JPMotos
Fim de semana no Cariri com três mortes em acidentes, dois homicídios e um afogamento
4 de junho de 2019 às 05:30
38
Visualizações

Seis mortes violentas foram registradas neste final de semana na região do Cariri, sendo três em consequência de acidentes de trânsito, dois homicídios e um caso de afogamento. As mortes aconteceram em municípios diferentes quais sejam: Missão Velha, Assaré, Farias Brito, Várzea Alegre, Barbalha e Nova Olinda. Segundo levantamento do Site Miséria, uma delas na sexta-feira, três no sábado e mais duas neste domingo.

Por volta das 20 horas de sexta-feira, no Sítio Riacho das Palmeiras em Missão Velha, o agricultor Roberto Cardoso dos Santos, de 36 anos, estava em casa numa bebedeira com o amigo Antonio Claudivan Pereira Rodrigues, de 27 anos, quando surgiu uma discussão por motivos banais. Antonio sacou uma faca desfechando o golpe que matou o colega de farra e fugiu. Nenhum dos dois respondia procedimentos perante a justiça ou polícia.

Às 10h30min de sábado, na Rua da Várzea (Bairro Pedra de Fogo) em Assaré, o aposentado João Cícero de Souza, de 74 anos, que residia no Sítio Várzea Grande, morreu atropelado por um caminhão pipa. Ele tinha bebido e dormia ao lado da antiga lavanderia às margens da via pública numa área onde o calçamento está sendo refeito. O motorista Antonio Laércio Batista de Carvalho, de 42 anos, trabalhava na obra e não o viu tendo passado por cima ao manobrar o veículo abandonando o local do acidente.

Já às 18 horas morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro, o vigilante Francisco Rozendo de Souza Filho, de 32 anos, que residia na Rua Misael Liberalino de Menezes (Bairro Boa Vista) em Farias Brito. Na semana passada ele caiu da carroceria de um carro no Distrito de Nova Betânia na zona rural daquele município quando foi socorrido ao hospital, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Uma hora depois, ainda no sábado perto do Bar Caju Azedo no Sítio Cachoeira Dantas em Várzea Alegre, Ronaldo Barros do Nascimento, de 39 anos, o “Soró” foi lesionado com um tiro no abdômen supostamente de arma artesanal e morreu no Hospital São Raimundo. Segundo a polícia, “Soró” era usuário de drogas e respondia procedimentos por tentativa de homicídio, formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e já tinha sido vítima de dois atentados à bala, sendo um deles em Iguatu.

Por volta das 16h30min deste domingo mais um caso de afogamento foi registrado na região do Cariri. O agricultor Simão Pinheiro Alves, de 62 anos, residia no Sítio Saco 01 (Distrito do Caldas) na zona rural de Barbalha, e estava tomando banho com um amigo num barreiro da localidade. O mesmo mergulhou nas águas e não retornou à superfície quando o colega chamou um filho do agricultor, mas não obtiveram êxito de encontrar. A retirada foi feita por mergulhadores do Corpos de Bombeiros de Juazeiro.

Finalmente às 21h30min ainda de domingo, na CE-292 que liga os municípios de Nova Olinda e Crato, houve uma colisão entre carro e moto com vítima fatal. No local morreu José Vieira Santana, de 30 anos, que residia no Sítio Extrema em Nova Olinda e pilotava sua moto Honda CG 150 Titan de cor vermelha e placa de Crato. O acidente aconteceu no Sítio Zabelê de Cima em Nova Olinda e a caminhonete Hilux de cor prata era dirigida por Francisco Lourenço de Sousa, de 33 anos, residente em Juazeiro.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários