JPMotos
Fim de semana com quatro homicídios e três mortes no trânsito na região do Cariri
3 de julho de 2017 às 11:57

Subiu de cinco para oito o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro homicídios, três mortes em acidentes de trânsito e um caso de suicídio com dois corpos e uma ossada humana de Juazeiro, dois de Crato e os demais de Barbalha, Aurora e Salitre. De acordo com levantamento feito pelo Site Miséria, uma morte aconteceu ainda na noite de sexta-feira, duas no sábado e outras cinco neste domingo.

Por volta das 21 horas de sexta-feira o jovem Ramon de Oliveira Luna, de 32 anos de idade, praticou o suicídio por meio de enforcamento. O corpo foi encontrado por familiares no quintal de sua casa na Rua Padre Ibiapina, 179 no centro de Barbalha e o fato comunicado à polícia.

Às 22 horas de sábado, no distrito de Santa Vitória em Aurora, Alderi Martins de Lima, de 40 anos, o “Deri”, que morava na Rua Emídio Alves da localidade, foi morto com quatro tiros efetuados por Damilson Pereira Gomes, de 26 anos, o “Dadinho”, morador do Sítio Sobradinho. Os dois são vendedores de confecções e jogavam baralho quando surgiu uma discussão, luta corporal e, depois, o homicídio na frente de familiares da vítima. O acusado fugiu no seu veículo Gol de cor cinza.

Uma hora e meia depois, na CE-386 que liga os municípios de Crato e Farias Brito, o jovem Carlos Alberto Rodrigues da Silva, de 28 anos de idade, que residia na Rua da Paz que residia na Vila São Francisco em Crato, foi atropelado por uma moto e morreu na rodovia estadual. O acidente aconteceu na área do Distrito de Ponta da Serra em Crato.

Nos primeiros minutos da madrugada deste domingo Henrique Guedes da Silva, de 24 anos, o “Dodô” que residia na Rua Francisco Domingos da Silva, 125 (Frei Damião) em Juazeiro, foi morto a tiros na Rua Manoel Tavares Lopes daquele bairro por homens que fugiram em motos. Ele respondia por crimes de roubos, lesão corporal, receptação, furtos, contravenção penal, violência doméstica e desacato e tombou morto após ser lesionado principalmente na cabeça e nas costas.

Já às 11 horas foi encontrada por populares uma ossada humana num terreno baldio nas imediações do Loteamento Oasis na região do bairro Betolandia/Sítio Pintado em Juazeiro do Norte. No local, os policiais notaram vestígios de terem ateado fogo no corpo e ainda deu para observar que as mãos tinham sido amarradas caracterizando um homicídio.

Por volta das 13h30min, na Rua Ana Gonçalves de Melo imediações da Caixa D’água no bairro Frei Damião, Andrew José Lima da Silva, de 20 anos, o “Paulistinha” que morava naquela via, foi morto a tiros por dois homens que fugiram numa moto Yamaha XTZ de cor preta. Ele respondia por um crime de violência doméstica contra Luana Bento Ferreira praticado em outubro de 2016, além de crimes de trânsito e receptação em fevereiro deste ano.

Às 17 horas, na Avenida José Alves de Figueiredo perto da Igreja Nossa Senhora de Fátima no bairro Pimenta em Crato, o comerciário Paulo André Bezerra Camilo, de 25 anos, o “Paulinho”, morreu num acidente de trânsito. Ele pilotava sua moto Honda CG 150 Fan de cor vermelha quando sobrou numa curva, perdeu o equilíbrio e bateu contra um poste da rede elétrica. O mesmo era neto do folclórico “Seu Lunga” e morava na Rua Antonina do Norte (Bairro Parque Recreio) em Crato. Seu irmão Abdias Bezerra Félix, de 19 anos, viajava na garupa e foi socorrido ao hospital.

Cerca de uma hora depois morreu em um dos leitos do Hospital Santo Antonio em Barbalha o adolescente Daniel de Souza Francisco, de 17 anos, que residia no Sítio Serra dos Nogueiras em Salitre. No início da tarde deste domingo, ele pilotava uma moto quando perdeu o equilíbrio e caiu batendo com a cabeça no solo. O rapaz terminou socorrido com suspeita de traumatismo craniano e escoriações pelo corpo, mas faleceu momentos após dar entrada no hospital.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

341 total views, 3 views today

ComentáriosComentários