JPMotos
Lutador de MMA acusado de espancar menor com outros colegas em Crato está foragido
6 de julho de 2017 às 12:07

Policiais da 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato saíram para cumprir mandados de prisões na manhã desta quinta-feira, mas não obtiveram êxito. Acusado de torturar um adolescente, o lutador de MMA, Otílio Rodrigues da Silva Neto, é um dos procurados juntamente com outros três amigos. O juiz titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Crato expediu os mandados em atendimento ao que solicitou o Ministério Publico decretando as prisões.

Segundo as investigações feitas pela polícia por meio do inquérito presidido pelo Delegado Tenório de Brito, o quarteto espancou o adolescente “Felipe” na noite do último dia 22 de abril. Conforme o depoimento prestado pela vítima, voltava de uma festa de aniversário no bairro Parque Granjeiro juntamente com outros três colegas e a travessura de um deles quase lhe custou a vida.

De acordo com o que disse na Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato, um dos rapazes bateu na porta de uma residência da qual quatro homens saíram e passaram a perseguir os quatro garotos. Três conseguiram escapar quando o lutador de artes marciais e mais três amigos alcançaram Felipe que nada tinha a ver com o caso. O adolescente foi levado até o cruzamento das ruas Pedro Bantim e Colombo de Sousa no Parque Grangeiro onde ocorreu a sessão de espancamentos.

Após as agressões, eles fugiram e a vítima terminou socorrida por populares ao Hospital São Camilo apresentando vários hematomas e lesões pelo corpo. Hoje cedo inspetores da Polícia Civil sob a coordenação do Delegado Luiz Eduardo saíram para cumprir os mandados, mas não localizaram os acusados. Desta forma, passam a ser considerados foragidos da justiça que mandou prendê-los.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

206 total views, 6 views today

ComentáriosComentários