JPMotos
Julho termina com o registro de 27 mulheres assassinadas no Ceará. No ano, são 130
1 de agosto de 2019 às 13:47
57
Visualizações

Vinte e sete mulheres foram assassinadas no Ceará no mês de julho em todo o Ceará, elevando para 130 o número de crimes do gênero no estado em sete meses de 2019. Dos 27 homicídios, latrocínios e feminicídios, a maioria aconteceu na Capital, com 13 casos. Outros 10 foram registrados na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

No Interior do Estado apenas quatro casos de assassinatos de mulheres aconteceram no mês passado, nos seguintes Municípios: Tabuleiro do Norte, Santana do Cariri, Acaraú e Reriutaba. A maioria dos casos se tratou de feminicídio, isto é, crimes passionais em que as mulheres são mortas após terem se separado de seus companheiros agressores.

Além dos 13 crimes em Fortaleza, quatro foram registrados no Município de Caucaia, na RMF. As vítimas tinham idades entre 14 e 33 anos e foram mortas, em sua maioria, por conta do envolvimento com a guerra de facções criminosas que devasta aquele Município metropolitano desde o começo do ano.

Casos misteriosos

Vários casos ainda estão sob apuração da Polícia e em mistério. Exemplos disso foram os assassinatos de dois casais no intervalo de apenas quatro dias, ambos registrados na Região Metropolitana de Fortaleza.

O primeiro caso ocorreu na tarde do dia 24 de julho, quando os corpos de Talyta Castelo Branco, 30 anos; e do seu companheiro, Jucleilton da Silva Duarte, 29 anos, foram encontrados crivados de balas em uma estrada de terra na localidade de Munguba, no Município de Pacatuba. A Polícia suspeita que o casal tenha sido seqüestrado na cidade de Quixeramobim, no Sertão Central (a 201Km de Fortaleza), onde morava. Os motivos do crime e seus autores não foram ainda revelados. O caso é apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Já na manhã do último domingo (28), outro casal foi encontrado morto. O fato foi registrado também no Município de Pacatuba. Às margens do Anel Viário, proximidades da barragem do Açude Gavião, os corpos de um homem e uma mulher foram deixados com várias marcas de tiros, senso as vítimas identificadas como Rafael Lima do Nascimento, 36 anos; e Luíza Antônia Andréa Pereira de Sousa, 34 anos. A Polícia não tem pistas para esclarecer o crime.

Caucaia

Na cidade mais violenta da Região Metropolitana de Fortaleza, quatro mulheres foram mortas em julho. O primeiro caso ocorreu no dia 9, quando Priscila da Silva Siqueira, 33 anos, foi morta, a tiros, dentro de casa, na Rua 8 do Conjunto Arianópolis.

No dia 15, a vítima foi a jovem Patrícia Vasconcelos Quaresma, 18 anos, morta com vários tiros, na comunidade Bom Jesus.

Na noite da última terça-feira (30) a adolescente Suzyele Mendes Gonçalves, de apenas 14 anos de idade, foi assassinada, a tiros, na presença de uma irmã e de uma amiga. O crime aconteceu quando as três garotas caminhavam pela Rua Gilberto de Sousa Viana e, ao chegarem na esquina com a Rua Porto Alegre, foram atacadas por dois homens. Suzyele foi morta com vários tiros na cabeça.

E na manhã de ontem (31), a adolescente Carliana Fernandes Oliveira da Silva, 14 anos, foi assassinada com vários tiros. O crime aconteceu na Rua F do Parque Soledade, no Distrito de Jurema. A jovem estaria ameaçada por bandidos de uma facção.

Veja, a seguir, a lista completa das mulheres mortas no Ceará, em julho:

01 – (01/07) – Magna Maria Martins Alves, 41 (bala) – (CHOROZINHO)

02 – (04/07) – Antônia Fernanda Loiola, 51 (outros meios) – Fortaleza/AIS-9 (CAPITAL)

03 – (06/07) – Joyce Silva Gonçalves, 19 (bala) – R. Pato Branco/B. Granja Lisboa (CAPITAL)

04 – (09/07) – Priscila da Silva Siqueira, 33 (bala) – Rua 8/Conj. Arianópolis (CAUCAIA)

05 – (12/07) – Rilene Maria Frota Albano, 66 (bala) – R. Itaboraí/B. Passaré (CAPITAL)

06 – (13/07) – Vanessa Mendes, 19 (bala) – R.K/B. Barroso (CAPITAL)

07 – (14/07) – Gabrielle Silva Sousa, 18 (bala) – R. Ramos Botelho/B. Papicu (CAPITAL)

08 – (15/07) – Dayane Bizerra Maia, 31 (bala) – Localidade Várzea Grande (TABULEIRO DO NORTE)

09 – (15/07) – Maria Rita da Silva, 72 (outros meios) – Travessa Bulgari/B. Itaoca (CAPITAL)

10 – (15/07) – Patrícia Vasconcelos Quaresma, 18 (bala) – B. Bom Jesus (CAUCAIA)

11 – (16/07) – vítima não identificada (faca) – (SÃO GONÇALO DO AMARANTE)

12 – (18/07) – Charliene Silva dos Santos, 26 (bala) – Rua Nova Iguaçu/B. Serviluz (CAPITAL)

13 – (18/07) – Rosiane Pereira de Lima, 28 (faca) – R.João Cavalcante/Estrada do Quiobal (PACATUBA)

14 – (22/07) – Milena Soares da Silva, 18 (bala) – Rua Água Verde/B. Dom Lustosa (CAPITAL)

15 – (23/07) – Aldenir Alencar, 45 (facadas) – (SANTANA DO CARIRI)

16 – (23/07) – Maria Edilânia de Oliveira, 27 (outros meios) – B. Jangurussu (CAPITAL)

17 – (24/07) – Talyta Castelo Branco, 30 (bala) – Localidade Monguba (PACATUBA)

18 – (24/07) – Maria Ticiane Ferreira do Nascimento, 26 (outros meios) – Loc. Cauassu (ACARAÚ)

19 – (26/07) – Ana Thainara Matias Duarte Alcântara, 24 (bala) – Conjunto Jereissati I (MARACANAÚ)

20 – (28/07) – Cristina Ney Batista Landim, 56 (bala) – Rua Miguel Aragão/B. Mondubim (CAPITAL)

21 – (28/07) – Ana Karolina de Souza Santos, 19 (outros) – R. Santa Terezinha/Bonsucesso (CAPITAL)

22 – (28/07) – Luíza Antônia Andréia Pereira de Sousa (bala) – Anel Viário (PACATUBA)

23 – (28/07) – Monyze Benício de Freitas, 22 (bala) – R. Creusa Roque/B. Vila Manoel Sátiro (CAPITAL)

24 – (28/07) – Marciana Ferreira Alves, 37 (bala) – Rua Cinco/B. Passaré (CAPITAL)

25 – (29/07) – Maria Edilene Azevedo dos Reis, 19 (bala) – Distrito de Amanaiara (RERIUTABA)

26 – (30/07) – Suzyele Mendes Gonçalves, 14 (bala) – Bairro Mestre Antônio (CAUCAIA)

27 – (31/07) – Carliana Fernandes Oliveira da Silva, 19 (bala) – R.F/ Parque Soledade (CAUCAIA)

ComentáriosComentários