JPMotos
Mauriti-CE: Agricultor é preso momentos após estuprar uma comerciária em Mauriti
13 de setembro de 2016 às 11:22
95
Visualizações

20160913093018_9025_capaA polícia prendeu mais uma pessoa acusada de crime de estupro na região do Cariri, sendo, dessa vez, no município de Mauriti o qual foi confirmado em exames de corpo de delito feitos na Pericia Forense de Juazeiro do Norte. Por volta das 20 horas desta segunda-feira uma patrulha do Destacamento de Mauriti prendeu o agricultor George Ribeiro de Souza, de 37 anos, em sua residência no Sítio Apanha Peixe na zona rural daquele município.

Ele é acusado de estuprar uma jovem comerciária de 27 anos, residente no Sítio Açude Velho. A mesma trabalha em um estabelecimento comercial no centro da cidade e, após o expediente, ligou para uma prima pedindo para acionar um mototaxista a fim de retornar para sua residência. Pouco depois surgiu o agricultor se passando por mototaxista e a vendedora apanhou o transporte.

Nas imediações do Distrito de Palestina, ele teria adentrado com o veículo em meio a uma vegetação rasteira às margens da estrada e forçado-a a prática de sexo. Após se livrar de George, a vítima compareceu à Delegacia de Mauriti e comunicou o fato. Uma patrulha com os Sargentos Lucinaldo, Batista e Souza e os Soldados Ângelo e Handerson saiu em diligência e prendeu o agricultor em sua casa.

Os policiais mantiveram contatos com o mototaxista acionado pela parente da jovem e este falou que, ao chegar no local marcado, não encontrou a passageira e até tinha retornado a ligação para quem o acionou. A princípio, George negou envolvimento no estupro e foi trazido à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte juntamente com a vítima, cuja autoridade policial os encaminhou para exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

Com Parceria Site Miseria

ComentáriosComentários