JPMotos
Irmãos são fuzilados na guerra entre facções que domina a cidade de Caucaia
15 de agosto de 2019 às 12:01
144
Visualizações
Caucaia irmãos 5
Caucaia irmãos 2

Os dois irmãos tentaram fugir dos assassinos, mas acabaram mortos, a tiros, na rua

Caucaia irmãos

Policiais militares e peritos estiveram na cena do crime iniciando a investigação

Dois irmãos, com idades de 18 e 20 anos, são as vítimas mais recentes da “guerra” travada entre duas facções criminosas na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). No começo da tarde desta quarta-feira (14), os dois jovens foram mortos com vários tiros no meio da rua, na comunidade Parque das Nações. A Polícia informou, ainda, que a mãe deles também ficou ferida pelos disparos e está hospitalizada.

Carlos Eduardo da Silva Costa, 18 anos; e o irmão, José Carlos da Silva Costa, 20, estavam em casa quando os criminosos chegaram armados. Tentaram invadir o imóvel para matá-los ali mesmo. A mãe deles, Ana Lúcia da Silva Costa, tentou impedi-lo, segurando a porta, mas foi baleada nas pernas. Os filhos dela saíram correndo em busca de se salvarem, mas foram perseguidos e alcançados na Rua Coréia, onde aconteceu a dupla execução sumária.

Com as duas mortes registradas ontem, subiu para 31 o número de assassinatos em Caucaia apenas no intervalo entre os dias 1º de julho e 14 de agosto, ou seja, um mês e meio (45 dias exatos). No ano, Caucaia já soma mais de 150 assassinatos, sendo a maioria em comunidades, bairros e Distritos dominados pela guerra e violência das facções, entre eles: Conjuntos Itambé I e II, Padre Júlio Maria, Araturi, Jurema, Nova Metrópole, São Miguel, Metropolitano (Picuí) e Parque das Nações.

No começo da semana, dois outros homens também foram mortos numa mesma ocasião, caracterizando mais um caso de duplo homicídio. O fato aconteceu na tarde da última segunda-feira (12), na localidade de Jandaiguaba. Apenas uma das vítimas foi identificada. Tratava-se de Luiz Henrique Rodrigues Rufino, 20 anos. O outro homem assassinado não portava documentos nem o corpo foi reconhecido pelos moradores do lugar.

Mortes em sequência

No dia anterior, no domingo (11), um corpo em adiantado estado de decomposição, foi encontrado por populares em uma região de matagal debaixo de um viaduto da BR-222. O corpo apresentava marcas visíveis de tiros na cabeça. A vítima não foi identificada.

Também foram mortas em Caucaia neste mês, mais quatro pessoas, identificadas como: Gabriel do Nascimento Lopes, 25 anos (morto a tiros, no bairro Novo Pabussu), Renan de Sousa Jerônimo, 25 (assassinado a tiros no Conjunto Araturi), Joelmo Felipe Santos Silva, adolescente de 17 anos (morto a tiros na BR-222, no bairro São Gerardo) e José Cláudio Moura, 29 anos (executado a tiros, no Parque das Nações).

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários