JPMotos
Fim de semana no Cariri com três mortes no trânsito, um homicídio e um afogamento
14 de janeiro de 2019 às 12:30
115
Visualizações

Caiu de nove para sete o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram três em conseqüência de acidentes de trânsito, um caso de afogamento, um homicídio e outra duas mortes. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, dois corpos de Porteiras e os demais de Mauriti, Juazeiro, Crato, Barro e Barbalha.

Por volta das 20h30min de sexta-feira o agricultor José Ranevagner dos Santos Higino, de 30 anos, que residia no Distrito de Coité na zona rural de Mauriti, seguia para sua casa quando se envolveu num acidente. Ele pilotava uma moto Honda CG 125 de cor verde pela CE-397, que liga o centro da cidade ao distrito, quando bateu num animal. O mesmo viajava sozinho e ainda foi socorrido às pressas ao Hospital São José de Mauriti, porém faleceu a caminho.

Já às cinco horas da madrugada de sábado morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o jovem Alex Expedito de Lima, de 19 anos, que residia no Sítio Jitirana na zona rural de Porteiras. Ele se envolveu num acidente com moto no Sítio Logradouro naquele município no último dia 24 de novembro e terminou socorrido ao HRC, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

No início da tarde de sábado, no açude do Sítio Ouricuri na zona rural de Barro, foi registrado um caso de afogamento. O agricultor Francisco Francelio Ferreira, de 45 anos, que residia no Sítio Oitis na zona rural de Milagres, foi até o município de Barro participar de uma pescaria com mais dez pessoas de sua família. De repente, decidiu atravessar o açude nadando e, na metade do caminho, notaram o sumiço de Francélio. Os parentes foram em busca e o retiraram das águas, mas já sem vida.

Por volta das 11 horas deste domingo, na CE-153 perto do Parque de Vaquejada Alberto Miranda de Porteiras, uma colisão de motos deixou o saldo de um morto e outro ferido. No local, faleceu o mototaxista Cícero Sebastião Franklin, de 40 anos, que era conhecido como “Cícero de João” e residia no Sítio Cancela na zona rural de Porteiras. O outro piloto foi socorrido ao hospital local e seu quadro clínico é satisfatório.

Cerca de dez horas após, ainda no domingo, Eduardo Junior da Silva, de 22 anos, que residia no Corredor dos Silva no Sítio Estrela em Barbalha, foi esfaqueado no Bar de Antonio de Julia naquela localidade. Ele morreu momentos depois no Hospital Santo Antonio e, segundo testemunhas, o autor dos golpes foi Antonio Ramalho Bezerra do Nascimento, de 26 anos, também morador do lugar. Antonio teria agredido a mãe da vítima quando Eduardo foi ao encontro dele que terminou preso na madrugada de hoje.

Outras duas mortes aconteceram no sábado em Juazeiro e Crato, além de um feto encontrado em Brejo Santo. Em Juazeiro, no bairro Aeroporto, faleceu o poeta, cantor, compositor e ex-funcionário da CAGECE, Cícero Costa dos Santos, de 61 anos, que já tinha sido candidato a vereador e era irmão do também poeta e radialista Wellington Costa. Já no bairro Batateiras em Crato Gilberto Nascimento Lima, de 51 anos.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

 

ComentáriosComentários