JPMotos
Linchamento e execução sumária são registrados no Centro de Fortaleza no fim de semana
21 de agosto de 2018 às 05:00
46
Visualizações

Centro - homem morto

No começo da tarde de sábado, um homem foi executado, a tiros, na Rua 24 de Maio

Centro - linchamento

Na noite de domingo, um desconhecido foi morto por linchamento na Rua Castro e Silva

Dois crimes de morte foram registrados no fim de semana no Centro de Fortaleza. Na tarde de sábado (18), um jovem, suspeito de praticar furtos nos pontos de ônibus, foi morto, a tiros, por desconhecidos. Na noite do domingo (19), um desconhecido acabou linchado por um grupo de pessoas após ser perseguido. Os dois mortos não foram ainda identificados e os corpos permanecem na sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) aguardando reconhecimento.

Era por volta de 12h30 de sábado, quando um jovem foi morto, a tiros, na esquina das ruas Pedro I e 24 de Maio. Segundo a Polícia, os autores do crime são dois homens que fugiram do local em uma motocicleta. Conforme o relato de testemunhas, a vítima praticava pequenos furtos nos pontos de ônibus em companhia de uma mulher.

A Polícia suspeita de um crime de “acerto de contas” e tenta identificar os criminosos através de imagens que podem ter sido captadas por câmeras de segurança de lojas e outros estabelecimentos localizados no quarteirão onde a vítima foi morta a tiros de pistola.

Linchado

Era por volta de 20h40 quando a Polícia foi acionada para um caso de linchamento. Quando as patrulhas da PM chegaram no endereço indicado, o cruzamento das ruas Castro e Silva e Teresa Cristina, encontraram a vítima já morta.

O desconhecido que, supostamente, seria um morador de rua, foi morto a pauladas, pedradas, socos e chutes por cerca de 20 pessoas. As suspeitas são de que o homem teria tentado abusar de uma criança. No primeiro momento, ele teria mandado embora do local com a advertência de que não voltasse.

Logo depois, o homem retornou para o mesmo local e acabou sendo perseguido por populares. Ao ser alcançado, recebeu as agressões. Ao lado do corpo a equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) encontrou pedras e pedaços de pau que teriam sido utilizados pelos agressores para espancar o suposto tarado.

Os dois assassinatos ocorridos no Centro foram registrados no plantão da Seccional do 34º DP e serão investigados, a princípio, pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários