JPMotos
Fontes que acompanham o caso apontam cenário da guerra
17 de dezembro de 2018 às 14:14
51
Visualizações

Alguns comércios no centro de Milagres possuem câmeras de segurança em sua fachada. O material é periciado pelo grupo de investigadores designado pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. Elas poderão elucidar os pontos mais importantes que levaram às mortes

Reféns

As cinco pessoas da mesma família, que seguiriam para Serra Talhada, em Pernambuco, findaram mortas na calçada do Bradesco, atrás de um poste de iluminação. O equipamento ficou cravejado com muitas marcas de tiro de grosso calibre

Bandidos

Cerca de quatro bandidos teriam tombado em diferentes pontos no quadrante que tem como perímetro os bancos, a Prefeitura Municipal, farmácias e um supermercado. Estavam todos encapuzados e, alguns, com luvas. Fora dali, morreriam mais quatro

Retirada

Os corpos dos cinco reféns foram os primeiros a serem retirados pelo vice-prefeito de Milagres em sua Amarok branca, que aparece no registro das câmeras, e levados para o hospital municipal. Depois, uma ambulância levou as outras vítimas, uma delas ainda com vida

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Diário do Nordeste

ComentáriosComentários