JPMotos
Irmãos são presos sob acusações de furtos em escolas na zona rural de Mauriti
17 de março de 2018 às 06:58
193
Visualizações

Dois irmãos foram presos nesta sexta-feira na zona rural de Mauriti e um terceiro fugiu ante a chegada da patrulha com policiais militares do destacamento local. O trio é acusado de furtos em escolas rurais daquele município e Damião Sousa Santos, de 28 anos, o “Índio”, residente no Sítio Jatobá, já é presidiário e cumpria pena em regime semiaberto na cadeia de Mauriti.

Contra este, o juiz Diogo Altorbelli Silva de Freitas determinou a prisão e, consequentemente, a suspensão do regime que o mesmo tinha conquistado. Os policiais prenderam ainda o irmão de “Índio” no caso Marcelo Sousa Santos, enquanto outro irmão Marciel Sousa Santos – que fugiu – ante a chegada da viatura – já possui várias passagens pela polícia.

Os PMs recuperaram vários objetos como TV de LED, caixas de som amplificadas, microfones, ventilador, botijão de gás, aparelho de som e outros furtados das escolas do Sítio Saco, do Distrito de Buritizinho e do Sítio Macambira. Segundo o Sargento Geocondes, Comandante do Destacamento de Mauriti, o trio vinha,costumeiramente, praticando arrombamentos em escolas da zona rural. Damião responde procedimentos desde 2012 quando assaltou Plácido Martins de Morais no bairro Bela Vista.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários