JPMotos
Fim de semana no Cariri com três homicídios e dois morreram no trânsito em Crato e Barbalha
18 de maio de 2020 às 17:20
6
Visualizações

Caiu de oito para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram três homicídios e duas mortes no trânsito com quatro corpos de Crato e o outro de Barbalha. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, duas mortes aconteceram ainda na noite de sexta-feira e outras três na noite de sábado, restando um domingo de tranquilidade em todo o Cariri.

Por volta das 21 horas de sexta-feira o agricultor Edivan Sérgio de Brito, de 35 anos de idade, que residia no Sítio Chico Gomes na zona rural de Crato, foi morto a tiros no Sítio Coqueiro naquele município. A polícia não obteve informações sobre a autoria delitiva e, em junho de 2013, ele respondeu procedimento por crime de ameaça segundo consta no site do Tribunal de Justiça.

Duas horas depois, ainda na sexta, o frentista Charles Dean Gonçalves Arrais, de 43 anos, que residia na Rua Claudio Martins (Bairro Novo Lameiro) em Crato, seguia para sua casa pilotando uma moto pela Avenida Perimetral Dom Francisco (Pinto Madeira) naquele município quando bateu num poste da rede elétrica e morreu Ele pode ter sofrido um infarto no momento em que guiava o veículo e o acidente aconteceu nas imediações da AABB.

Já às 21 horas de sábado morreu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o motorista Antonio Ramalho Pessoa, de 40 anos, que residia na Rua Padre Anchieta (Bairro Muriti) em Crato. Três horas e meia antes ele foi esfaqueado perto de sua casa e terminou socorrido às pressas ao HRC, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. No Site do Tribunal de Justiça apenas um procedimento cita o seu nome quando, em 2016, requereu imóvel numa ação de usucapião.

Às 23 horas o ciclista Odair Xavier Costa da Cruz, de 44 anos, que residia na Quadra L do bairro Barro Branco em Barbalha, morreu em consequência de acidente na rodovia estadual que dá para o município de Missão Velha foi atropelado. Ele seguia para casa na sua bicicleta quando, segundo testemunhas, foi atropelado por uma caminhonete L200 Triton de cor preta na CE-293 perto do Auto Posto Casarão em Barbalha e o motorista seguiu adiante na sua viagem sem prestar socorro à vítima.

Meia hora depois, ainda no sábado, foi encontrado o cadáver de Cícero Eron Pereira Saraiva, de 19 anos, que residia na Rua Caloré no bairro Barro Branco em Crato. Estava na Rua Pedro Leandro da Silva perto do Cemitério naquele bairro e apresentava várias lesões a pedradas. Ele tinha várias passagens pela polícia por crimes de roubos, receptação e ameaça.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários