JPMotos
Matança no Cariri: Lei Maria da Penha completou 10 anos no Cariri com 184 mulheres assassinadas
30 de dezembro de 2016 às 12:35
505
Visualizações

20161230070021_7749_capa

Decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Lei Maria da Penha entrou em vigor no dia 22 de setembro de 2006 aumentando o rigor das punições sobre crimes domésticos junto aos homens que agridem fisica ou psicologicamente a uma mulher ou à esposa. Todavia, no intervalo de 10 anos de sua criação, 184 mulheres foram assassinadas em 25 municípios da região do Cariri ou 18,4 por ano estando a grande maioria relacionada com ciúmes.

Entretanto, alguns poucos casos foram motivados por vingança ou acerto de contas, principalmente em virtude do tráfico de drogas e outros por balas perdidas numa razão ainda menor. As chamadas Medidas Protetivas instituídas pela Lei são normalmente descumpridas. Além disso, muitos são os casos de agressões que não chegam ao conhecimento da polícia e bem menos da justiça como se não bastassem as sucessivas desistências da vítima em representar contra o acusado.

Um agravante é a ausência de abrigo que possa acolher a mulher denunciante a qual, muitas vezes, fica sem um lar e sem a proteção do estado. Um estudo feito junto ao Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Juazeiro do Norte revela que a maioria dos casos de ameaças, agressões, lesões e homicídios envolve pessoas pobres. Além disso, de pouca escolaridade, faixa etária jovem e que costumam ingerir bebidas alcoólicas e usar drogas.

Das 184 mulheres mortas no Cariri durante os 10 anos da Lei Maria da Penha um percentual de 34,23% ocorreu em Juazeiro com 63 casos. Depois, vem o Crato com 25 homicídios; Barbalha 13; Santana do Cariri 9; Campos Sales 8; Mauriti e Brejo Santo 7; Missão Velha 6; Jardim e Aurora 5; Assaré, Araripe e Barro com 4 cada. Posteriormente, Farias Brito, Nova Olinda e Várzea Alegre 3; Jati, Porteiras, Antonina do Norte, Lavras da Mangabeira, Caririaçu e Milagres 2; além de Penaforte, Potengi e Altaneira com 1 cada.

Eis a relação das 184 pessoas do sexo feminino assassinadas na região do Cariri no período que compreende os 10 anos da entrada em vigor da Lei Maria da Penha:

2006

15 24/09/06 – Maria Lúcia Souza Cruz, 30 anos, foi morta a golpes de faca pelo seu marido Francisco Alves Cavalcante no Sítio Beleza, em Jati.

16 30/09/06 – Sandra Franco, 19 anos, foi morta com 3 tiros de revólver no centro da cidade de Jardim pelo seu namorado Diogo Andersom.

17 08/11/06 – Cleonice da Silva Oliveira, 43 anos, foi morta enforcada pelo seu amante, Joel Jonas Duarte, na Vila Alta (Distrito de Araponga) município de Santana do Cariri.

18 26/12/06 – Luciana Firmino dos Santos, 24 anos, foi morta com um tiro na testa no Sítio Baixio do Fundo, no município de Porteiras, por José Aleudo Silva Ferreira.

2007

1. 07/01/07 – Jaqueline Janota, 15 anos, foi morta a tiros de revólver por Francisco Bezerra Teles Neto, em Mauriti, quando este tentava matar seu irmão por ter saído no seu cavalo.

2. 19/01/07 – Larisse Karine de Oliveira Borges, 10 anos, foi morta com um disparo de revólver na Rua Jules Rimet, no Bairro Bela Vista em Barbalha. O autor foi Cícero Santana Macedo, o qual afirmou que queria matar uma outra pessoa.

3. 04/02/07 – Ana Cristina Alexandre, 21 anos, foi morta com 10 golpes de faca no Sítio Dantas, município de Mauriti. O autor foi o seu próprio tio Francisco Alexandre Jacó, após discussão.

4. 24/05/07 – Maria Antonieta da Silva, 26 anos, foi morta com um tiro de revólver na cabeça no interior de sua casa na Rua José Xandu (Tiradentes) em Juazeiro do Norte. O autor foi o seu amante de nome Jose Severino da Silva preso em flagrante.

5. 23/06/07 – Leidiane dos Santos, 15 anos, foi estuprada, morta e estrangulada e teve seus restos mortais colocados em sacos encontrados num campo de futebol em Barbalha. O autor foi Rosinaldo Eugênio Brandão, o “Júnior”, de 27 anos, que foi preso.

6. 05/07/07 – Maria da Silva Borges, 32 anos, foi morta com cinco facadas em sua casa na Avenida Bárbara de Alencar em Campos Sales pelo seu amante Antonio Negreiros.

7. 05/08/07 – Daniele Barbosa Mateus, 17 anos, foi morta a tiros no Bairro Batateiras em Crato, por elemento desconhecido.

8. 30/08/07 – Maria do Socorro Oliveira, 46 anos, foi morta a tiros no Sítio Volta, município de Assaré, por seu amante Antonio Alves Caldas, de 62 anos.

9. 02/11/07 – Daniela Pereira da Silva, 21 anos, foi morta com três tiros de revólver, no centro de Juazeiro do Norte. O autor foi seu ex-namorado “Alan” por não aceitar o término do namoro.

10. 24/12/07 – Valéria Maria da Silva Santos, 15 anos, foi morta a golpes de soco e pontapé do seu namorado Genésio Alves de Oliveira, de 18 anos. O corpo dela foi encontrada em sua residência no Bairro Mutirão em Juazeiro do Norte.

2008

1. 28/01/08 – Cristina Rosa de Souza, 83 anos

2. 28/01/08 – Carmina Homem de Souza, 92 anos, eram irmãs, professoras aposentadas e foram mortas a pauladas e golpes de facão no Sítio Barra, município de Santana do Cariri. O principal acusado é Francisco Chagas dos Santos.

3. 04/02/08 – Maria Alessandra Pereira da Silva, “Daniele”, 20 anos, que morava no Bairro Santa Tereza em Juazeiro do Norte, morreu no hospital. Ela foi alvejada com um tiro ao sair do Paraíso Motel no dia 30 de dezembro de 2007 pelo seu namorado “Joel”.

4. 12/04/08 – Adriana Maria da Conceição, 35 anos, foi morta dentro da sua própria casa, no município de Brejo Santo, por um músico da banda municipal conhecido como “Didi”.

5. 18/04/08 – Maria Rita da Silva, 42 anos, professora foi morta a socos e pontapés no interior do seu bar na Rua das Dores, 93-A (Bairro do Socorro) em Juazeiro do Norte. Os autores foram cinco pessoas.

6. 21/04/08 – Luana de Jesus Amorim Miranda, 4 anos, foi agarrada, estuprada e asfixiada por Genival Santos da Silva, de 22 anos, o ‘Alemão’ e o menor de 17 aos, “Buda”, no município de Jardim.

7. 25/04/08 – Creuza Ferreira Maciel, 21 anos,  foi morta com um tiro de espingarda tipo soca-soca em sua residência no Sítio Vila Nova (Distrito de Monte Alverne) município de Crato. O acusado é Edvan dos Santos Carvalho, de 23 anos, com quem a vítima namorava.

8. 05/05/08 – Marilene Maria dos Santos, 29 anos, foi morta a golpes de “pé de cabra” no rosto em sua residência no Sítio Quebra (Vila São Francisco) município de Crato. O autor foi o seu amante Raimundo Dias, 38 anos, que se entregou à polícia.

9. 25/09/08 – Joana Duarte da Silva, 42 anos, foi morta dentro de sua casa na Rua Antonio Fernandes de Lima, 210, no município de Farias Brito, pelo seu esposo Francisco de Assis Feitosa, que a matou com duas facadas na presença da filha do casal.

10. 15/11/08 – Lucineide Gonçalves da Silva, 29 anos, foi morta com um golpe de faca desferido pelo esposo Wanderley Matias da Silva, 30 anos, e na presença da filha de 11 anos, no Sítio Lagoa do Machado, município de Aurora.

11. 30/11/08 – Francilene Leandro Moreira, 29 anos, foi morta com um tiro de revólver, no Bairro Frei Damião, em Juazeiro do Norte.  Ela estava na companhia do seu marido num bar da propriedade de ambos. Dois homens encapuzados invadiram para matar um terceiro e alvejaram o casal. Ambos morreram.

12. 31/12/08 – Raimunda Monteiro de Lima, 36 anos, a “Raimundinha”, foi morta com um tiro dado por Rogério Ferreira Nunes, 23, vítima de latrocínio quando chegava para trabalhar num Restaurante do Cariri Shopping Center em Juazeiro do Norte. Rogério foi assassinado dentro de um bar no bairro Triângulo no dia 28 de março de 2013 e seu comparsa Cícero Hermesson de Lima Rodrigues, de 22 anos, foi morto no dia 18 de maio de 2014.

2009

1. 11/01/09 – Maria Lucineide Pereira de Souza, 39 anos, foi morta com um tiro nos peitos juntamente com seu filho quando vinham de uma festa na companhia do amante. Foi no Sítio Canabravinha, município de Mauriti tendo como autores dois homens numa moto e provável motivo pistolagem.

2. 09/02/09 – Jaqueline Ferreira de Oliveira, 25 anos, foi morta em um açude no Sítio Cachoeira, no município de Antonina do Norte, pelo seu ex-esposo Antonio Ermano Arraes Filho, de 30 anos, com quem tinha duas filhas.

3. 27/02/09 – Cleide de Farias Gadeas, 35 anos, foi morta com sete golpes de faca desferidos pelo seu esposo e débil mental Rubens da Silva Gadeas, no Bairro Muriti, no município de Crato. Ele assassinou ainda o seu sogro Cícero Antonio Farias e lesionou o filho de 4 anos e a sogra.

4. 14/03/09 – Ana Cristina Vieira, 24 anos, foi morta a facadas no município de Jardim pelo seu esposo, Josiano Borges do Nascimento, de 26 anos.

5. 21/03/09 – Maria das Dores, 43 anos, foi morta a facadas na Vila Noá, município de Penaforte pelo seu esposo identificado apenas como Cícero.

6. 29/04/09 – Maria Leidiane da Silva, de 26 anos, foi morta com três tiros de pistola 380 no cruzamento da Rua das Flores com Duque de Caxias (Bairro Santa Tereza) em Juazeiro do Norte. Seu esposo e presidiário, “Júnior Branco” a colocou como escudo para se livrar da morte. Os autores foram Damião Érico Cavalcante Nicolau, o “Damiaozinho”, e Aparecido Rogério Xavier Rosendo.

7. 08/05/09 – Cícera Jaqueline, 17 anos, foi encontrada em uma forca em sua casa e com vários hematomas no corpo, além de fraturas, no município de Nova Olinda. O principal acusado é o seu esposo Jonatan Lira, 22 anos, o “Júnior”, que foi preso, mas negando. Populares incendiaram o seu carro e destruíram o seu bar.

8. 25/05/09 – Ana Cristina da Silva Nascimento, 36 anos, foi morta com 2 tiros de revólver pelo seu ex-marido, Galdino Beserra Moreira, de 32 anos, que fugiu, mas foi preso no dia 6 de julho. O Crime aconteceu na residência do Casal na Rua São Bento, 1436 (Bairro Franciscanos) em Juazeiro do Norte. Ele foi condenado a 19 anos de prisão no dia 17 de outubro de 2013

9. 09/06/09 – Maria Madalena dos Santos, de 54 anos, morreu queimada no quintal de sua casa na Rua Frei Ibiapina, 541 (Bairro Timbaúbas) em Juazeiro do Norte, após uma bebedeira. O Acusado é o seu marido José Cícero da Silva, de 52 anos.

10. 21/06/09 – Maria Lima de França, de 72 anos, morreu no hospital Santo Inácio de Juazeiro do Norte, após o genro Cícero Farias de Oliveira, de 32 anos, atear fogo na sua casa (17/06) na Rua Todos os Santos (Bairro João Cabral). Ele havia brigado com a esposa e, também, foi internado com o corpo 90% queimado.

11. 08/07/09 – Ana Lúcia Fernandes de Souza, de 34 anos, foi morta com seis tiros em sua casa na Rua Neusa Santana (Bairro Araujão) no município de Brejo Santo por dois homens que trafegavam em uma motocicleta.

12. 13/08/09 – Rita de Cássia da Silva, de 30 anos, foi morta com um tiro de espingarda em sua casa na Rua 21 de junho, 555 (Bairro Poço) no município de Campos Sales pelo seu amante Joaquim João da Silva, de 34 anos, que foi preso socorrendo a vítima no hospital.

13. 16/08/09 – Edilânea Gomes Thomas, de 25 anos, for morta com seis golpes de faca em sua casa no Sítio Santa Rosa, no município de Crato pelo seu amante Janoel de Oliveira, de 21 anos. Ela havia saído para um velório e quando retornou foi assassinada.

14. 22/08/09 – Maria Aparecida da Silva Tarso, de 27 anos, morreu no Hospital Santo Inácio. Ela foi internada no dia 5 de agosto após ser esfaqueada em sua residência, na Rua do Rosário (Bairro do Socorro), em Juazeiro do Norte, por seu irmão adotivo Welton C. Silva, de 18 anos, que deixou a faca cravada no abdômen e fugiu.

15. 14/09/09 – Maria do Rosário Pereira Ramos, de 42 anos, agricultora, foi morta a golpes de faca enquanto lavava roupas no quintal de sua casa, na Rua José André Gomes, 229 (Bairro Maternidade), Missão Velha. O autor foi seu esposo, Cícero Jean Silva Gomes, 30 anos, que fugiu em sua moto. Foi preso em Aurora e no dia 18 de setembro se enforcou na PIRC. Ele teria cortado a língua da mulher e os seios.

16. 19/09/09 – Ranieri Paulino Barros, de 19 anos, foi morta a tiros de revólver em sua casa no Sítio Balanças no município de Jati. O autor foi o seu ex-companheiro Jeison Gonçalves Santos, de 30 anos, que veio de São Paulo mata-la, livrando o flagrante a se apresentando na Delegacia de Brejo.

17. 03/10/09 – Aureliana da Silva Santos, de 23 anos, foi morta asfixiada com uma camisa pelo seu amante Antonio Jackson da Silva, 19, dentro de sua casa na Rua Santa Luzia, 245 (Bairro Aparecida) no município de Campos Sales.

18. 03/10/09 – Maria Aparecida da Silva, de 32 anos, que morava na Vila Padre Cícero, zona rural do município de Potengi, foi morta a tiros por um homem que esteve em sua casa e fugiu numa moto.

19. 03/11/09 – Maria Aparecida da Silva, de 31 anos, que morava na Rua Antonio Xandu (Bairro Tiradentes) foi morta e parcialmente degolada a golpes de alavanca e pedaços de pau tendo o corpo encontrado dentro de um córrego nas imediações do CAIC no Bairro Frei Damião em Juazeiro do Norte. Os acusados do crime de pistolagem foram o comerciante Damião Alves de Sousa, de 53, o Severino do Peixe, e seus filhos João Rodrigues de Sousa, de 31, e José Brasileiro de Sousa, de 20 anos. O companheiro dela e detento da Pirc, “Vaqueiro”, participou da trama.

20. 16/11/09 – Francisca Maria Ferreira, 31 anos, foi morta em sua casa na Rua Fideralina Augusto (Bairro Quatro Bocas) no município de Lavras da Mangabeira, com cinco facadas desfechadas pelo seu ex-companheiro Geraldo Roseno Pereira, de 28 anos, que fugiu. Ela tinha cinco filhos e havia acabado o romance.

2010

1. 26/01/10 – Cícera Rejane da Silva Oliveira, de 23 anos, foi estrangulada pelo seu ex-companheiro, o cabeleireiro Sidivam Martins Batista, de 27 anos, que fugiu. O crime aconteceu na Rua Presidente Kenedy, 123 (Bairro Vila Alta) no município de Crato. O acusado tentava reatar o matrimônio. Dois dias após ele foi preso e confessou o crime.

2. 05/02/10 – Maria Welinade Santana dos Santos, de 28 anos, que morava na Rua Pedro Pereira, 903 (Bairro Araujão) no município de Brejo Santo. Ela foi morta a tiros de revólver e o corpo encontrado no canteiro de obras da Ferrovia Transnordestina.

3. 02/03/10 – Débora Batista de Oliveira, de 19 anos, que morava no Sítio Areais, no município de Assaré, foi assassinada com seis golpes de faca numa estrada carroçável perto de sua residência. O principal acusado foi preso no caso José Ferreira Araújo, de 29 anos, o Pé de Juá o qual terminou sendo assassinado em abril de 2011.

4. 09/03/10 – Maria do Socorro Ferreira da Silva, de 29, foi morta a pauladas pelo seu companheiro Cícero Gomes dos Santos, de 32 anos, enquanto dormia em sua casa no cruzamento da Avenida São Pedro com a Rua José Trajano (Bairro Nossa Senhora do Carmo) em Caririaçu. O acusado se apresentou na Delegacia de Juazeiro e, no dia seguinte, se enforcou.

5. 16/03/10 – Vera Lúcia dos Santos, de 29 anos, foi morta com duas facadas quando passava no cruzamento da Rua Jules Rimet com T-22 (Bairro Bela Vista) em Barbalha. Ela era usuária de crack e pode ter sido morta por débitos a traficantes.

6. 22/04/10 – Maria Aparecida Costa, de 34 anos, empregada doméstica que residia na Avenida Paraná, 31 (Bairro Romeirão), foi morta com quatro tiros de revólver dentro de um veículo Gol branco, juntamente com o motorista Adriano Moura Pinheiro que estava com a mesma. O caso aconteceu no Bairro São José em Juazeiro do Norte.

7. 24/04/10 – Ana Maria do Nascimento, de 42 anos, era ex-presidiária e morava na Rua do Gesso, em Crato. Ela foi morta com três tiros de revólver dentro de casa enquanto fazia mingau dos netos.

8. 09/05/10 – Josefa Lourenço da Silva, de 23 anos, a Patrícia, foi morta com uma facada no coração pelo companheiro Marcelo de Oliveira Rodrigues, de 23 anos, com quem ela vivia desde os 12 anos. O crime passional se deu na Rua Todos os Santos (Bairro João Cabral), em Juazeiro do Norte, e ele foi entregar o corpo a mãe no dia consagrado a ela.

9. 14/06/10 – Maria do Rosário Pereira da Silva, de 48 anos, foi morta a golpes de faca pelo seu esposo, o agricultor Luiz Aquino de Lavor, de 50 anos, dentro de sua casa no Sítio Milhã do Norte na zona rural de Campos Sales.

10. 18/06/10 – Maria Marlene da Silva, de 45 anos, foi morta dentro de casa, no Sítio Curtume, zona rural de Mauriti, com um tiro de revólver e golpes de faca pelo seu companheiro, o agricultor Cícero Furtado Leite, de 37 anos.

11. 05/07/10 – Maria Dalva do Nascimento, de 70 anos, aposentada, foi morta a golpes de foice no Sítio Morro Dourado no município de Aurora. O corpo foi encontrado pelo seu irmão quando voltava da roça e o provável motivo seria latrocínio e o autor Antonio Neto Moreira dos Santos, de 32 anos, fugitivo da cadeia de Aurora onde já respondia por homicídio.

12. 21/07/10 – Amanda dos Santos Silva, de 18 anos, morta a golpes de faca e pauladas na Rua Todos os Santos, 2569 (Bairro João Cabral) em Juazeiro do Norte por Raimundo Nonato Pereira que fugiu em uma bicicleta. Ele enfrenta problemas mentais.

13. 26/07/10 – Maria Amanda da Silva, de 2 anos, foi morta com um tiro de revólver na testa por indivíduos que invadiram o imóvel para matar seu pai Cícero Fernando no Sítio Cobras zona rural de Crato.

14. 24/08/10 – Maria Rosivânia da Silva, de 16 anos, foi morta dentro de casa no Sítio Passagem de Pedra (Vila São Francisco) em Missão Velha com um golpe de faca no peito desfechado pelo companheiro Antonio Mauro Pereira, de 34 anos, residente no Sítio Santana em Barbalha o qual tentou o suicídio com duas facadas no peito.

15. 24/08/10 – Evanilda Silva Dantas Sedrin, de 42 anos, foi morta com três tiros de revólver dentro da Escola de Ensino Fundamental Cristóforo Borges de Missão Velha pelo seu ex-companheiro o crediarista Marcos Januário da Silva, de 28 anos, do qual havia se separado há um mês. Ele praticou o suicídio em seguida.

16. 26/08/10 – Rosa Maria Felipe Pereira, de 42 anos, morreu no Hospital São Francisco de Crato onde estava internada desde o dia 21 de agosto quando foi esfaqueada no abdomem pelo seu marido Raimundo Elias do Nascimento, de 44 anos, na residência do casal na Vila São Bento.

17. 30/09/10 – Maria Gestrudes da Silva Oliveira, de 63 anos, foi morta com um tiro de revólver no abdômen durante assalto em sua residência no Sítio Inharé, município de Campos Sales. Três indivíduos invadiram a casa e levaram R$ 110,00 enquanto o esposo Francisco Raimundo Oliveira, de 66 anos, fugiu do trio. Dia 21 de Outubro de 2010, foi preso Daniel Guilherme de Souza, de 26 anos, o “Daniel de Lolô”.

18. 09/11/10 – Ana Paula de Brito, de 17 anos, que residiam na Rua Furtado Leite (Bairro Mussambê) no município de Nova Olinda, foi morta pelo seu companheiro Francisco de Assis Rodrigues da Silva, de 21 anos, o “Fan”, com um tiro de revólver na nuca. O homicídio se deu na residência dos pais dele no mesmo bairro. A mãe diz que o tiro foi acidental.

19. 22/11/10 – Ana Paula Cornélia, de 33 anos, que residia na Rua Francisco Martins de Souza (Bairro Frei Damião), em Juazeiro do Norte, foi morta com oito golpes de faca por seu ex-companheiro João Erasmo dos Santos, de 24 anos, que fugiu em uma moto Honda Pop 100 azul a qual deixou na casa de uma tia após tomar banho e dizer que ia viajar. Ele queria reatar o caso.

20. 24/11/10 – Ana Cleide Amaro Ferreira, de 35 anos, foi morta na porta de sua casa na Rua Pelúsio Correia de Macêdo, 79 (Bairro Leandro Bezerra) em Juazeiro do Norte. Ela saiu para atender dois indivíduos que procuravam seu esposo Barreto (Agente do Demutran) quando foi alvejada com dois tiros de revólver. A dupla fugiu em um veículo Celta de cor preta.

21. 26/12/10 – Lércia Kerlakianny Sobreira Avelim, de 24 anos, auxiliar de serviços gerais, que residia na Rua Bela Vista (Bairro Araçá) em Aurora, foi morta com uma facada no peito na Rua Guedes Martins daquele bairro. O acusado Francisco Alberto André, o “Beto dos Patos” tentou matar ainda Maria Delvani de Jesus, de 27 anos, com duas facadas. Ele foi preso quando saiu do mato para comprar cigarros. O motivo foi uma discussão banal após passar a tarde bebendo com as vítimas.

22. 31/12/10 – Socorro Pereira Gonçalves, de 15 anos, estudante, residente no Sitio Mororó, foi morta na Serra do Severino zona rural de Santana do Cariri, a tiros de revólver. Ela viajava em um Fiat Uno de Francisco de Assis Rodrigues da Silva, de 21 anos, o “Fan”, residente no Sitio Mussambê em Nova Olinda, que foi atingido com três tiros após ser seguido por um veículo Santana. Dia 9 de novembro de 2010, ele matou Ana Paula de Brito, de 17 anos, em Nova Olinda, com um tiro de revólver na nuca que disse ter sido acidental.

2011

1. 03/01/11 – Maria Luciana Ferreira de Lima, de 19 anos, que residia na Rua Beata Maria de Araújo em Juazeiro do Norte, morreu no Hospital Santo Inácio 25 dias após ter sido lesionada com um tiro de revólver no tórax. O autor foi o seu namorado de iniciais Cícero Dyego da Silva, de 15 anos, o qual disse à polícia que manuseava seu revólver na casa da namorada quando este disparou atingindo-a na noite do dia 9 de dezembro. Ele foi assassinado no dia 28 de janeiro de 2012 por Maycon Douglas Santos de Alencar

2. 06/03/11 – Natália Alexandra Vieira, de 22 anos, que morava na Rua Antônio Cândido (Bairro Prourb) em Barbalha foi levada para o Hospital São Vicente por seu companheiro Hamilton Bezerra Ferreira, de 31 anos. Ele alegou a queda de uma moto entre os Sítios Correntinho e Arajara, mas a jovem não apresentava lesões de acidente e sim de esganadura no pescoço e espancamentos. Ele não se feriu e a moto não possuía vestígios da queda. Segundo o IML, ela foi estrangulada

3. 19/03/11 – Maria Quitéria de Lima, de 35 anos, que residia na Vila São João do Sítio Brejinho zona rural de Barbalha, foi alvejada com 10 facadas por seu companheiro José Nilton Limeira, de 42 anos, o Toicin, e um colega deste, José Alves da Silva, de 50 anos, o Bigode que foram presos.

4. 17/04/11 – Maria Sueli da Silva, de 27 anos, que residia na Rua Maria Vicência de Oliveira (São José) foi morta com 23 tinos no cruzamento daquela rua com a Francisco de Assis Almeida, em Juazeiro do Norte, após ter sua moto Yamaha YBR atropelada por um Fiat Uno Mille do qual desceram quatro indivíduos e passaram a atirar. Ela era acusada de ter mandado matar Zé das Patas e envolvida com o tráfico de drogas e furto.

5. 22/05/11 – Valdesandra Araújo Rodrigues, de 29 anos, comerciante, que residia na Rua Argemiro Alencar Lima, 358 em Araripe, foi morta com um tiro pelo seu companheiro o Secretário de Esportes, Antonio Roniel Almino Siebra, de 28 anos, o qual depois praticou o suicídio com os dois corpos ficando sobre a cama.

6. 25/05/11 – Juliana Vieira de Lima, de 30 anos, que residia no Conjunto Prefeito Edmilson Leite na Rua José da Cruz Neves, 109 (Bairro Pernambuquinho) em Caririaçu, morreu no Hospital Santo Inácio 51 dias após ter sido esfaqueada no tórax por seu companheiro Cícero Claudiano da Silva, que fugiu no dia do crime em 4 de abril.

7. 08/06/11 – Edcleide Alves de Freitas, de 23 anos, residia na Rua Rui Barbosa, 1686 (Timbaúbas) teve o corpo encontrado na perimetral do Parque Ecológico por trás da Tropigás (Pirajá), em Juazeiro do Norte, com lesões a pedradas na cabeça e corte com um gargalo de garrafa. O magarefe José Alves da Silva Filho, de 23 anos, o Dedinha do Mercado, foi detido como o principal suspeito.

8. 05/07/11 – Maria Benedito Felipe, de 41 anos, agricultora que residia na Rua 13 de Maio no centro de Várzea Alegre foi morta com três facadas pelo seu ex-companheiro Edmilson, que trabalhava como motorista. O casal estava separado há dois meses e ele tentava reatar o matrimônio. O crime aconteceu na Rua José Alves Ribeiro no centro.

9. 13/08/11 – Érica Vieira Silva, de 16 anos, estudante do Liceu que morava no Sítio Estrela em Barbalha, foi morta com duas facadas e o corpo atirado dentro de um cacimbão de 15 metros de profundidade em uma chácara abandonada no Sítio Venha Ver. O principal suspeito é o adolescente de iniciais M.P.F., de 16 anos, residente na Rua Claudio Couto, 190 (Bairro do Rosário) em Barbalha, que fugiu.

10. 02/09/11 – Kyara Vasques da Silva, de 24 anos, residia na Rua São Damião, 131 (Santa Tereza) em Juazeiro do Norte, foi atingida com um tiro na cabeça dentro da loja Tathiany Bijuterias na Rua das Flores, 83 naquele bairro. Quatro indivíduos assaltaram R$ 8 mil gerando tiroteio e balas atingiram duas funcionárias, sendo que uma escapou.

11. 21/09/11 – Luciana de Freitas Silva Oliveira, de 22 anos, residia na Rua Catequista Altina Viana (Bairro Renê Lucena I) em Brejo Santo, onde o crime aconteceu. Ela foi alvejada com 15 facadas pelo marido Renato Miguel de Oliveira, de 24 anos, que ainda tentou o suicídio antes de ser preso. O casal estava separando e ele não concordava.

12. 03/10/11 – Renata da Silva, de 25 anos, que residia na Travessa Potengi, 454 (Bairro Seminário) em Crato, foi morta com 12 facadas por sua companheira, Rita de Cássia Batista, de 30 anos, com quem vivia há quatro e já não se entendiam bem. O motivo parta nova discussão foi o fato de Renata ter quebrado o aparelho DVD de Rita.

13. 24/10/11 – Cícera Cordeiro da Silva, de 28 anos, a Galega, que morava na Rua Beata Maria de Araújo, 1007 (Bairro João Cabral) em Juazeiro do Norte, foi morta com três facadas desfechadas pelo seu marido Antonio Carlos Pereira, de 34 anos, no interior da residência do casal. Ele foi preso e populares ainda tentaram linchá-lo. Antonio foi condenado ao 26 anos no dia 21 de setembro de 2012

14. 06/11/11 – Francineide Delmiro da Silva, de 34 anos, industriaria, foi morta com um tiro de revólver como vítima de queima de arquivo ao beber com Francisco Carlos Pereira, de 25 anos, no Bar de Zé de Rosinha (Bairro Mutirão) em Crato. Ele é acusado de um homicídio e seria o alvo, saindo apenas ferido nas costas. O acusado é conhecido pelo apelido de Queixinho.

15. 11/11/11 – Francisca Alexandre da Silva, de 31 anos, a Nena, foi morta a golpes de faca pelo seu marido o vigilante Antonio Lopes da Silva Santos, de 40 anos, ao lado da casa onde a mesma trabalhava como doméstica na Rua Vicente Férrer, 377 em Altaneira. Ela estava grávida de dois meses e o casal tinha um filho de 12 anos. Ele se entregou à polícia.

16. 13/11/11 – Raimunda Eugenio Moreno, de 25 anos, sofria de epilepsia e foi asfixiada por sua mãe Ana Lucia Eugenio, de 49, e seu padrasto José Alves de Oliveira, de 61 anos, o Zé Barão, dentro de casa na Travessa 31 de Agosto, 44 (Alto da Prefeitura) em Várzea Alegre. O casal foi preso no velório da filha.

2012

01. 12/01/12 – Maria José Rodrigues, de 65 anos, que residia na Vila Elson Gomes de Matos (Independência) em Crato, teve o corpo encontrado debaixo da cama, enrolado em jornais e em avançado estado de decomposição. Ela havia sido assassinada há dois meses pelo filho Alex Rodrigues Gonçalves, ex presidiário que já responde por crimes de lesão corporal, invasão à domicilio, danos ao patrimônio público e estupro. O mesmo sacava o dinheiro da aposentadoria e estava desaparecido há dois meses.

02. 13/01/12 – Natália Coelho de Luna, de 24 anos, que residia na Rua L5 (Bairro Cirolândia), morreu no Hospital São Vicente de Barbalha, oito horas após ter sido esfaqueada na garganta por uma adolescente de 17 anos, amante do seu pai, após discussão em um posto de combustíveis na Avenida Leão Sampaio. Ela estava com amigos quando os dois chegaram num Corsa e houve briga. A acusada foi apreendida.

03. 21/01/12 – Klébia Vieira Sabino, de 20 anos, que residia na Rua Expedito Macedo Queiroz, 44 (Rosário) em Barbalha, foi morta com um tiro na cabeça. Provavelmente, um crime por encomenda que pode ter partido do interior da cadeia pública. Ela respondia por furto e vinha sendo ameaçada por um indivíduo apelidado por China preso por tráfico de drogas.

04. 29/01/12 – Cícera Maria Francelino, de 42 anos, foi abordada por um indivíduo em uma moto Yamaha XTZ de cor azul no cruzamento das ruas Radialista Coelho Alves e Sebastião Mariano (Tiradentes) em Juazeiro do Norte. Ela retornava da PIRC onde tinha visitado o esposo e foi alvejada com três tiros, sendo um na cabeça e os outros no tórax e coxa direita morrendo no HRC.

05. 06/02/12 – Cosma Campos Sales, de 41 anos, a Tica, que residia na Rua Oswaldo Jucá Neto, 269 (Frei Damião), em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros na calçada da vizinha conversando com a mesma. Ali chegaram dois indivíduos em uma motocicleta Honda Fan de cor preta atirando. Ela era tia de Ricardo Feitosa que matou o Soldado Evandro e foi morto em Alagoas e suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

06. 06/02/12 – Maria Moreira de Menezes, de 45 anos, a Luzinete, gerente dos postos de combustíveis Urbano I e II em Crato e Juazeiro, foi morta a tiros por Manoel Pedro da Silva, residente em Serrita (PE), que foi preso acusado de pistolagem determinada por seu tio e ex-colega de trabalho da vítima, José Evandro da Silva, também preso. O homicídio aconteceu na estrada do Barro Branco na zona rural de Crato.

07. 09/03/12 – Erismar Francisca de Souza, de 42 anos, que residia no Sítio Correntinho na zona rural de Jardim, foi assassinada pelo seu companheiro identificado por José de Neco, de 34 anos, o qual ocultou o cadáver dentro da fossa da residência do casal. O mesmo foi preso.

08. 18/03/12 – Maria Auxiliadora dos Santos Gonçalves, de 55 anos, foi morta pelo marido, o mototaxista Vicente Gonçalves, de 65 anos, com um tiro na face. O crime aconteceu dentro de casa na Rua Pio X, 57 (Salesianos) em Juazeiro do Norte. Vicente estava embriagado, comunicou o homicídio à vizinhança chorando e foi preso em flagrante com a arma.

09. 22/03/12 – Rosilene Gonçalves, de 24 anos, a Rosy que residia na Rua Valdomiro Marçal (Triângulo) em Juazeiro do Norte, foi morta a golpes de faca e o corpo encontrado sob uma árvore no cruzamento das ruas Elísio Gonçalves e Celso Gonçalves (Triângulo), imediações da Verde Vale Veículos. Existe toda uma conotação de crime passional.

10. 23/03/12 – Vandieri Lima dos Santos, de 11 ano s, a Bebê, que residia na Rua Farias Brito (João Cabral) em Juazeiro do Norte, foi estuprada, morta asfixiada e teve o corpo abandonado ao lado de uma das trilhas do Parque Ecológico das Timbaúbas (João Cabral). Ela saiu de casa na noite anterior na companhia de Marcônyo Francisco da Silva, de 25 anos, residente na Avenida Paraíba (João Cabral), que foi preso em casa.

11. 17/04/12 – Rosália Gregório Alves, de 53 anos, viúva e morava sozinha no Sítio Timbaúbas na zona rural de Farias Brito, foi encontrada morta a foiçadas no terreiro de casa pela filha que foi visitá-la. O autor foi o seu próprio genro Antonio Gonçalves de Lima, de 42 anos, que foi preso.

12. 11/06/12 – Claudiana Custódio dos Santos, de 18 anos, que morava na Rua José Dantas em Missão Velha, morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha 12 horas após ser lesionada à bala na cabeça e abdômen por seu ex-amante Ismael Pereira Gomes, de 20 anos, que se apresentou no dia seguinte e foi preso. O crime ocorreu na Rua Antônio Augusto Parente, 222 (Vila Matadouro) em Missão Velha, onde saíram lesionados os donos da casa Maria Zildene Gomes de Lima, de 39, e o esposo Genival Vital dos Santos, de 49 anos. Claudiana estaria ligando para a esposa de Ismael contando o romance com ele e tentando provocar a separação do casal.

13. 28/06/12 – Maria das Graças Boaventura, de 62 anos, que residia na Rua Alencar Peixoto no centro de Juazeiro do Norte e era professora aposentada. Ela morreu no HRC dois dias após ser estuprada e ainda ser atingida na cabeça causando traumatismo craniano.

14. 22/07/12 – Tatiane da Silva Alves, de 15 anos, que residia na Rua Aurélio Cardoso em Barro, foi morta com três tiros pelo seu companheiro Diogo Ramon Alencar da Silva, de 19 anos. Na chegada da polícia, ele atirou no queixo, cuja bala atingiu o olho esquerdo e se alojou na cabeça com este ficando sob escolta da PM no hospital, mas terminou falecendo.

15. 24/07/12 – Maria Antonia da Silva, de 78 anos, conhecida por Dona Cota, que residia na Rua Santo Antonio, 32 no Distrito de Novo Horizonte em Jardim, foi amordaçada com roupas e morreu asfixiada por dois jovens que foram roubá-la. Um deles é Rafael Barbosa, de 20 anos, que foi preso e outro menor de idade.

16. 28/08/12 – Maria Damares Gomes de Lima, de 17 anos, residia na zona rural de Nova Olinda, foi morta com um tiro na coxa e outro na cabeça e encontrada só de calcinha no Sitio Muduri em Assaré em estrada carroçável entre Altaneira e Assaré. O principal suspeito é um jovem identificado por Júnior, residente em Nova Olinda.

17. 15/09/12 – Damiana Caetana Pereira, de 28 anos, que residia na Avenida Carlos Cruz, 354 (Salesianos) em Juazeiro do Norte, foi morta com uma facada no peito esquerdo no Bar de Zé Rosinha que funciona no Bairro Mutirão em Crato. A mesma tinha discutido com o servente de pedreiro, Francisco Edilson de Sousa, de 22 anos, residente na Rua Antonio Carlos Jobim, 14 no Mutirão onde foi preso por populares.

18. 29/09/12 – Alana Deise Cavalcante Silva, de 20 anos, que residia no Triângulo em Juazeiro do Norte, morreu no HRC uma semana após ser lesionada com um tiro que transfixou a cabeça saindo no pescoço ao passar na Rua Poeta José Bernardo da Silva. Ela voltava para casa com o marido Leonardo Pereira da Silva quando cinco homens em duas motos passaram em alta velocidade e atirando.

19. 05/10/12 – Maria Arruda Silva, de 73 anos, que residia no bairro João Cabral em Juazeiro do Norte, morreu no hospital após ser atingida com uma bala perdida nas costas na noite do dia 3 de agosto na Rua Ozana Pereira. Jovens que chegaram em um Fiat Uno vermelho tentavam matar Ana Maria Alexandre de Araújo, de 28 anos, presa por furtos em Barbalha que saiu lesionada na perna.

20 28/10/12 – Isaura Maria Rodrigues de Oliveira, de 27 anos, que residia na Avenida Julles Rimet, no chamado Beco dos Livinos (Vila Santo Antônio) em Barbalha, teve o seu corpo encontrado dentro do Lava a Jato Santo Expedito na Rua Zuca Sampaio, 250 imediações do Parque da Cidade.

21 09/11/12 – Jani Keli das Flores, de 26 anos, que residia na Rua São Francisco, 76 (Pinto Madeira) em Crato, teve o corpo encontrado despido, com a face desfigurada e com um corte no braço no Sítio Baixa do Maracujá. Perto do corpo uma faca com o cabo quebrado e, mais à frente, um Corsa vermelho sujo de sangue. Ela respondia dois inquéritos por tráfico de drogas e foi retirada à força de casa pela madrugada.

22. 28/11/12 – Eridiane Henrique Pereira, de 25 anos, foi morta a golpes de faca nas imediações do Mercado Senhora Santana (Salesianos) em Juazeiro do Norte por Graça Rafaela Marinho Vieira, de 20 anos, que foi presa. O motivo foi rixas por ciúmes de uma pessoa que tinha namorado Eridiane e estava com a acusada.

2013

01. 15/03/13 – Antonia Hortelina da Conceição, de 56 anos, que residia no Bairro Raimundo Fernandes (Ladeira Vermelha) em Brejo Santo, foi assassinada com quatro tiros de revólver e o corpo encontrado na estrada carroçável da Vila São Sebastião. Ela foi vista duas horas antes no Posto do INSS que funciona no centro.

02. 17/03/13 – Regilane Maciel Fernandes, de 27 anos, a Catarina, que residia na Rua São Paulo, 2014 no bairro Santa Tereza em Juazeiro do Norte, foi estuprada e morta a pedradas em um canteiro de obras na Rua Socorro Mota (Lagoa Seca). Ela foi encontrada com o rosto desfigurado, despida, com pedaços de cordas amarrados nos pulsos e perto de dois preservativos sujos de sangue.

03. 29/03/13 – Maria Priscila Garcia Silva, de 19 anos, grávida de oito meses e a criança sobreviveu, foi morta com um tiro nas costas juntamente com Sebastião Oliveira da Silva, de 36, e João Victor da Silva Mendes, de 12 anos, na porta de uma casa na Rua José Andrade de Lavor, 2705 (João Cabral) em Juazeiro do Norte, por três homens em duas motos que queriam matar “Cícero”.

04. 08/04/13 – Maria Adaiza dos Santos, de 44 anos, foi morta dentro de casa a golpes de faca e na presença dos filhos de 6 e 8 anos no Sitio Carneiro/Estrelinho em Mauriti pelo seu esposo Manoel Pereira Filho, de 73 anos, enciumado com a mesma. Ele foi preso no dia seguinte no Sítio Serra Brava.

05. 22/04/13 – Maria Alana Gomes de Lima, de 18 anos, que morava na Rua Professora Adalgisa Gomes de Matos (Parque Recreio) em Crato, foi asfixiada e morta pelo seu ex-companheiro Joserlanio Amorim de Brito, de 21 anos, que foi preso. O motivo foi o débito de oito meses de pensão alimentícia e ele confessou que fez sexo, ocultou o cadáver sob sua cama e o enterrou com pés e mãos amarrados em um brejo pela madrugada. Ele foi assassinado pela madrugada na cadeia

06. 07/05/13 – Deris Gomes da Silva, de 19 anos, a Cléa, foi morta com duas facadas no pescoço pelo seu ex-companheiro José Aparecido Pereira de Alencar, de 28 anos, o Zé de Biá, no Assentamento Acoci em Campos Sales. Ele foi preso no Hospital Regional do Cariri já que apresentava uma lesão à faca no pescoço. O mesmo queria reatar o romance com o que a jovem não concordava.

07. 25/05/13 – Maria Cibeli da Silva Souza, de 25 anos, que residia em Iguatu, foi morta a tiros em um apartamento na Rua Coronel Baleco (Bairro Alto Alegre) em Campos Sales, onde estava hospedada na casa de um colega. Ali chegaram dois amigos identificados por Eliomar de Sousa Bezerra, de 23, e Gercivan Ricardo da Silva, de 24 anos, o Dudu. O primeiro discutiu com Cibeli e teria sido o autor dos disparos.

08 – 06/06/13 – Maria de Lurdes Rodrigues de Sales, de 44 anos, que residia na Rua José Mario de Brito (Parque Grangeiro) em Crato, foi morta a pauladas por Vicente Paulo da Silva, de 39 anos, e enterrada na em uma cova no Sítio Guritiba em Santana do Cariri. Ele já tinha matado uma mulher a pedradas em Crato e foi preso.

09 – 12/06/13 – Josefa Lourenço da Silva, de 45 anos, que residia na Rua Francisco Neudo Cruz, 16 Vila Nova (Pedrinhas) em Juazeiro do Norte, foi morta com dois tiros na cabeça perto de seu Fiat dirigido pelo genro Francisco Maciel da Silva, de 26 anos, o Marcinho, acusado do latrocínio por dois comparsas Luciano Henrique Fabrício, de 18, e o menor G. D da S., de 17 anos, os quais planejaram roubar R$ 10 mil da vítima e os três foram presos.

10 – 19/07/13 – Kássia Cristina Cavalcante Bezerra de Menezes, de 23 anos, que residia no Sítio Bonfim, foi morta a tiros e o corpo encontrado por trás do Posto Galeão (Batateiras) em Crato. Ela bebia com Davi da Silva Frutuoso, de 21 anos, que, também foi morto por dois homens que chegaram ao bar do posto e ainda beberam com o casal. No dia 1º de julho a polícia prendeu no bairro Triângulo em Juazeiro, Francisco Felismino de Sousa, de 32 anos, que confessou o duplo homicídio

11 – 26/07/13 – Maria Janemeire Bezerra, de 35 anos, professora do município, que residia na Rua São Francisco, 218 no Centro de Missão Velha e teve o corpo encontrado com uma perfuração à bala na cabeça perto do Parque de Vaquejadas

12 – 27/07/13 – Maria Lucia Lourenço dos Santos, de 37 anos, foi morta com cinco facadas pelo marido José Marcelo Pereira Mariano, de 27 anos, que praticou o suicídio com um tiro de garrucha no queijo. Foi no Sítio Serra Brava em Milagres na casa de Vicência de Paula Pereira Mariano, mãe de Marcelo, que presenciou tudo. Ele era viciado e havia retornado de São Paulo com depressão por falta de dinheiro para comprar drogas e insinuava que a mulher o estava traindo.

13 – 03/08/13 – Bárbara Rodrigues de Carvalho, de 21 anos, que residia na Rua Raimundo Siebra (Conjunto Padre Cícero) Bairro Muriti em Crato foi baleada na testa por assaltantes que chegaram perto de sua casa em uma moto Honda Bros vermelha. A estudante ainda foi socorrida ao Hospital Regional do Cariri, onde morreu. Uma semana depois a polícia prendeu Dione Oliveira David, de 21, o Capote, e Ítalo Ferreira da Silva, de 23 anos, o Paizinho, acusados do crime.

14 – 23/08/13 –  Ilma Moreira da Silva, de 42 anos, que residia na Rua 106 (Conjunto Cohab III) em Araripe, foi morta a facadas pelo companheiro Aparecido Fernandes de Sousa que foi preso após ir até a casa de sua irmã, Francisca Fernandes, contar sobre o crime motivado por ciúmes.

15 – 16/09/13 – Edineide Neris Silva, de 34 anos, ambulante, morreu no HRC após ser esfaqueada na Avenida dos Universitários (José Geraldo da Cruz) em Juazeiro do Norte, por Giovane Silva dos Santos, de 20 anos, o “G”. Uma versão aponta que ela teria partido em defesa de uma amiga que seria a vítima e outra assinala um conflito em virtude do acusado ter abalroado a sua moto e a mesma tê-lo agredido com um soco.

16 – 22/09/13 – Maria Letícia Miranda de Andrade, de 19 anos, que residia em Trindade (PE) e era suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, foi encontrada morta na CE-492, que liga Crato e Exu (PE), nas imediações da sede do IBAMA em Crato, com tiros de espingarda calibre 12 na cabeça.

17 – 10/10/13 – Suéldia Claudino Oliveira, de 18 anos, agricultora, foi morta com um tiro na cabeça na casa dos pais no Sitio Guigo (Distrito de Palestina) em Mauriti, pelo seu ex-marido Alan de Oliveira Gomes, de 23 anos, o “Alan de Val Gomes”, que morava no Sitio Cipó naquele Distrito, de quem havia se separado há três dias após ser traído. No dia 13 o corpo dele foi encontrado dentro de um cacimbão após ter praticado o suicídio.

18 – 16/10/13 – Sayonara Luciano da Silva, de 21 anos, que residia na Vila São José, 207 (Bairro Buriti) em Barbalha, foi morta com três tiros na cabeça quando se encontrava na Praça das Malvinas na Avenida Luiz Gonzaga. Ela era suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas e tinha sido presa no Carnaval de 2012 no Parque da Cidade com um revólver calibre 38.

19 – 18/10/13 – Maria Eliene Gomes, de 44 anos, que residia na Rua do Limoeiro, 1005 (Franciscanos) em Juazeiro do Norte, teve o corpo encontrado dentro de casa com uma forte pancada na cabeça e carbonizado. Ela era sacoleira e, provavelmente, foi vítima de latrocínio com incineração do corpo como queima de arquivo o qual foi encontrado por seus filhos de 13 e 15 anos quando retornaram da escola.

20 – 31/10/13 – Maria Irismar Peixoto da Silva, de 39 anos, a Mazinha, que residia no centro de Missão Velha, foi raptada da casa de uma amiga na Rua Francisco Sobreira da Silveira (Aeroporto) por dois homens encapuzados que mataram a mesma a tiros na Rua Nildo Granjeiro Xavier, imediações da Churrascaria Fazenda Nova (Leandro Bezerra) em Juazeiro do Norte. Ela respondia por crime de furto e estaria envolvida com o tráfico de drogas. Sua amiga saiu lesionada a coronhadas na cabeça.

21 – 29/11/13 – Anne de Castro Saraiva, de 31 anos, que residia na Rua Rui Barbosa, 1609 (Timbaúbas) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros no cruzamento das ruas Ernestina Sobreira e Vereador Antonio Brás (Limoeiro). Ela trafegava na garupa de uma moto, cujo piloto saiu baleado igualmente por um homem que se aproximou em uma moto Honda Titan de cor preta. Anne já tinha sido presa com drogas e sua família atribuiu a autoria intelectual do crime a um ex-companheiro que se encontra preso.

22 – 01/12/13 – Raiani Melo dos Santos, de 4 anos, que residia na Travessa Leonel Pereira, 37 em Nova Olinda, foi atingida por uma bala perdida na testa. O ex-presidiário Fransuelton Simão de Melo discutia com “Rogério” quando sacou um revólver e atirou, mas o projétil atingiu a criança, enquanto os dois fugiam.

23 – 03/12/13 – Francisca Silvany da Silva Lima, de 21 anos, que residia na Rua Osana Pereira, 1730 no bairro João Cabral em Juazeiro do Norte, foi morta com um tiro na nuca dentro de casa por um desconhecido que chegou pedindo água e para ir ao banheiro. Era irmã de Maria Sueli da Silva morta com 23 tiros em abril de 2011 e casada com “Rafael” que cumpre pena na PIRC.

24 – 14/12/13 – Joana Alexandre Lucena, de 32 anos, foi morta com 32 facadas dentro de sua casa, na Rua Rosa Mística, bairro Araçá em Aurora, pelo companheiro Francisco Luiz de Sousa de Oliveira, de 35 anos o Luiz Macaúba. Ele havia retornado de São Paulo onde trabalhava no corte de cana-de-açúcar quando um irmão disse que o mesmo vinha sendo traído pela mulher fato negado pela família da vítima.

2014

01 – 12/01/14 – Raimunda Martins Lima, de 31 anos, a Pipiu, que residia na Rua Francisco Filgueiras Cruz (Timbaúbas) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros na porta de casa logo após a “Reza do Santo. Ela foi surpreendida por disparos efetuados por dois homens que trafegavam em uma Honda Bros de cor vermelha. A vítima figura em inquérito como testemunha de ameaça de morte, mas seu companheiro e mototaxista apelidado por Cacique diz acreditar que tenha sido morta por engano.

02 – 14/01/14 – Lídia Maria Moreira da Silva, de 32 anos, agricultora, foi morta com duas facadas no pescoço em sua residência nas Casas Populares do Distrito de Pajeú em Araripe. O corpo foi encontrado pela mãe e o sobrinho Rafael dormia, sendo apontado como suspeito, mas negou. Ela era irmã de Ilma morta no dia 23 de agosto.

03 – 26/01/14 – Cícera Apoliana Gonçalves de Souza, de 21 anos, que residia na Rua Otílio Gomes de Souza, 408 (Leandro Bezerra), foi morta a tiros na Churrascaria Vila Nova que funciona na Rua Joaquim Leandro de Sousa (Pedrinhas) em Juazeiro do Norte por dois homens que ali chegaram em um carro. Um deles saiu com ela e, ao retornar, matou fugindo com o seu celular.

04 – 16/02/14 – Zenaide Smart Sabiá, de 36 anos, que residia na Rua Miguel de Sá Barreto no Sítio Brejo Seco em Juazeiro do Norte foi morta a tiros quando chegava em casa na sua moto e terminou abordada por dois homens em uma Honda Bros. O ex-companheiro Francisco Gonçalves Vieira foi levado à delegacia como suspeito junto com o atual identificado por Mauro contra quem existe mandado de prisão em aberto por homicídio. A vítima era autônoma e dona de alguns imóveis.

05 – 16/03/14 – Maria Nenê Franklino, de 50 anos, que residia no Sítio Cancela em Porteiras, foi morta a golpes de chibanca pelo seu companheiro e agricultor Antônio Sebastião de Almeida, de 53 anos, o Bico de Arado. Ele fugiu, mas foi preso horas depois em um quarto nos fundos da casa. No dia 13 de maio praticou o suicídio na cadeia.

06 – 06/04/14 – Maristela do Nascimento, de 47 anos, que residia na Rua T22 (Bairro Bela Vista) em Barbalha, morreu no Hospital Santo Antonio três dias após ser estuprada e espancada por moradores de rua. Ela era andarilha e alcoólatra e o crime aconteceu na tarde do dia 3 de abril, quando Maristela foi socorrida ao hospital.

07 – 07/04/14 – Carla Rafaela Soares Silva, de 28 anos, que residia na Rua Osana Pereira, 395 (João Cabral) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros na Rua José Andrade de Lavor daquele bairro por dois homens em uma moto. Ela respondia por um crime de lesão corporal e testemunhas apontaram como acusados as pessoas apelidadas por “Totonho” e “Fernando Cambota”.

08 – 17/04/14 – Ana Iris de Menezes Dias, de 19 anos, que residia no Conjunto Habitat II em Milagres, foi morta com nove facadas e um tiro por seu companheiro Samuel Almeida Sales, de 23, o Samuel Petronildo, que vivia com outra mulher menor de idade e tinha ciúmes de Ana. Ele já tinha tentado matar a outra a facadas e a mãe desta no dia 26 de novembro de 2013 no Conjunto Viver Bem.

09 – 21/04/14 – Maria Elaiva de Souza, de 55 anos, que residia no bairro Carité, em Juazeiro do Norte, foi morta com uma facada no pescoço desfechada pelo seu genro, Cícero Enomárcio Nunes Souza, que estava revoltado com a morte do filho Francisco Wallace de Souza Nunes, de 1 ano e 7 meses, afogado em um poço no Sítio Amaro Coelho perto de sua casa. Ele esfaqueou sua companheira Natália Souza Alencar no braço e lesionou a sogra quando esta partiu em defesa da filha.

10 – 24/06/14 – Elizabeth Bernardo de Oliveira, de 46 anos, que residia na Rua Pio X, 554 (Salesianos) em Juazeiro do Norte, foi morta com um tiro pelo seu ex-companheiro e fotografo Antonio Onofre Ribeiro Alves, de 43 anos, que residia na Rua Dom Pedro II, 1027 (Franciscanos), e praticou o suicídio. Ele queria reatar o romance ao contrário dela que era médica e professora da Estácio/FMJ (Faculdade de Medicina de Juazeiro).

11 – 28/06/14 – Maria Erilene Vieira de Sousa, de 34 anos, que residia Rua Francisca Pereira Lopes, 651 (Pedrinhas) em Juazeiro do Norte, foi morta por asfixia com uma cinta no pescoço pelo seu companheiro identificado apenas por “Roberto” que é servente de pedreiro e fugiu de casa cedo levando dois ventiladores.

12 – 29/06/14 – Antonia Cicleide de Oliveira Silva, de 28 anos, que residia na Rua das Laranjeiras, 36 (Antonio Vieira) em Juazeiro do Norte, foi encontrada morta a golpes de faca ao lado da cama e com as mãos amarradas. O principal suspeito é o companheiro Nelson do Nascimento, de 35 anos, de quem estava se separando e esteve com o mesmo na noite anterior. Ele foi detido na casa de um amigo e negou.

13 – 25/07/14 – Manuely Ventura de Lima, de 31 anos, que residia na Rua Cego Aderaldo, 12 (Alto da Penha) onde possuía uma indústria de sandálias, foi morta a tiros no cruzamento das ruas Raimundo Lobo e Coronel André Cartaxo (São Miguel) em Crato, momentos após deixar um filho no SESC. Ela dirigia seu veículo Duster da Renault de cor prata quando foi surpreendida por dois homens que atiraram.

14 – 30/07/14 – Diala dos Santos Nascimento, de 27 anos, que residia na Rua Coronel José Dantas, 1823 no centro de Missão Velha, foi morta a tiros na Churrascaria do Betinho onde trabalhava como cozinheira e ali chegou seu ex-companheiro José Laureano dos Santos, de 45, o “Zé de Irene”, que residia no Sítio Caiçara e com quem tinha um filho. Ele foi morto na fuga ao trocar tiros com a polícia.

15 – 22/08/14 – Sarah de Sousa Correia, de 14 anos, que residia na Rua José Pinheiro Teles, 40 (Bairro Vila Lobo) em Crato, foi morta com cinco tiros e o corpo “desovado” pelo motorista de um carro na estrada carroçável que liga os bairros Vila Lobo e Mirandão. O pai dela esteve no local e disse à polícia ter conhecimento que a filha fazia programas sexuais.

16 – 28/08/14 – Maria Eduarda do Nascimento, de 15 anos, que não possuía residência fixa desde a morte de sua mãe adotiva no bairro Vila Alta em Crato foi morta a tiros no cruzamento das ruas Virgínia de Mendonça com Ozana Pereira (João Cabral) em Juazeiro do Norte em cujo bairro viveu maritalmente com um homem. A vítima já tinha sido lesionada com uma facada no pescoço por uma mulher que gostava dela.

17 – 02/10/14 – Maria Uelma de Sales Melo, de 35 anos, que residia no Sítio Macaúbas em Barbalha e era servidora municipal, foi morta com 14 facadas pelo ex-companheiro, João de Deus Melo, de 44 anos, que fugiu. Ela disputou uma vaga na Câmara de Barbalha pelo PR obtendo 239 votos e ficando na segunda suplência.

18 – 21/10/14 – Ana Maria Salviano de Souza, de 28 anos, que residia no Sítio Buriti em Crato morreu no IJF de Fortaleza 23 dias após seu companheiro Francisco Marcos de Sousa, de 40 anos, o “Novinho”, jogar gasolina e tocar fogo na mesma, na casa e atirar um bebê de 1 ano no terreiro. Ele foi preso dia 8 de outubro e o casal tinha cinco filhos, sendo três mulheres e dois homens com idades de até 10 anos.

19 – 23/10/14 – Maria Betânia Félix, de 31 anos, agricultora conhecida por “Bel”, que residia na Rua Luiz Lacerda em Santana do Cariri, foi encontrada seminua e com um tiro na cabeça perto da estrada carroçável de acesso ao Sitio Bonito como se tivesse sido estuprada. Ela tinha saído de casa no dia anterior após receber uma ligação telefônica.

20 – 09/11/14 – Maria Rita Filgueiras Callou, de 48 anos, professora, que residia na Rua Ernestina Dias Sobreira, 708 (Limoeiro) em Juazeiro do Norte foi morta a golpes de faca dentro de casa com sua filha e acadêmica de Letras da URCA, Laura Callou Filgueiras, de 22 anos, por Wennys Callou Filgueiras, de 28 anos, respectivamente, filho e irmão das duas o qual é usuário de drogas e fugiu para a residência do avô no Sítio Baixa do Maracujá em Crato, onde foi preso pelo próprio pai.

21 – 09/11/14 – Laura Callou Filgueiras, de 22 anos, acadêmica de Letras da URCA que residia na Rua Ernestina Dias Sobreira, 708 (Limoeiro), em Juazeiro do Norte foi morta a golpes de faca dentro de casa com a mãe e professora Maria Rita Filgueiras Callou, de 48 anos, por Wennys Callou Filgueiras, de 28 anos, respectivamente, irmão e filho das duas o qual é usuário de drogas e fugiu para a residência do avô no Sítio Baixa do Maracujá em Crato, onde foi preso pelo próprio pai.

22 – 26/12/14 – Viviane da Silva Viana, de 21 anos, que residia na Rua Renan Carvalho, 236 no Frei Damião em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros quando bebia em um bar na Rua Manoel Tavares Lopes daquele bairro com Vandeilson de Jesus Barros, de 23 anos. Dois homens chegaram em uma moto e mataram os dois. No dia anterior, ela tinha sido presa com um revólver desmuniciado ameaçando seu companheiro Marcondes Marcos de Brito, de 21 anos.

23 – 31/12/14 – Maria Socorro dos Santos, de 45 anos, que residia na Avenida Carlos Cruz, 2206 (Pio XII) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros naquela artéria por dois homens em uma moto Yamaha Falcon de cor preta. Os acusados se aproximaram atirando no filho desta, Itamar Batista dos Santos, de 22 anos, que era usuário de drogas e testemunha de dois homicídios. A mãe tentou impedir o crime e, também, foi morta.

2015

01 – 08/02/15 – Marcela Santos Silva, de 25 anos, que residia na Rua André Alves Costa (Bairro Zezinho Costa) em Várzea Alegre, foi quase degolada a golpes de facão e alvejada a tiros por três homens identificados como “Valmir”, Fransquim e “Zé de Nonato” os quais mataram ainda o seu sogro Antonio Maurício de Sousa, de 57 anos, dentro da casa deste no Sítio Fortuna no Distrito de Ibicatu e lesionaram o marido dela Fernando de Lima Sousa, de 24 anos, após confusão em um bar na localidade.

02 – 10/02/15 – Josefa Maria dos Santos, de 45 anos, que residia na Rua Raimundo Inácio, 937 (Bairro Gangorra) em Barro e era dona de um bar foi morta a golpes de punhal pelo seu ex-companheiro o aposentado Severino da Silva, de 66 anos, que morava em Iguatu e este foi assassinado provavelmente por sua enteada.

03 – 18/02/15 – Bárbara Marcos da Silva, de 30 anos, que residia na Rua Coronel Raul, 117 (Pio XII), morreu no Hospital Regional do Cariri 17 dias após ser baleada por dois homens em uma moto no dia 1º de fevereiro na Rua Violeiro José Gaspar no bairro Vila Fátima em Juazeiro do Norte.

04 – 02/04/15 – xxxxxx xxxxxx xxxxx, de xx anos, que residia xxxxxxxx teve o seu corpo encontrado parcialmente queimado e com perfuração no crânio em uma trilha em cima da Serra do Araripe em Barbalha. O mesmo estava em avançado estado de decomposição e putrefeito perto de uma estrada carroçável de acesso à Porteiras. No dia 5 de junho, o corpo foi sepultado como indigente

05 – 07/04/15 – Jammara Sued Bezerra da Silva, de 21 anos, que residia na Rua da Paz, 407 (Santa Tereza) em Juazeiro do Norte, foi morta com um tiro na casa da sogra à Rua Voluntários de 14, número 120 naquele bairro por seu companheiro Felipe Pinto Mesquita, de 25 anos, que fugiu. Ele já responde por um homicídio em Barbalha, roubos, receptação e aliciamento de menores para o crime por meio da “Gang dos Marleys”. Ele foi preso no dia 15 de julho de 2015

06 – 23/04/15 – Daiana Roseno de Sousa, de 27 anos, que residia na CE-373 ao lado do Fórum de Antonina do Norte, foi morta a golpes de faca em casa pelo ex-companheiro Gerard Julian da Silva Bitran, de 28 anos, que mora na Rua Nelito Mendes, 920 no centro. Ela tinha dois filhos com o mesmo que fugiu, mas foi preso em Tarrafas.

07 – 14/05/15 – Maria Aparecida Ferreira, de 30 anos, que residia na Rua Marica Leite no Bairro Araçá em Aurora, foi morta a facadas dentro de casa e na presença de seus três filhos pelo ex-companheiro Cícero Macena Bezerra, de 35 anos, que fugiu. Ele tinha retornado recentemente de Fortaleza, onde passou a morar após a separação.

08 – 16/05/15 – Fernanda Ticiane Rocha Pessoa, de 22 anos, que residia na Rua Antonio Nunes de Alencar, 165 (Tiradentes) em Juazeiro do Norte, foi morta com três tiros na cabeça por Cícero Luan da Silva, de 21, e João Nonato Filho em uma moto perto do cruzamento das ruas Santa Luzia e São Paulo (Centro). Ela era comerciária e trabalhava em um box no mercado central, tendo como motivo retaliação já que seu irmão matou um amigo deles.

09 – 03/06/15 – Maria Celene de Sales, de 44 anos, que residia na Rua Francisco Cícero Pierre, 56 na Vila São Bento em Crato teve o corpo encontrado em estado de decomposição dentro de casa onde morava só. Uma tia dela disse que, na noite do dia 30 de maio, ela discutiu com uma pessoa que conhece apenas pelo apelido de “Bastião” o qual quebrou a porta da cozinha e a agrediu.

10 – 05/06/15 – Veridiana Pereira Bastos, de 30 anos, que residia na Rua José Pinheiro Esmeraldo, 706 no bairro São Miguel em Crato, morreu no Hospital São Francisco. No dia 14 de maio, na Rua Almirante Alexandrino no centro, ela foi alvejada com três golpes de faca pelo seu companheiro José Valdo da Silva, o “Zé Maguim”, que fugiu.

11 – 20/08/15 – Ana Cirilo de Sousa, de 44 anos, foi morta com vários golpes de faca em sua casa na Rua São Francisco, 12 (Distrito de Araporanga) em Santana do Cariri, pelo companheiro o agricultor José Gregório da Silva, de 45 anos, que foi preso em flagrante. O crime aconteceu na presença da filha do casal, Larissa Gregório de Sousa, de 18 anos.

12 – 04/09/15 – Maria Suyani de Sousa, de 15 anos, que residia em Santana do Cariri, teve ossos do seu corpo encontrados junto a alguns pertences e, oito dias depois, a polícia prendeu como acusados da queima da garota – desaparecida desde o dia 17 de abril – o casal Fernando Coelho da Silva, de 27, e Lucilene Carlos de Sousa, de 30 anos, residente em Crato. Os dois respondem por tráfico de drogas. Depois, apreendeu o menor R. A. X., acusado de ter ateado fogo no corpo por R$ 500,00.

13 – 14/09/15 – Luzia Gomes Ferreira, de 42 anos, a “Cláudia”, que residia na Rua Senhora Santana, 25 (Salesianos) em Juazeiro do Norte, onde tinha um bar foi morta por espancamento com uma turquesa tendo o corpo encontrado seminu sobre sua cama suja de sangue e o quarto revirado. No dia anterior ela discutiu com o vizinho “Diego” e sua esposa. A polícia foi à casa dos suspeitos e notou que tinham fugido, sendo observado no banheiro sinais de escalada dando aceso a casa da vítima.

14 – 24/11/15 – Ivaneide Eva Bezerra, de 49 anos, que residia na Travessa João XXIII, 64 no bairro Quadra G em Campos Sales, morreu no HRC em Juazeiro. Dois dias antes, ela tinha sido baleada na porta de casa e na presença de uma filha de 25 anos por um desconhecido que chegou a pé. Era irmã de Fabiano Acilon Bezerra, de 40, morto no dia 25 de outubro, e Seliano Acilon Bezerra, de 45 anos, assassinado no dia 3 de novembro, os quais respondiam processos por homicídios.

15 – 26/11/15 – Maria Inês Ferreira Silva, de 54 anos, a “Marines”, que residia na Rua Vicente Favela, 453 (Bairro Cruzeiro) em Lavras da Mangabeira, foi morta com duas facadas pelo ex-companheiro o pedreiro Antônio Camilo Alves, de 68 anos, que reside na Rua Luiz Jacinto, 511 e fugiu, mas foi preso no dia 1º de dezembro. Eles tinham separado há uma semana e o mesmo tentava reatar o romance. O corpo foi encontrado dentro de casa pelo filho dela de 11 anos ao retornar da escola.

16 – 20/12/15 – Cícera Pereira da Silva, de 40 anos, a “Nina”, que residia na Rua Valdomiro Marçal do Carmo, 520 perto do Mercado Mozart Cardoso (Triângulo) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros por seu ex-companheiro que ali chegou num Gol branco e matou ainda Daniel Araújo dos Santos, de 32 anos, que morava na Rua Manoel Casimiro no bairro São José.

2016

01 – 07/02/16 – Valdizelia Guedes Bezerra, de 36 anos, a “Galega” que residia na Rua Pio X (Salesianos) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros no cruzamento das ruas do Rosário e São Marcos naquele bairro. Ela era viúva de José Gomes de Lima, de 52 anos, o “Bilega Eletricista”, que foi morto a tiros de pistola, quase no mesmo local, no dia 22 de outubro de 2015.

02 – 28/02/16 – Taís Pereira da Silva, de 18 anos, que residia na Avenida Aracaju (Romeirão), foi morta a tiros durante festa que ocorria numa chácara na Rua Alexandrina Cordeiro da Silva (José Geraldo da Cruz) em Juazeiro do Norte quando oito pessoas saíram baleadas. Três homens chegaram armados procurando “Tiago” que não estava e atiraram na namorada deste ocasionando no revide dos que ali se encontravam,

03 – 01/03/16 – Keyliani Paulino Moreno, de 19 anos, que residia na Rua São Pedro no centro de Santana do Cariri, teve o corpo encontrado por populares envolto numa rede em um barranco às margens da ladeira que dá acesso ao Pontal da Santa Cruz na zona rural de Santana do Cariri. Ela apresentava perfurações à bala e a polícia prendeu o acusado João Bevenuto da Silva, o “Zomin”.

04 – 18/03/16 – Francisca Honorato Rodrigues Filha, de 26 anos, a “Janaina Macumbeira”, foi morta a tiros numa rede em sua casa na Rua do Cruzeiro, 281 (Bairro Caixa Dágua) em Farias Brito. O acusado chegou a pé e encapuzado atirando na presença do marido dela. Um irmão de “Janaina”, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas, já tinha sido morto e outro responde por dois homicídios e está preso.

05 – 12/04/16 – Juscivane dos Santos Praca, de 27 anos, que residia no bairro Verdes Vales em Mauriti, foi morta a golpes de faca pelo seu ex-companheiro Roberto da Costa Alves, de 41 anos, que era vendedor de pães. Depois, ele apanhou uma corda e se enforcou. Apesar de separados, o casal morava sob o mesmo teto com dois filhos

06 – 24/04/16 – Maria de Fátima dos Santos, de 42 anos, que residia na Rua Francisco Gomes Sobral no bairro Alto da Bela Vista em Brejo Santo, foi morta a tiros dentro de sua casa, onde chegou um homem numa moto batendo à porta e chamando-a pelo nome. Ela abriu apenas os basculantes, mas foi o suficiente para ser morta com dois tiros.

07 – 02/05/16 – Antonia Mulato, de 23 anos, a “Mulatinha” que residia na Rua Vereador João Murilo Brilhante (Casas Populares) em Assaré, teve o corpo encontrado num terreno baldio na Vila Nildália. Na noite anterior, ela foi vista num forró no Parque de Vaquejadas com Roberto Rodrigo Belo Aquino de Almeida, de 25 anos, que foi preso. Ela era empregada doméstica, mãe de dois filhos menores e apresentava oito perfurações à faca no tórax.

08 – 14/05/16 – Maria de Fátima Rolim, de 45 anos, a “Branca” que residia no Sítio Sussuarana, foi morta a tiros de pistola calibre 380 pelo seu genro William Pinheiro no Sítio Amaro Coelho no Distrito de Marrocos em Juazeiro do Norte. Um filho dela foi atingido de raspão e socorrido ao HRC, enquanto o acusado fugia numa Hilux de cor preta. Na casa de “William DPVAT” a polícia encontrou uma escopeta calibre 12.

09 – 30/05/16 – Maria Lieda Bezerra do Nascimento, de 52 anos, que residia no Sítio Prazeres em Barro, foi morta a facadas pelo ex-companheiro Antonio Bezerra de Queiroz, de 56 anos, o “Antonio Paizinho”, que fugiu e foi preso no dia 21 de junho em Barbalha. O crime aconteceu na barbearia do irmão dele na Rua Agostinho Fernandes Xavier no bairro Trajano Nogueira para onde ela foi atraída na tentativa do mesmo em reatar o matrimônio.

10 – 05/06/16 – Antonia da Silva Farias, de 51 anos, que residia na Rua 7 de Setembro, 378 (Pio XII) em Juazeiro do Norte, foi morta a tiros na porta de sua casa por Cláudio José Guedes de Almeida, de 30 anos, o “Kaká, que morava na Rua Teodomiro Rocha, 123 e terminou assassinado a golpes de faca pelo filho dela, Iderlan da Silva Farias, de 22, o qual foi preso. Saíram lesionados ainda o esposo dela Idelfonso Farias Batista e o filho Daniel da Silva Farias, de 19 anos. Kaká tinha ido matar Iderlan e terminou morto.

11 – 12/06/16 – Ana Telma Pinheiro Sá, de 38 anos, que residia na Rua São Benedito, 2.411 (José Geraldo da Cruz) em Juazeiro do Norte, foi atingida no pescoço por uma bala perdida. Ela era irmã do radialista Delton Sá e possuía um comércio na esquina com a Rua Belo Horizonte. A mesma saía à porta no momento em que ocorria um assalto quando foi lesionada.

12 – 24/06/16 – Maria Gorete Ângelo da Silva, de 44 anos, que residia na Rua Índios Cariris no bairro Alto da Bela Vista em Brejo Santo, foi morta a facadas na Rua Manoel Ângelo daquele bairro, por “Carlinhos Maluco” o qual fugiu por um matagal após desferir os golpes. Ela costumava ingerir bebidas alcoólicas e insultar as pessoas a exemplo do que teria ocorrido em relação ao acusado.

13 – 25/07/16 – Lucineide Tomaz da Silva, de 35 anos, que residia no Sítio Engenho da Serra (Distrito de Santa Fé) em Crato, lavava roupas num córrego perto de casa quando seu companheiro Erivan Ferreira da Silva, de 28 anos, efetuou um disparo de espingarda que a atingiu nas costas. A vítima tinha um filho do primeiro relacionamento e estava grávida de quatro meses. Ele respondia por porte ilegal de arma de fogo e tentou matar sua ex-companheira em 2010 o qual praticou o suicídio dois dias depois em Nova Olinda.

14 – 13/08/16 – Silvana Leal, de 17 anos, que estava grávida e se encontrava passeando com o marido no Sítio Poço Cercado em Barro, foi asfixiada e morta pelo seu companheiro, Cícero Juarez da Cruz, de 24 anos, Ele negou ter matado a esposa, mas tudo foi devidamente esclarecido e o mesmo terminou preso.

15 – 21/09/16 – Eva Ribeiro Nunes, de 35 anos, que residia no Sítio Serra do Mundéu em Araripe, foi morta com um tiro de espingarda no peito esquerdo após discussão com o marido Antonio Laerte Freire de Andrade, de 45 anos. No calor do conflito, ela teria apanhado uma espingarda e atirou no peito dele, o qual pegou outra arma e revidou matando a esposa. Ele foi socorrido ao hospital, onde ficou sob escolta da PM.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários