JPMotos
Homem acusado de matar grávida de 7 meses em Sousa é preso pela Polícia Militar no Estado de São Paulo
16 de outubro de 2018 às 05:00
67
Visualizações

Foi preso no final da tarde desta segunda-feira (15), o popular identificado como Evangelista Oliveira da Silva, de 36 anos, conhecido como “Sequestro” ou “Rogério”, acusado de ter assassinado a jovem Luana Maria da Silva, no dia 4 de maio de 2011, no Conjunto Mutirão em Sousa.

A prisão de Evangelista Oliveira ocorreu após uma troca de informações dos agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Sousa, sob a coordenação do Dr. Ilamilton Simplício, com a Polícia Militar da cidade de Franco da Rocha no Estado de São Paulo. Onde a PM ao realizar um levantamente pela cidade, constatou que o foragido da Justiça estava residindo no município a um certo tempo, e no dia de hoje foi possível obter êxito na prisão.

Contra “Sequetro” existia dois mandados de prisões expedidos em seu desfavor, sendo o primeiro pela prática de homicídio em Sousa, onde ele ao tentar matar albergado Claudemir Sarmento, conhecido por “Mimi”, acabou executando sua a companheira que estava grávida de 7 meses, e o bebê também não resistiu e morreu momentos depois no HRS. O outro mandado de prisão é expedido pela Justiça do Mato Grosso.

O preso foi conduzido à delegacia de Polícia Civil, onde foi apresentado ao delegado de plantão que adotou os procedimentos necessários ao caso. Possivelmente Evangelista Oliveira será recambiado para Paraíba ou Mato Grosso para serem cumpridas as penas.

Da Redação
Sertão Informado

ComentáriosComentários