JPMotos
Fim de semana no Cariri com cinco mortes no trânsito, dois homicídios e um caso de afogamento
4 de setembro de 2017 às 18:40

Subiu de cinco para dez o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram cinco vítimas fatais em acidentes de trânsito, dois homicídios, duas por quedas e um caso de afogamento. Três corpos vieram de Missão Velha, dois de Juazeiro do Norte, mais dois de Caririaçu, outros dois de Crato e um de Mauriti. Um corpo deu entrada na Perícia Forense ainda na noite de sexta-feira, quatro no sábado e mais cinco neste domingo.

Por volta das 21 horas de sexta-feira morreu em um dos leitos do Hospital São Camilo em Crato o agricultor Afonso Duarte de Souza, de 75 anos de idade. Ele morava no Sítio Engenho da Serra na zona rural de Crato, onde caiu do seu cavalo e terminou socorrido com suspeita de traumatismo craniano, porém não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Às 03h30min de sábado foi encontrado, em um terreno baldio na Rua Padre Argemiro, no centro de Mauriti, o corpo do adolescente Jhone Dias de Oliveira, de 16 anos, que residia na Vila Senhora Santana, 125 naquele município e apresentava uma profunda lesão com um golpe de machado no pescoço que quase aparta a cabeça. Ele era usuário de drogas, respondia por um crime de receptação e, provavelmente, dormia quando foi morto e o machado deixado ao lado do corpo após a atrocidade. Sete horas depois policiais militares prenderam Henrique Jacó Dias, de 18 anos, o “Nando de Bia” também morador da Vila Senhora Santana, que confessou o crime.

“Nando de Bia” foi preso sob acusação de matar Jhone com um golpe de machado em Mauriti (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Já às 04h30min na Avenida Leão Sampaio perto do Resto Jardim no bairro Jardim Gonzaga em Juazeiro, o jovem André Alves Batista, de 24 anos, que residia na Avenida Carlos Cruz, 121 (Salesianos), morreu num acidente de trânsito. Ele pilotava sua moto Yamaha XTZ 125 de cor preta e placa OIB-9448 que foi colhida por uma Hilux SW4 de cor branca, cujo motorista fugiu deixando no local o pára-choque do carro. André foi a 25ª vítima fatal em acidente de trânsito este ano em Juazeiro.

Cerca de meia hora depois morreu em um dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha o aposentado José Caboclo Sobrinho, de 80 anos. Ele morava na Rua Paulo Batista (Bairro José Augustinho) em Caririaçu, onde sofreu uma queda dentro do banheiro de sua casa no final da manhã de sexta-feira. O mesmo terminou socorrido por familiares com suspeita de traumatismo craniano, mas faleceu.

Por volta das 11h30min ainda de sábado Felipe Macedo Neves, de 23 anos, que residia no bairro João Cabral em Juazeiro, foi morto a tiros no cruzamento das ruas Ozana Pereira e Pio Norões naquele bairro. O crime foi praticado por dois homens numa moto Honda Fan de cor preta. No dia 7 de julho de 2015 ele foi preso no cruzamento das ruas Farias Brito e Padre Nestor (João Cabral) com oito papelotes de cocaína dizendo que era apenas usuário e, em 2014, já tinha sido vítima de ameaça.

No início da madrugada deste domingo, no Sítio Riacho Seco (Distrito de Jamacaru) em Missão Velha, o motorista de um Fiat Siena de cor cinza perdeu o controle de direção e bateu contra uma árvore após sair da CE-153. Morreram presos às ferragens Theogenes Dantas Rodrigues, o “Téo”; Sávio Nicéias Lopes de Figueiredo, o “Savinho de Jamacaru”, ambos de 16 anos, e Antonio Renato de Sousa Luna, de 29 anos, que residiam em Missão Velha. Já Alan Danrley Alves Quirino fraturou o fêmur e João Paulo Sabino de Sousa sofreu fraturas múltiplas e seguem internados no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro.

Às 07h30min o corpo do agricultor José Marilson da Silva, de 22 anos, que residia no Sítio Bananeiras em Caririçu, foi encontrado a uma profundidade de seis metros no açude da localidade. A retirada se deu por militares do Corpo de Bombeiros de Juazeiro que ali estiveram ainda na tarde do sábado quando o rapaz se afogou ao sair às 15 horas para tomar banho. Estavam apenas suas vestes às margens do manancial e o corpo encontrado cerca de 15 hor as depois.

Já às 23h30min, na Avenida Padre Cícero perto do Posto Casarão no bairro Muriti em Crato, Carlos Augusto Sampaio Gonçalves, de 26 anos, dirigia uma Saveiro Cross de cor vermelha quando bateu numa retro escavadeira, subiu o meio fio e quase atingia, também, uma árvore. Ele foi arremessado para fora do veículo e morreu no local, enquanto o operador de máquinas que conduzia a retro escavadeira, Reginaldo Silva Barbosa, de 57 anos, foi socorrido ao Hospital São Camilo ficando sob escolta da polícia já que tem contra si um mandado em aberto por homicídio em Barbalha
.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

86 total views, 2 views today

ComentáriosComentários