JPMotos
Fim de semana com sete homicídios no Cariri e cinco mortes em acidentes com motos
15 de janeiro de 2018 às 20:10
26
Visualizações

Subiu de quatro para 15 o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram sete homicídios, cinco mortes em acidentes com motocicletas, dois casos de afogamentos e um suicídio. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram cinco corpos de Barbalha, dois de Salitre, outros dois de Lavras da Mangabeira, mais dois de Aurora, dois de Crato e os demais de Abaiara e Antonina do Norte.

Por volta das 19 horas de sexta-feira houve um acidente com vítima fatal no Sítio Mata dos Dudas na zona rural de Barbalha. Francisco dos Santos, de 57 anos, que residia no Sítio Mata dos Araçás naquele município, pilotava uma moto quando perdeu o equilíbrio e caiu morrendo no local. O garupeiro Mardônio Souza Duarte foi socorrido pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri com escoriações pelo corpo.

Aos 30 minutos da madrugada de sábado, no Sítio Gavião na Serra do Araripe em Crato, foi registrado outro acidente com vítima fatal. O jovem Carlos Romário Bezerra Soares, de 19 anos, que residia no Sítio Boa Vista naquele município, pilotava sua moto de cor verde quando bateu violentamente contra galhos de árvore no meio da estrada. Segundo informações de amigos, ele tinha ingerido bebidas alcoólicas após o término do namoro e seguia para sua residência.

Já às 17h30min a criança Samuel de Carvalho Gonçalves, de 8 anos, que residia no Sítio Serra do Salitre II, morreu afogada no barreiro da localidade. Ele foi com o pai, Antonio Jordão Gonçalves, e outras pessoas do lugar ver o manancial que tinha enchido devido uma chuva forte. No retorno, notaram a ausência do menino e voltaram ao barreiro o encontrando agonizando nas águas. A criança ainda foi socorrida ao hospital de Salitre, mas já chegou sem vida.

Quatro horas depois o ex-presidiário Erick Monteiro Guedes, de 22 anos, que residia na Rua 101 do bairro Casas Populares em Salitre, estava em um bar na Avenida José Dionísio Filho quando foi morto. Ali chegaram dois homens numa moto de cor preta e o rapaz já saiu correndo para o interior do estabelecimento, mas foi perseguido e lesionado com vários tiros, sendo dois na cabeça. Segundo a polícia, Erick cumpriu pena na cadeia de Campos Sales por trafico de drogas e estaria novamente traficando

Às 22 horas ainda de sábado morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro Maria de Lurdes de Oliveira, de 57 anos de idade, que residia em Lavras da Mangabeira. Ela estava internada há alguns dias desde que se envolveu num acidente com motocicleta em sua cidade, sendo socorrida ao HRC em Juazeiro. Entretanto não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu.

Por volta de uma hora da madrugada deste domingo a agricultora Marcília Alves de Souza, de 47 anos, estava agonizando em sua casa, no Sítio Franquilandia na Vila Tipi de Cima na zona rural de Aurora, após ingerir veneno. Ela foi socorrida às pressas por familiares ao Hospital Inez Andreazza, a fim de receber atendimento médico, mas já chegou sem vida.

Uma hora após, na estrada carroçável de acesso ao Distrito de Iborepi na zona rural de Lavras da Mangabeira, o agricultor identificado apenas por “Raimundo”, que residia na localidade, morreu num acidente com motocicleta. Ele pilotava uma Honda Titan de cor vermelha quando perdeu o equilíbrio e caiu do veículo falecendo no local.

Já às 08h30min o ex-presidiário José da Silva Bezerra, de 26 anos, saía de sua casa na Rua João Felipe de Sousa (Bairro Alto da Alegria) em Abaiara, quando foi lesionado a tiros na cabeça e um dos projéteis atingiu o olho esquerdo que estufou. Os disparos foram efetuados por dois homens que fugiram numa moto de cor preta. Ele era usuário de drogas e respondia procedimentos por tentativa de furto contra uma mulher em maio de 2012 e lesão corporal contra Rogério Marculino dos Santos em agosto de 2016.

Às 16 horas, no Sítio Cachoeira em Antonina do Norte, o agricultor Sebastão Raimundo de Sousa, de 53 anos, ali residente, morreu afogado num poço da localidade. Ele bebia com amigos quando saiu para dar um mergulho e não mais retornou. A polícia foi avisada e o Tenente Lino e os Soldados Wanderson e Victor do Corpo de Bombeiros de Juazeiro estiveram em Antonina encontrando o corpo da vítima no manancial numa profundidade média de 10 metros

Três horas depois morreram em hospitais de Barbalha e Juazeiro Isaías dos Santos Mota Feitosa, de 16, que residia na Rua Henrique Lopes (Alto do Rosário); Caio Dias Dantas da Silva, de 16, que morava na Rua Manoel Peixoto no mesmo bairro; José Nicolas Alves dos Santos, de 17, que residia no imóvel onde tudo aconteceu e Jerfesson da Silva Santos, de 19 anos, que era morador da Rua Antonio Cândido no bairro do Rosário. Momentos antes, eles teriam trocado tiros com equipes do RAIO que averiguavam o tráfico de drogas na Rua Coronel Gregório Callou no Alto do Rosário em Barbalha. No local os PMs apreenderam uma pistola calibre 7.65, um revólver calibre 38, um simulacro de arma, trouxas de maconha e pedras de crack,

Por volta das 22h30min ainda deste domingo, na CE-288 na zona rural de Aurora, Aparecida Ferreira Lima Rangel, de 40 anos, morreu em acidente de trânsito. Ela procedia do Balneário do Sítio Pau Branco com o seu esposo Francinaldo Erivan Rangel Filho que pilotava sua moto quando perdeu o equilíbrio e os dois caíram. Um carro que passava na hora ainda atropelou Aparecida e esta morreu no local, enquanto o motorista seguia adiante na sua viagem sem prestar socorro.

No início da madrugada desta segunda-feira, na Rua Saturnino Candeia, 264 no bairro Alto da Penha, Francisco Renan Silva Muniz, de 20 anos, que ali residia, foi morto a tiros. A mãe da vítima disse à polícia que ele já vinha sendo ameaçado e dois homens numa moto perseguiram o seu filho. Quando a dupla se aproximou, efetuou os disparos de pistola .40 atingindo-o na cabeça e o rapaz tombou sem vida em frente à sua casa. Renan respondia duas infrações por furtos e Inquérito Policial por receptação.

 
Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários