JPMotos
Jovem acusado de crimes foi morto a tiros em frente à sua casa em Brejo Santo
10 de novembro de 2016 às 10:23

20161110084524_6602_capa

Um homicídio foi registrado por volta das 21 horas desta quarta-feira em Brejo Santo se constituindo no primeiro do mês de novembro e o 16º do ano no município, onde 17 pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O servente de pedreiro Francisco Everton Cordeiro de Lima, de 27 anos, que era conhecido como “Betão”, foi morto a tiros em frente à sua casa na Rua Neusa Basílio, 185 (Bairro Araujão) por dois homens que ali chegaram em uma moto Honda Bros de cor vermelha.

Segundo a polícia, ele respondia por crimes de invasão de domicílio, porte ilegal de arma de fogo e integrava o bando chefiado por “Hellosman”, morto este ano na Paraíba. No dia 30 de março de 2012 “Betão” e Jackson Almeida Matias, de 23 anos, foram levados à Delegacia de Brejo Santo após uma briga em conseqüência de acidente de trânsito. Os dois quebraram a porta e invadiram a casa de um comerciante de 47 anos para agredi-lo.

O último homicídio deste ano naquele município tinha ocorrido no dia 28 de setembro e a vítima foi o agricultor Cícero Lopes da Silva, de 41 anos, morto com uma pedra na cabeça causando afundamento craniano e espalhando massa encefálica na Rua Manoel Leite no bairro Capilé. A polícia prendeu como acusado Venceslaudo Bezerra Lima, de 32 anos, o “Xiaba de Salgueiro” residente na Rua Pedro Pereira no centro de Brejo Santo.

Com Parceria Site Miseria

ComentáriosComentários