cinquentinha de cor preta num Fiat Siena de cor vermelha e placas PMN-4645 na CE-166 mais precisamente no Sítio Mororó. O carro era dirigido pelo enfermeiro Diogo José Moreira Rodrigues que socorreu a vítima ao hospital com a ajuda de populares.

Já às 15h30min, na Rua São Pedro da Vila Taboca em Nova Olinda, o agricultor Francisco Junio Martim da Silva, de 31 anos de idade, praticou o suicídio por meio de enforcamento. O corpo do mesmo foi encontrado por vizinhos que comunicaram o fato ao Destacamento Militar e uma patrulha esteve no local resguardando a área enquanto chegavam a perícia e o rabecão.

Cerca de meia hora depois morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) o aposentado Pedro Batista de Aquino, de 88 anos de idade. Ele sofreu uma queda em sua casa no centro de Caririaçu e foi socorrido ao hospital local com suspeita de traumatismo craniano. Depois, terminou transferido ao Regional de Juazeiro onde faleceu.

Às 22 horas ainda de sábado, no Km 499 da BR-116 mais precisamente no Sítio Barreiro Preto em Brejo Santo, a bebê Maivila Raeline de Oliveira Silva, de 2 meses, morreu num acidente com a moto Honda CG 125 Titan de cor azul pilotada pelo seu pai José Ronaldo de Sousa Tirbutino. Ela viajava nos braços da mãe Cícera Ernestina de Oliveira, na garupa da moto que foi abalroada na traseira por um carro, cujo motorista fugiu. Maivila morreu no hospital de Brejo Santo, sua mãe sofreu fratura exposta numa das pernas e o pai escoriações pelo corpo

Por volta de uma hora da madrugada deste domingo, na Vila Dom Bosco (Bairro Santa Tereza) em Juazeiro, foi morto a tiros Francisco Alves da Costa Neto, de 31 anos, que residia no bairro Lagoa Seca. Ele era usuário de drogas e respondia procedimentos por crimes de furtos, corrupção de menores, arrombamentos, receptação, assaltos e tráfico de drogas.

Uma hora e meia depois, durante seresta no Bar e Pizzaria Ponto da Pizza na Rua Vicente Alexandrino (Bairro Alto Alegre) em Campos Sales, o autônomo Miguel Ferreira de Oliveira, de 50 anos, que residia na Rua Coronel Eneas Arraes no centro, foi morto com três tiros. Ele foi surpreendido por um homem que dele se aproximou e, sem qualquer discussão, sacou uma arma quando efetuou os disparos à “queima roupa”. Em 2011, Miguel ganhou prêmio de R$ 39 milhões da Mega Sena, vivia de aluguéis e tido como um boêmio o qual respondia por embriaguez ao volante e desacato.

Já às 7 horas morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha o aposentado Joaquim Bento da Cruz, de 97 anos, que residia na Rua Corredor da Cruz no Sítio Estrela na zona rural de Barbalha, onde sofreu uma queda. Duas horas depois faleceu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro a aposentada Maria Joana de Lucena, de 90 anos, que morava na Rua Santa Inês (Franciscanos), igualmente vítima de queda

Finalmente às 22h30min ainda deste domingo, às margens da CE-387 que liga o centro de Mauriti ao Distrito de Coité, o agricultor Márcio dos Santos, de 25 anos, que residia na Vila Senhora Santana, 346 naquele município, foi morto a tiros. Ele não tinha passagens pela polícia e pessoas próximas ouviram apenas os estampidos de arma de fogo quando uma patrulha comandada pelo Sargento Batista esteve no local. Foi o primeiro homicídio do mês de fevereiro em Mauriti e o terceiro do ano no município.

Com Parceria Site
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários