JPMotos
Guerra das facções GDE e Comando Vermelho deixa sete mortos na Grande Fortaleza no fim de semana
16 de setembro de 2019 às 09:30
495
Visualizações
Lucas 2

Em Jurema, Caucaia, um homem foi fuzilado quando ia comprar o leite para a filha de 2 anos

São Gonçalo - Casal

Em São Gonçalo do Amarante, um casal foi fuzilado na cama, sem chances de defesa

Maracanaú morto

No Conjunto Jereissati I, em Maracanaú, um jovem foi fuzilado na calçada de uma pizzaria

Maranguape chacina

Em Amanari, Maranguape, uma chacina deixou três mortos na noite de domingo 

A “guerra” travada nas ruas da Grande Fortaleza, envolvendo as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE) deixou, ao menos, sete mortos no fim de semana. Em um dos casos, uma chacina terminou com três pessoas mortas dentro de uma residência em Maranguape. Em São Gonçalo do Amarante, um casal foi fuzilado quando dormia. Em Caucaia, um homem foi executado ao sair de casa para ir comprar leite para a filha de 2 anos. E em Maracanaú, um jovem foi fuzilado na calçada de uma pizzaria.

Nas quatro ocorrências registradas entre a tarde de sexta-feira (13) e a noite do domingo (15), a Polícia levantou a hipótese de que as mortes foram decorrentes da rivalidade entre as duas facções. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram em todos os locais em busca de pistas para identificar os executores.

O primeiro crime atribuído à “guerra” entre CV e GDE aconteceu na tarde de sexta-feira (13), quando um homem identificado apenas por Lucas foi executado com vários tiros ao ir comprar o leite para a filha. O assassinato aconteceu na calçada de uma residência no Distrito de Jurema, em Caucaia. Os assassinos fugiram numa motocicleta.

Na madrugada do sábado (14), bandidos invadiram uma casa na localidade de Novo Croatá, em São Gonçalo do Amarante, e mataram, a tiros de pistola, um casal. Os mortos foram identificados como Maycon José de Oliveira Magalhães, 20 anos; e sua companheira, a jovem Camila Silva Cunha, 23.

Mortes no domingo

Na noite do domingo (15), quatro criminosos armados e encapuzados, invadiram uma casa no Condomínio Residencial Amanari, conhecido como “Carandiru”, em Maranguape, e mataram com tiros de pistolas na cabeça, dois homens e uma mulher, identificados como o adolescente Francisco Aldemir da Silva, 16 anos; Maria Fabiana da Silva, 26; e um homem conhecido apenas por “Chiquinho”. Os três seriam integrantes de uma facção e foram mortos num dos quartos da casa. A mulher tentou se esconder debaixo de uma cama, mas foi encontrada e também executada sumariamente.

Ainda na noite do domingo, um jovem identificado por Lincoln foi executado quando se encontrado sentado em uma mesa na calçada de uma pizzaria localizada na Rua 7 do Conjunto Jereissati I, em Maracanaú. Segundo a Polícia, o homem era ligado a uma facção e pode ter sido morto pelo grupo criminoso inimigo.

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários