JPMotos
Homem acusado de matar mulher em Nazarezinho é condenado a 24 anos de prisão
5 de setembro de 2017 às 06:28

No júri realizado na manhã desta segunda-feira (4), no Fórum Dr. José Mariz em Sousa, o réu Jerffeson Félix de Sousa, conhecido como “Nego Jerffeson”, acusado de ter assassinado no dia 11 de maio de 2015, sua ex-mulher, a agricultora Maria Lidiane de Sousa que na época tinha 28 anos, foi condenado a 24 anos de reclusão.

O Crime:

Um homicídio com requintes de crueldade foi registrado por volta das 04h do dia 11 de maio de 2015, na cidade de Nazarezinho no Sertão da Paraíba, tendo como vítima a agricultora Maria Lidiane de Sousa que tinha 28 anos.

Conforme informações da polícia, a vítima retornava de uma festa alusiva ao dia das mães, quando foi seguia e aborda pelo seu ex-marido, Jerffeson Felix de Sousa, conhecido como “Nego Jerffeson”, que a derrubou e munido com um tijolo aplicou vários golpes no rosto da vítima que ficou completamente esfacelado.
A Prisão:

A prisão aconteceu após a polícia receber informações de populares, dando conta que o acusado estava se deslocando para a cidade de Marizópolis pelo matagal, onde foram realizadas diligências e o acusado foi localizado e preso.

No momento da prisão “Nego Jefferson” tentou tomar a pistola do policial, que foi obrigado a efetuar um tiro que veio atingir o acusado na perna esquerda.

Jefferson Félix foi levado ao Hospital Regional de Sousa, e após receber o devido atendimento médico foi conduzido à delegacia para serem adotadas as medidas que manda a Lei e em seguida levado a Colônia Penal Agrícola do Sertão.

Da Redação

Sertão Informado

153 total views, 3 views today

ComentáriosComentários