JPMotos
Fim de semana com três homicídios e três mortes em acidentes de trânsito no Cariri
5 de junho de 2017 às 17:50

Caiu de nove para oito o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram três vítimas fatais em consequência de acidentes de trânsito, três homicídios, um caso de suicídio e uma vítima de queda. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram dois corpos de Juazeiro, outros dois de Crato e os demais de Várzea Alegre, Campos Sales, Caririaçu e Brejo Santo.

Por volta das 19 horas de sexta-feira morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri o aposentado Pedro Agostinho, de 67 anos, que residia na Rua Pedro Orelha, 38 (Bairros Patos) em Várzea Alegre. O mesmo estava internado desde a noite do dia 1º de abril quando caiu da garupa de uma moto pilotada pó rum adolescente de 17 anos. O acidente aconteceu na BR-230 na altura do Bairro Riachinho naquele município e Seu Pedro sofreu traumatismo craniano falecendo pouco mais de dois meses após.

Quase cinco horas depois, perto da Igreja do bairro Vila Lobo em Crato, Wandson Roberty Teófilo, de 35 anos, que morava no Distrito de Arajara em Barbalha, foi morto a tiros quando ia apanhar a moto para retornar à sua residência. O mesmo discutira com um mototaxista apelidado por “Paim” enquanto participava da festa religiosa em louvor ao padroeiro do bairro. Ao sair do local foi atocaiado por dois homens numa moto Honda Bros de cor preta os quais já se aproximaram de Wandson atirando.

Já às duas horas da madrugada de sábado o ex-presidiário Ivanildo Amador Ferreira, de 27 anos, o “Tauá” foi morto com três tiros nas costas no cruzamento das ruas Delmiro Gouveia e Rui Barbosa (Santa Tereza) em Juazeiro. Ele morava na Rua Chico Teté, 183 no centro de Tauá e estava hospedado numa pousada na Rua São José em nossa cidade. O mesmo respondia por assaltos e lesão corporal em Tauá e o roubo de uma moto em Várzea Alegre, onde chegou a fugir da cadeia pública em 2013.

Três horas após, na Rua Santo Expedito, 61 (Bairro Barragem) em Campos Sales, José Wilson dos Santos, de 21 anos, estava numa cadeira na porta de casa quando foi morto a tiros nas costas e no peito por uma pessoa apelidada como “Dudé” o qual fugiu num matagal próximo. Um primo da vítima seguia para casa de moto quando o acusado pediu carona e, ao se aproximar, foi atirando. Zé Wilson era testemunha de homicídio e respondia por assalto a mão armada quando ainda era menor.

Às seis horas da manhã de domingo foi encontrado em uma das celas da cadeia pública de Juazeiro o cadáver do detento José Roberto Oliveira Alves Silva, de 33 anos, que residia na Rua Antonio Soares de Oliveira, 8 (Conjunto Edmilson Leite) em Caririaçu. Ele era mototaxista, praticou o suicídio por enforcamento e estava preso desde que matou sua namorada Maria Silva de Lima, de 31 anos, que residia no bairro Umari em Caririaçu, no dia 30 de abril, a golpes de faca.

Por volta das 15 horas morreu em um dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha o aposentado Ivan Alves de Moura, de 63 anos de idade, que residia na Rodovia Neuza Santana, 275 (Bairro Araujão) em Brejo Santo. No último dia 25 de abril ele sofreu uma queda em sua residência e terminou socorrido ao hospital com traumatismo craniano quando faleceu um mês e dez dias depois.

Cerca de quatro horas depois, no Km 05 da CE-386 à altura do Sítio Juá (Distrito de Ponta da Serra) em Crato, o ajudante de produção Antonio Marcos Araújo da Silva, de 42 anos, que residia no Sítio Altos naquele distrito, morreu em acidente. O mesmo pilotava sua moto Honda Fan de cor vermelha no sentido Ponta da Serra/centro de Crato quando colidiu contra um veículo Corsa Classic de cor prata o qual viajava em sentido contrário. O piloto morreu no local e o motorista do carro foi conduzido à delegacia.

Já às 21 horas ainda deste domingo morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o agricultor José de Freitas Galvão, de 35 anos, que residia no Sítio Cidade na zona rural de Caririaçu. Às 13h30min ele se envolveu num acidente de trânsito na Rodovia Padre Cícero quando terminou socorrido às pressas e em estado grave ao hospital local e, depois transferido ao HRC aonde morreu sete horas e meia depois.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

342 total views, 2 views today

ComentáriosComentários