JPMotos
Fim de semana no Cariri com duas mortes em acidentes de trânsito e três homicídios
5 de dezembro de 2016 às 10:39
52
Visualizações

20161205070056_4370_capa

Manteve-se em cinco o número de mortes violentas na comparação entre os três últimos finais de semana na região do Cariri. Neste foram duas vítimas fatais em conseqüência de acidentes de trânsito, três homicídio. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram dois corpos de Juazeiro e os demais de Santana do Cariri, Farias Brito e Jardim. Quatro mortes ocorreram na sexta e outra no sábado.

Por volta das 17hs20 horas de sexta, morreu na UTI do Hospital São Vicente, o jovem Vinicius Henrique do Nascimento, de 17 anos, vulgo Fumaça, residente em Nova Olinda, vítima de acidente de moto na noite de terça-feira (26) de novembro, após uma colisão de motos na CE-388 mais precisamente no Baixio dos Bernardos perto do Sítio Poças zona rural de Altaneira.

Já por volta das 19hs, falecia na emergência de um dos hospitais de Barbalha, Paulo José da Silva, 46 anos vítima de dois disparos de arma de fogo quando estava no interior de sua residência no sítio Lajinha zona rural de Jardim. A vítima era ex-presidiário e já cumprira pena por tráfico de drogas.

As 20hs um motociclista identificado como Francisco de Assis Nascimento, 37 anos, morreu em um acidente na Rua Manoel Tavares Lopes no bairro Frei Damião, em Juazeiro do Norte. Francisco colidiu sua moto 125 KS de cor preta na traseira de um caminhão CM/Chevrolet de placas HUB-1202 guiado pelo Jovem Cícero Anderson Souza Costa, 24 anos que permaneceu no local e em seguida levado à delegacia de polícia civil onde foi lavrado um BO. Com o impacto, Francisco teve a cabeça decepada.

Uma hora depois, era assassinado por quatro disparos de arma de fogo na cidade de Farias Brito, José Nilton da Silva, 47 anos natural daquela cidade. José Nilton era esposo de  Francisca Honorato Rodrigues Filha, de 26 anos, conhecida como “Janaina Macumbeira”, morta com três tiros dentro de sua casa no dia 19 de março do corrente, no mesmo endereço onde moravam na Rua do Cruzeiro, 281 (Bairro Caixa Dágua).

No início da noite do sábado,  o topiqueiro José Antônio Salvia Lima, 47 anos, era assassinado na Rua das Flores com Aracaju no bairro Romeirão. José Antônio foi morto a tiros dentro do veículo que trabalhava por um homem que não lhe ofereceu nenhuma reação de defesa. A vítima não tinha passagem pela polícia. Informações preliminares dão conta que o mesmo pode ter sido assassinado por engano.

Por Agência Miséria
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários