JPMotos
Jovem foi matar seu desafeto em Crato e atingiu criança de 2 anos no olho direito
9 de maio de 2017 às 10:04

A polícia ainda não descobriu o paradeiro do jovem Luiz Fernando de Sousa Oliveira, de 27 anos, acusado de um crime de lesão corporal em Crato. Por volta das 14 horas deste domingo ele foi até à Rua Roberto Marinho (Bairro Seminário) à procura de um desafeto identificado apenas por “Mazinho” para matá-lo. Empunhando um revólver, ele chegou naquela via em busca do mesmo quando efetuou vários disparos em frente à casa onde o mesmo mora.

Uma criança de apenas 2 anos e iniciais A. A. F. L., que reside na Rua Nossa Senhora da Penha e estava sentada na calçada, terminou atingida com um tiro no olho direito. Ela foi socorrida por populares ao Hospital São Camilo e transferida ao Santo Antônio de Barbalha. Militares do Ronda do Quarteirão, Policiamento Ostensivo Geral (POG), Força Tática de Apoio (FTA), Batalhão de Divisas e RAIO diligenciaram à procura do acusado num matagal, mas este conseguiu fugir.

OUTROS – Seis horas antes, porém na Rodovia Pinto Madeira, 308 (Bairro Vila Lobo) igualmente em Crato, Robério Macedo Cardoso, de 28 anos, residente no número 772 daquela via, foi lesionado com facadas na cabeça. Ele foi socorrido pelo SAMU ao Hospital São Camilo e disse à polícia que a autora dos golpes foi sua companheira Sherlida Silva Pereira, de 21 anos, a qual foi presa.

Enquanto isso, por volta das duas horas da madrugada desta segunda-feira no bairro Barro Branco em Crato, dois homens numa moto se aproximaram de Vagner Alencar Cardoso, de 23 anos, residente na Rua Karolé no bairro Muriti. Eles tentaram atirar e, por sorte do rapaz, a arma não disparou quando fugiram. Vagner responde por crime de lesão corporal praticado em novembro e, no dia 15 de setembro de 2013, já tinha matado a tiros James Correia dos Santos, de 25 anos, em frente ao Bar do Fabinho na Rua Karolé.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

473 total views, 2 views today

ComentáriosComentários