JPMotos
Megaoperação da Polícia já prendeu 11 pessoas e esclareceu assassinato misterioso de uma adolescente em Caucaia
14 de Abril de 2018 às 09:42
12
Visualizações

Secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado federal André Costa, está nas ruas desde a madrugada, comandando a operação que visa “quebrar as estruturas das facções”

Onze pessoas presas e a elucidação de um crime de morte que estava sob mistério desde o ano passado. Este é o balanço parcial da megaoperação policial desencadeada ainda na madrugada de hoje (12) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na Capital cearense e em vários Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

A informação sobre a ação foi divulgada no começo da manhã, com exclusividade, peloblogdofernandoribeiro.com.br e confirmada logo depois pelas autoridades. O objetivo é desarticular grupos ligados às facções criminosas em atuação no Ceará.

As polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros, a Perícia Forense e estão nas ruas desde as 4 horas após uma grande reunião de planejamento para que sejam cumpridos cerca de 250 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão.

Segundo o secretário André Costa, que acompanha pessoalmente o desenrolar das diligências, o objetivo da megaoperação é, “quebrar as estruturas das facções criminosas ligadas ao tráfico de drogas e homicídios na região”. Ele se referia à Capital e outras cidades atingidas pela ação policial, como Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Eusébio e São Gonçalo do Amarante.

Crime esclarecido

Um dos bandidos presos na operação era caçado pela Polícia em Caucaia desde o ano passado. Trata-se do traficante de drogas e homicida, Fábio Rodrigues Coelho, 22 anos. Ele foi detido junto com sua companheira, Natália Nascimento. Segundo a Polícia, os dois seriam membros de uma facção e, em novembro do ano passado teriam ordenado o assassinato de uma adolescente somente porque ela seria simpatizante de uma facção rival. Desde então, a garota desapareceu.

Na manhã desta quinta-feira, após ser preso em Caucaia, o bandido e sua comparsa confessaram o crime e levaram a Polícia ao local onde haviam enterrado partes do corpo da menina, nas proximidades do Fórum de Caucaia. A informação do criminoso tinha veracidade e no local, após uma escavação rápida, a Polícia encontrou restos mortais que seriam da menina dentro de um saco plástico enterrado. A adolescente foi esquartejada.

Os presos na operação estão sendo conduzidos pelas equipes policiais para a Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), onde foi concentrada a base da operação. No total, foram expedidos 250 mandados, sendo 100 de prisões (temporárias e preventivas) e 150 de buscas e apreensão.

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários